Florianópolis – Praias Mole e Joaquina e Lagoa da Conceição

Há muito que ver e o que fazer em Florianópolis. A cidade é tão bacana que já ganhou um apelido carinhoso, Floripa. E até quem não tem muita intimidade já fala bem e quer visitar. Continue conosco descobrindo as maravilhas da capital do estado de Santa Catarina, as praias e belezas de Florianópolis.

Em uma outra viagem a Florianópolis, a Karina esteve na Praia de Matadeiro. Aproveito pra colocar algumas imagens que ela fez.

praia-matadeiro-florianopolis-floripa-bussola-quebrada

Caminho para a Praia de Matadeiro, em Florianópolis.

 

matadeiro-florianopolis-floripa-bussola-quebrada

Quem visita a Praia do Matadeiro é sempre bem recompensado. – Foto Karina

Uma coisa que nem sempre colabora com o viajante é o clima. Mas nossa ida a Florianópolis foi perfeita. Dia claro, céu azul, temperatura agradável. A Karina até sentiu frio em uma ou duas ocasiões, mas não há o que dizer de ruim em um lugar tão bonito.

bussola-quebrada-joaquina-praia-florianopolis-floripa

Um pôr-do-sol na praia da Joaquina, outra imagem que a Karina fez de Florianópolis.

Após nossa primeira noite em Florianópolis, o roteiro já estava pronto. Planejamento é tudo em viagens. E como ficamos pouco tempo, é importante ter tudo bem organizado. Pesquisamos alguns locais, horários e preços. Alguns vão dizer que é exagero, mas quem se planeja aproveita melhor a viagem.

praia-da-joaquina-a-bussola-quebrada-florianopolis-floripa

Praia da Joaquina, em Florianópolis. By Karina.

Mirante da Lagoa da Conceição

mapa praias florianopolis a bussola quebrada

Mapa das praias de Florianópolis ao redor da Lagoa da Conceição.

Acordamos cedo. Café da manhã na pousada do Sander com a companhia do cãozinho Yuri. De lá, seguir para as praias de Florianópolis. Fomos visitar o Mirante da Lagoa da Conceição. Para ir, pegamos um ônibus bem em frente ao Food Truck e subimos meia dúzia de pontos até bem ao lado do Mirante. Era importante não demorar demais, porque nossos planos para Florianópolis incluíam almoçar em um dos restaurantes da Lagoa da Conceição, na Barra da Lagoa. E para isso tem hora. Lembre-se querido leitor ou querida leitora que estávamos em julho e o inverno tem dias mais curtos, mesmo em uma cidade tão ensolarada quanto Florianópolis.

entrada-mirante-lagoa-da conceicao-florianopolis-floripa

Entrada para o Mirante da Lagoa da Conceição.

 

horizonte-lagoa-da conceicao-mirante-florianopolis-floripa

E a vista que tivemos de boa parte da Ilha de Florianópolis.

Descemos do ônibus um pouco antes do Mirante da Lagoa da Conceição, quando vimos placas das praias Mole e da Joaquina. Vai bem perguntar ao motorista ou cobrador. No caminho, pranchas de surf para todo lado, surfistas de várias idades, fuscas e kombis cheios de personalidade e apesar da ladeira pouco simpática à frente, a vista era muito bonita. Subimos a pé a ladeira que chega ao Mirante da Lagoa da Conceição. Lá, a algumas dezenas de metros de altura, uma lanchonete com lojinha, uma vista de viajar ao vento e um café forte. Minha cara. Dava para ver boa parte da Lagoa da Conceição e entender porque falam tão bem de Florianópolis.

bussola-quebrada-mirante-florianopolis-floripa

Café para mim, chá para a Karina e aqui está o casal A Bússola Quebrada em Florianópolis.

 

mirante-lagoa-da conceicao-florianopolis-floripa

Repara só na vista que tínhamos! Isto é parte da Lagoa da Conceição e estamos no Mirante, em Florianópolis.

Passamos um tempo só apreciando a vista. E como o dia estava bem claro, a visão alcançava mais longe, mais viajante. Cara, que lugar bonito!

lojinha-mirante-florianopolis-floripa

A lojinha na lanchonete do Mirante da Lagoa da Conceição.

Praia Mole e Praia da Joaquina

estrada-praia-mole-florianopolis

Ladeira para o Mirante

A volta foi descendo a ladeira, mas uma coisa me chamou muito a atenção. Um estacionamento quase no meio da mata. Dois dedinhos de conversa e o guardador me deixou ir até o barranco fazer umas imagens. A Karina preferiu me dar total liberdade nessa empreitada. Se eu escorregasse e me quebrasse todo, ela chamaria a ambulância.

vista-atlantico-praia-mole-florianopolis-floripa

A vista até compensa o risco.

E a vista é bem legal. Dessa vez, da Praia Mole. Muito chão até a areia. Um baita tombo. E como houve erosão no local, o terreno acaba de repente, mas está coberto por árvores e mata. Só quem chega bem perto é que percebe o perigo. Claro que eu fui até onde não era mais prudente ou aconselhável e poderia cair a qualquer momento.

vista-atlantico-praia-mole-floripa-florianopolis

Entre onde eu estava e este pedaço de chão, só voando para alcançar.

