Lage, Lagoa, Leblon

Visitamos o Parque Lage no Rio de Janeiro, cruzamos os bairros da Gávea e Jardim Botânico e fomos parar na Lagoa Rodrigo de Freitas. Deu até tempo de ver uma pequena exposição sobre Andy Warhol no Shopping Leblon. Vem passear com a gente por lugares charmosos da Cidade Maravilhosa!

cristo-parque-lage

O Cristo visto do Parque Lage – Tem até trilha para subir até lá.

Parque Lage

Algumas cidades são mesmo abençoadas pela natureza. E sem dúvida o Rio de Janeiro é uma dessas cidades.

No bairro do Jardim Botânico, está o Parque Lage.

micos-jaca-parque-lage

Micos em sua refeição de jaca madura. O Parque Lage faz parte da Floresta da Tijuca e a fauna é rica.

O nome está escrito certo, sim. É uma homenagem a Henrique Lage, que segundo a história, era muito interessado em artes, como teatro, artes visuais e música. Não por acaso, o EAV – Escola de Artes Visuais está abrigado dentro do Parque Lage.

peixes-aquario-parque-lage

O aquário do Parque Lage, é feito em argamassa e conta com grande variedade de peixes ornamentais e até piranhas.

A estética do parque é resultado de um trabalho de paisagismo muito bem feito, incluindo estátuas, casas de eventos, áreas temáticas, shows, fauna nativa, aquário, piscina, ruínas falsas cuidadosamente criadas para dar a impressão de abandonado, antigo. É um parque cenográfico. Motivo que leva a muitas produções de cinema e televisão. E numa das vezes em que estivemos lá, o Casarão principal estava fechado para a gravação de cenas de uma novela. E o lugar é mesmo de cinema.

casas-eventos-parque-lage

Nestas casas, eventos, shows e exposições.

Além das artes e exposições, o Parque Lage oferece cursos diversos, oficinas e workshops. Um curso muito comum é o de fotografia.

ruina-coreto-lago-parque-lage

O Coreto, também em argamassa, dá um clima rústico e cenográfico ao Parque Lage.

Outro ponto de interesse no Parque Lage é que a localização é privilegiada. O parque está nos pés do Corcovado, a famosa rocha, cartão postal do Rio de Janeiro, que serve de altar para o Cristo Redentor. E para quem gosta de trilhas e caminhadas, há acesso para o Cristo pelo Parque Lage.Soube que tem quem faça o trajeto de mountain bike, mas a maioria vai a pé mesmo. Esta trilha cruza a Floresta da Tijuca, que faz parte do Parque Nacional da Tijuca, mata que inclui o Parque Lage.

Com um lugar tão bonito e com tanto esforço para tornar o ambiente um cenário de filme, vá lá e faça um piquenique. É permitido. Mas recolha seu lixo.

ruinas-parque-lage

As falsas ruínas do Parque Lage completam o clima de ficção.

O Parque Lage ainda é equipado com um Café muito estiloso na casa principal, que só para ser chique, tem até piscina no lugar de um pátio.

piscina-parque-lage

Piscina ao invés de um pátio. Não é à toa que chamam de Palácio do Parque Lage.

Lagoa
Cristo-Lagoa-Rodrigo-de-Freitas

Lagoa Rodrigo de Freitas – Lá no alto, à esquerda, as nuvens descobrindo o Cristo Redentor.

A famosa Lagoa Rodrigo de Freitas, bem próxima ao Parque Lage, outro ponto turístico mais que famoso do Rio de Janeiro, tem eventos durante o ano todo.

A árvore de Natal em dezembro, local de barcos, muito frequentada por remadores, e para os mais tranquilos, sempre haverão os pedalinhos.

cais-Lagoa-Rodrigo-de-Freitas

Cais da Lagoa Rodrigo de Freitas. Um de muitos.

