Minhas lembranças de viagem

Além de muitas experiências e muitas fotos – depende, se eu estiver com o Fabiano, as fotos ficam todas a cargo dele e também depende da minha preguiça – todo mundo que viaja gosta de trazer lembranças. Eu que evito acumular um monte de coisas, tenho minhas pequenas coleções de lembrancinhas.

Algumas das coisinhas que trouxe para meus pais

Algumas das coisinhas que trouxe para meus pais

Sempre procuro comprar algo para meus pais, meus sogros e pro Fabiano (se ele não estiver comigo). Pra mim, tem três coisas que foram se tornando coleções, uma delas já virou uma pequena tradição.

A primeira são os mapas. Adoro eles, e guardo todo que posso!! Ultimamente eles têm me ajudado a escrever algumas postagens. A maior vantagem é que ocupam pouco espaço. A desvantagem é que atualmente eles ficam escondidinhos dentro do meu revisteiro. Espero um dia conseguir exibi-los de algum jeito.

Meus mapas

Meus mapas

Minha segunda coleção é de imãs. Pois é! E eles não ficam na geladeira. Tenho dois quadros de fotos no quarto, e como são de metal, precisam de imãs. Junto o útil ao agradável! Devo contar que um dos meus quadros praticamente só tem postais… que eu adoro, mas ainda não virou coleção. Normalmente compro para cada lugar que vou, mesmo que seja uma cidadezinha pequena. Mas é uma coleção meio recente.

Imã é bom que é barato! O ônibus biarticulado de Curitiba foi presente de uma amiga.

Imã é bom que é barato! O ônibus biarticulado de Curitiba foi presente de uma amiga.

Acho que a minha coleção começou com o conjunto de imãs das obras do Niemeyer (centro da foto). Comprei em Curitiba, no museu Oscar Niemeyer, ou olho. Eu gosto dele que já contempla 5 cidades diferentes. E como já fui em todas, não precisei comprar imã para elas =) Mas vou contar que até hoje não consegui visitar o Memorial da América Latina em São Paulo (única foto em pé).

Só não consegui no Espírito Santo. E se reparar bem, também não tenho um do Rio de Janeiro.

Só não consegui no Espírito Santo. E se reparar bem, também não tenho um do Rio de Janeiro.

A terceira e mais famosa (aqui em casa) das minhas coleções é a de copinhos de shot (ou cachaça). Não sei bem como começou, mas acho que foi quando viajei para o Sul do Brasil e passei por dois estados diferentes. E ai acabou que pra cada estado brasileiro que vou, tento ter um copinho. Daí na Europa a coleção cresceu para um copo para cada país. Eu gosto porque são pequenos, então dá para enfiar na mala sem se preocupar. São lindos, então, vão bem para decoração. A desvantagem é que não sei se vou ter coragem de usar eles!

Espero aumentar o número de países em breve!

Espero aumentar o número de países em breve!

Fora as coleções sempre trago coisas para comer ou beber. Só que as vezes não dá muito certo… Teve uma vez que demorei muito pra voltar para casa e o salame defumado que eu tinha comprado estragou =/ Mas já fiz vinho viajar pelo mundo de mochila e chegar intacto!

E você, o que costuma trazer de lembranças nas suas viagens?

Anúncios