Comemorando com a Mafalda!!

Fui a São Paulo no começo de Dezembro e aproveitamos para ver algumas exposições. A ansiedade era grande para ver a exposição da Mafalda, criação mais famosa do cartunista argentino Quino, em comemoração aos 50 anos da personagem,  que desde o meio da ano estava sendo divulgada para Dezembro, mas sem data exata.

https://abussolaquebrada.wordpress.com/2014/12/17/viajando-nas-exposicoes/

Pois bem, passamos em frente ao Praça das Artes no dia 09/12 e estava fechado. Chegando no Rio dia 11, descobri que a exposição iria começar na semana seguinte.  AI MEU DEUS!!

Pôster do evento

Pôster do evento

Final de ano com muitas confusões, como sempre. E eu não sabia quando iria a São Paulo. E o Fabiano me perturbando dizendo que iria sem mim. AI MEU DEUS!!

Mas o milagre de Natal se fez, e logo depois dele fui lá ver a exposição.

A fila para tirar essa foto era grande!

A fila para tirar essa foto era grande!

A Mafalda não é exatamente da minha época. Na verdade acho que tem personagens e situações que são atemporais. Mesmo ela tendo sido escrita durante o período da Guerra Fria, a Argentina estava sob ditadura, uma das mais violentas da América do Sul, sendo, portanto, a maioria dos seus assuntos relacionados a esses tema, sua tirinhas são usadas até hoje para ilustrar acontecimentos em todo o mundo.

Para se ter uma ideia, Quino, o cartunista argentino criador da personagem, parou de publicar as tirinhas da Mafalda em 1973, e ela continua super atual!

A Mafalda tava me admirando (outra foto que tive que ficar na fila)

A Mafalda tava me admirando (outra foto que tive que ficar na fila)

Enfim, chegamos nós e estava cheio. Tudo em São Paulo é sempre cheio, mesmo quase às vésperas do Réveillon.

O espaço estava lindamente dividido, com tirinhas para todos os lados. Cada parte estava relacionada com um assunto abordado por Mafalda e seus amigos: inventos da infância, o mundo, a vida nos anos 60/70 na Argetina, os Beatles…

Eu e o Fabi em tirinha... ou quase

Eu e o Fabi em tirinha… ou quase

Além disso tem algumas partes interativas, onde crianças (de todas as idades) podem fazer suas próprias tirinhas da Mafalda. E onde cada objeto interage de uma maneira diferente, por exemplo fazendo som ou “tridimensionalizando” a Mafalda e sua família.

A família da Mafalda passeando de carro

A família da Mafalda passeando de carro

A experiência foi ótima, e valeu a pena!

Nesse post nós tivemos a participação do Henrique Domingues. Todas as fotos em que estamos eu e o Fabiano são dele. E a minha foto com a Mafalda também!

Tipo a minha vida!

Tipo a minha vida!

Fazendo esse post, eu descobri que perdi todas as fotos que tirei nesse dia. =(

Então vou ter que voltar lá! =)

Praça das Artes

Praça das Artes

 


Dicas de Viagem:

Anúncios