A Lagoa Rodrigo de Freitas conta ainda com deck para embarcações de diversos tamanhos e modalidades, para prática esportiva, pista de caminhada, corrida e ciclovia de 7,5km para todo tipo de bicicletas, parquinhos para as crianças e um conjunto de bares com pratos, petiscos e bebidas, como cervejas especiais, tudo muito bem servido.

Bares-Lagoa-Rodrigo-de-Freitas

Você também pode visitar os bares da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Outro ponto de interesse na Lagoa Rodrigo de Freitas é o Departamento Esportivo do Clube Naval, na margem oeste, chamada de Ilha do Piraquê. Há uma loja de presentes no local. E quem for de carro vai achar vaga fácil. Há muitas vagas no estacionamento em volta da Lagoa.

No total, a Lagoa Rodrigo de Freitas ocupa uma superfície de 2,4 milhões de metros quadrados.

entardecer-Lagoa-Rodrigo-de-Freitas

Imagine ter esta vista da sua janela.

Uma polêmica vem afetando recentemente a Lagoa Rodrigo de Freitas. O local foi escolhido como um dos palcos para esportes náuticos das Olimpíadas de 2016. E já havia sido utilizada no Pan de 2007. Mas o Comitê Olímpico Internacional está preocupado com as condições da água da Lagoa Rodrigo de Freitas. A poluição foi considerada alarmante.

Lagoa-Rodrigo-de-Freitas

Deu vontade de velejar?

Sem querer polemizar, fará muito bem à cidade despoluir a Lagoa Rodrigo de Freitas, porém, há uma comunidade de pescadores no local. E um clube de pesca. Ou seja, será que a situação é assim tão ruim? Afinal, peixes vivem na Lagoa.

Para evitar discussões, quanto mais limpa a água, melhor para todos.

Leblon
cartaz-Warhol

Era artista plástico, mas foi excelente publicitário.

Quem mora no bairro carioca do Leblon deve mesmo ser muito sortudo. O bairro é região nobre da zona sul do Rio de Janeiro e está rodeado pela Lagoa Rodrigo de Freitas, o Oceano Atlântico, o Morro Dois Irmãos e o Canal do Jardim de Alá . E ainda faz divisa com a Gávea, a Lagoa, o bairro de Ipanema e o Vidigal.

Mas o Leblon que nós fomos ver foi o Shopping Leblon.

quadros-Warhol

Andy Warhol usava imagens coloridas para servir de crítica sutil.

Aconteceu que após nossas visitas ao Parque Lage e à Lagoa Rodrigo de Freitas,para voltar para a casa da Karina acabamos fazendo uma parada rápida no shopping. Era coisa rápida mesmo, alguns preparativos para nossa viagem, na semana seguinte. Mas ao subir as escadas rolantes, demos de cara com este cartaz:

Marylin-Warhol

A Karina reclamou que fiz essa foto. Desculpe, mas não dava tempo de ir em casa, trocar de roupa, maquiar a modelo e voltar.

Claro que não poderíamos simplesmente ignorar a oportunidade, e subimos mais um pouco para ver o que havia por lá.

Warhol-Leblon

Vi crianças olhando os pôsteres e estes cavalheiros empolgados com o vídeo.

O shopping estava com uma pequena exposição sobre a arte, vida de obra de Andy Warhol, famoso artista plástico dos anos 1960 a 1980. Entre suas obras mais conhecidas – e olha que este sujeito sabia se fazer conhecido – estão o retrato de Marylin Monroe, as reproduções da lata de Sopa de Tomate Campbell’s e a frase que atravessou o século 20 e se tornou realidade no século 21: “Graças à tecnologia, no futuro, todos nós teremos direito a 15 minutos de fama.” E com as redes sociais e aplicativos que fazem anônimos se tornarem lendas vivas da noite para o dia, já deu para notar que Andy Warhol tinha um dedinho de profeta. Ele acertou em cheio. Fama instantânea. Acontece do nada, dura pouco, mas cada um tem seu momento.

warhol15minutos

Os 15 minutos de fama. Sujeito esperto este Warhol.


Dicas de Viagem
Anúncios