Descendo mais um pouco, seguimos a ladeira até um caminho de estrada de areia e pedras que desce para a praia Mole. Conversamos com o pessoal de lá e um surfista muito gente boa, um jovem senhor de seus quase 50 anos nos cumprimentou. Nunca pensei que um ser vivo pudesse ser tão gelado! Acha que eu ia entrar naquela água agora? Cascão me acuda!

vista-praia-mole-florianopolis-floripa

Vista da praia Mole em Florianópolis. A água gelada do inverno parecia não incomodar os surfistas.

 

estatua-surfista-praia-mole-florianopolis-floripa

Estamos bem na entrada da Praia Mole, em Florianópolis. E aqui está a estátua do surfista.

Sobe estradinha de volta ao asfalto, desce até a estátua do Surfista e espera ônibus de volta à Lagoa da Conceição para pegar o barco. Falando assim parece que ficamos pouco tempo, mas nossa manhã em Florianópolis já tinha acabado e começava a tarde. E como a Karina estava preocupada com a hora e sugeriu pedir carona. Fiquei um pouco cético, mas tentei. E olha que um mestrando parou e nos levou até a saída dos barcos na Lagoa da Conceição. Acho que as pessoas ficam mais amistosas em Florianópolis.

placa-estrada-praia-mole-floripa-florianopolis

As placas vão ganhando um jeito de ser todo especial em alguns lugares de Florianópolis.

Esses amigos de viagem são mesmo fantásticos! Faltou fazer uma foto de nosso condutor, mas o Marcelo é professor e fomos falando da tese dele, sobre vultos históricos femininos, mulheres da história do Brasil, sua relevância para a cultura e para a história nacional, afinal, o Brasil também tem heroínas.

entrada-praia-mole-floripa-florianopolis

Entrada da Praia Mole, em Florianópolis.

Deu tempo de falar das mulheres míticas do Rio Grande Sul, para onde vamos a seguir, das Farroupilhas, das que foram retratadas em novelas, e romanceadas em ficção apesar de serem vultos históricos e terem realmente existido.

joaquina-a-bussola-quebrada-florianopolis-floripa

A Praia da Joaquina está um pouco longe de nós, mas a Karina guardou esta foto de uma viagem anterior a Florianópolis.

E até tive tempo de falar de outras que li em esquecidos livros sobre a Guerra do Paraguai, e de um mito que descobri em uma viagem a Vitória, no Espírito Santo. Viajantes que nos acompanham vão lembrar da mítica Maria Ortiz, jovem de seus 22 anos que defendeu a cidade de Vitória de uma invasão holandesa.

matadeiro-bussola-quebrada-florianopolis-floripa

Praia e rio em Matadeiro, praia de Florianópolis – Foto da Karina.

Dunas de Florianópolis e Artesanato

Na volta foi possível parar e fazer fotos das dunas próximas da praia da Joaquina. Comerciantes alugam pranchas para sandboard e os turistas descem as areias ao lado da Lagoa da Conceição. No meio de tantas árvores e mata de Florianópolis, chama muito a atenção uma duna que lembra o deserto. E do outro lado do morro tem mais dunas.

duna-areia-florianopolis-floripa-lagoa-da conceicao

As dunas de Florianópolis. Aparência de deserto.

 

lagoa-da conceicao-estrada-praia-mole-florianopolis-floripa

E bem em frente às dunas, as águas da Lagoa da Conceição.

E claro que tem as casinhas de artesanato por boa parte do caminho, mas aqui, bem ao lado da Lagoa da Conceição, elas são mais próximas, em maior número, cheias de decorações, feitas de madeira e bem coloridas.

estrada-praia-mole-floripa-florianopolis

Há muito artesanato em Florianópolis, mas essa concentração e casas dedicadas a essa arte popular chamam a atenção.

Seguimos para a próxima etapa de nossa viagem em Florianópolis – Os restaurantes da Lagoa da Conceição.

casas-artesanato-praia-mole-floripa-florianopolis

Artesanato ao lado das dunas de Florianópolis. Do outro lado estão as praias Mole e da Joaquina e em frente está a Lagoa da Conceição.

Parada para uma Cerveja

As saídas de barcos para a Lagoa da Conceição têm horário para acontecer, como ainda tinha tempo até o próximo barco sair, seguimos pelo cais até a Books & Beers, um bar danado de bom, decorado em estilo rústico e cheio de detalhes, mapas, decorações cultura pop, cores e artigos relacionados ao mar. E claro, muitos, muitos livros por todos os lados. O visitante de Florianópolis pode tomar cervejas de vários lugares, artesanais, premium, especiais, diferentes, nacionais e importadas e se estiver sozinho, pode pegar um livro e passar um tempinho bem legal. Se chover em Florianópolis, você já sabe onde se abrigar.

books-and-beers-lagoa-da conceicao-floripa-florianopolis

Leia um livro. Tome uma cerveja. Se chover em Florianópolis, você terá uma boa desculpa.

Gravamos um vídeo na fila para pegar o barco. Continue com a gente e veja o que descobrimos seguindo pela Lagoa da Conceição.

florianopolis-floripa-praia-joaquina-a-bussola-quebrada

Pôr-do-sol na praia da Joaquina.

E este pôr-do-sol maravilhoso visto pela Karina na praia da Joaquina é só para lembrar que semana que vem tem mais sobre Florianópolis.

Dicas de Viagem:

  • Uma recomendação para o Books & Beers. Olha aí, propaganda gratuita. Será que um dia alguém paga pra eu fazer propaganda em A Bússola Quebrada? https://www.facebook.com/BOOKSBEERS/

Anúncios