Maricá – Carta de Apoio

Com tantos problemas sérios que passa o país, um certo Prefeito resolveu fazer piada de várias cidades: Atibaia, São Pedro da Aldeia, Araruama, mas a mais atacada de todas foi Maricá. Nós de A Bússola Quebrada amamos viajar. E nos sentimos ofendidos que um sujeito de caráter duvidoso faça piada às custas da casa dos outros.

marica orgulho sapatos

Esta saiu em tudo que é jornal. Orgulho de ser de Maricá.

Maricá é uma cidade do litoral fluminense, bem do ladinho de Niterói. Seu nome deriva do Tupi, e foi dado por causa da árvore típica da região, a maricá, e significa “de folha pequena”.

Sua geografia é fabulosa. Maricá fica entre a serra, a lagoa e o mar. O tamanho é reduzido, mas Maricá dá continuidade à beleza tão própria do estado do Rio de Janeiro.

Maricá tem história para contar. Como a visita de Charles Darwin em 1832. O famoso cientista inglês ficou encantando com as florestas de Maricá e Niterói, e falou muito bem especialmente da cidade de Maricá em seus diários.

Em Maricá há enormes fazendas que fizeram parte do Brasil imperial. Estações de trem, túnel e uma ponte no bairro de Inoã onde o visitante encontra a inscrição Estrada de Ferro Maricá.

A natureza é a estrela do turismo de Maricá, que tem um Parque Estadual para preservação da Mata Atlântica e uma área de proteção ambiental de restinga. Suas serras são ideais para trilhas e voo livre.

ilhas-marica-visao-aerea

Visão aérea das Ilhas Maricá. Fonte: Instagram de Maricá.

Maricá cresce e se moderniza.  O IDH – Índice de Desenvolvimento Humano de Maricá, medido em 2010 foi de 0,765. Maricá tem o 6° melhor IDH do Estado do Rio de Janeiro.  Mas também mantém suas raízes, preservando suas aldeias indígenas. Duas delas são muito famosas, a Aldeia Tekoa Ka’aguy Hovy Porã e a Aldeia Ara Owy Re.

aldeias-marica indios india menina

Maricá se orgulha de preservar aldeias indígenas. Fonte: Instagram da Prefeitura de Maricá.

Maricá está bem pertinho do Rio de Janeiro. São Apenas 50 quilômetros.  Quem visitar Maricá, poderá nadar nas águas limpas das praias oceânicas: Recanto de Itaipuaçu, Itaipuaçu, Frânces, Zacarias, Barra, Guaratiba, Ponta Negra – com seu histórico Farol – da Sacristia e Jaconé e várias praias lacustres, como Araçatiba, Boqueirão, Jacaroá, Gamboa, das Amendoeiras, Saco da Lama, Ponta da Preguiça e Guaratiba.

marica riacho cachoeira

Rios e cachoeiras do Vale do São Francisco, em Maricá.

Nós aqui de A Bússola Quebrada viajamos para várias cidades. E sempre fomos muito bem acolhidos pelo povo pobre que o Sr. Eduardo Paes despreza em seus comentários. Jamais nos faltou atenção daqueles a quem esse senhor deveria servir. Jamais nos negaram cama, comida, ajuda. E tenho certeza que em Maricá, Atibaia, São Pedro da Aldeia e Araruama não seria diferente.

marica-lagoa-do-zacarias

Lagoa do Zacarias em foto do Instagram da Prefeitura de Maricá.

Finalmente, queremos agradecer ao Prefeito Eduardo Paes, por nos alertar para uma cidade tão bonita e tão cheia de coisas a fazer e conhecer. Sabemos agora que temos que visitar a cidade de Maricá. Certamente cheia de gente de melhor caráter que o fanfarrão que desrespeitou Maricá, Atibaia, São Pedro da Aldeia, Araruama e seus moradores.

Nosso total apoio aos moradores de Maricá. Aproveitamos para dizer que Eduardo Paes não nos representa.


Dicas de Viagem:

  • Para chegar a Maricá o caminho pode ser tanto pela RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto), que liga o município às cidades de Niterói, São Gonçalo e Saquarema, quanto pela RJ-114, que liga Maricá a Itaboraí, e as rodovias RJ-104 e BR-101.
Anúncios