Londres – Ruas, atrações e Pubs

Estamos na Inglaterra caminhando pelas ruas de Londres. às vezes pegamos um ônibus de dois andares, às vezes um Cab. A maior parte do tempo, usamos o Underground. Venha saber mais sobre as atrações de Londres, os meios de transporte e o que vimos de legal em nossas andanças. Vem viajar com a gente por Londres!

metro-londres-plataforma-a-bussola-quebrada

Em todos os lugares que vamos, usamos Metrô. Foram poucas as vezes que usamos outro meio de transporte.

Estou caminhando por Londres neste momento. Vejo os prédios de apartamentos e as casas. E de fato, nem sempre sou capaz de distinguir um do outro. Os primeiros, são altos, três, talvez quatro andares. Os outros, são baixos. Sobradinhos. Piso térreo e mais um piso. Os mesmos telhados, as mesmas janelas largas e mais altas, os mesmos tijolos expostos. Às vezes tudo parece um mesmo condomínio fechado e tudo ao redor faz parte deste grande e igual condomínio.

É quando seus olhos se abrem de verdade e você começa a ver as diferenças entre um lugar e outro.

metro-londres-estacao-passagem-a-bussola-quebrada

Passagens e becos para todos os lados. Inclusive dentro das estações do Metrô de Londres.

Quase cada quarteirão tem um Pub. E os Pubs são quase sempre iguais. Um Pub é um bar inglês. Idêntico a um bar escocês, com a mesma cara de um bar irlandês. A maior diferença é que em alguns bares irlandeses, as pessoas se reúnem e alguém toca FOLK, a música popular irlandesa. Há mercados Tesco para todos os lados, dez vezes mais peixarias que açougues. Talvez vinte vezes mais. Não vamos esquecer que a Inglaterra é uma ilha. E que peixe aqui é bem barato. especialmente atum, salmão e bacalhau. Hoje mesmo comi um bacalhau bem barato. Compramos, preparamos e comemos com molho tártaro Home Made – caseiro. Paguei o preço de um sanduíche brasileiro.

Há quem diga que os Pubs são uma instituição na Inglaterra. Algo como um símbolo pátrio. Como a Rainha ou o Hino Nacional. Há praticamente um Pub em cada esquina. Há Pubs perto das estações do Metrô, há Pubs perto de farmácias, há Pubs perto de restaurantes, há Pubs em atrações turísticas e até Pubs ao lado de outros Pubs, inclusive Pubs ao lado de hospitais. Mas você não pode beber na rua. Apenas nos Pubs, que estão ao lado de farmácias e lojas de brinquedos.

Mão Inglesa

Não bastassem tantos Pubs por toda parte, ingleses dirigem do lado contrário da rua. E o volante do carro fica à direita. Se for um carro manual, você terá de trocar as marchas com a mão esquerda. parece difícil? Tente dobrar a esquina do lado errado. Virar à esquerda do lado contrário. Andar na rua sempre mantendo seu lado direito. E andar no Metrô ou usar escadas sempre se mantendo à direita.

mao-inglesa-londres-a-bussola-quebrada

O volante do lado direito do carro, o trânsito no sentido invertido, os táxis pretos Hackney Carriage e os ônibus Double Deck.

Casas parecidas, regras, mão contrária. tudo parece incomum aqui. Mas quando você para um momento, consegue encontrar castelos em forma de igreja, palácios em forma de escolas e universidades, catedrais romanas e templos gregos bem ao lado daquele Pub tão comum.

As igrejas

Saint-Stephans-Church-londres-a-bussola-quebrada

Igreja de Saint Stephan.

A Inglaterra tem uma forte tradição religiosa. Os Anglicanos, igreja cristã, dissidente da Igreja Católica, tem suas próprias regras, sua própria fé, suas próprias igrejas e prefere o estilo gótico, algumas vezes vitoriano, mas com uma arquitetura especial, forte.

Saint-Paul-Church-Londres-a-bussola-quebrada

Igreja de Saint Peter, que também é colégio. Uma cabine telefônica e uma caixa de Correios.

Estive em algumas igrejas. Aqui mesmo, perto de minha vizinhança, encontrei a Igreja de Saint Stephan, a igreja de Saint Peter e logo em seguida, uma igreja católica polonesa. E vi outras torres de pelo menos mais três igrejas na mesma vizinhança que não faço ideia de quais são.

igreja-polonesa-londres-a-bussola-quebrada

Igreja polonesa. Mais tradicional. Há espaço para todos os povos e todas as culturas em Londres.

Sempre o mesmo formato anglicano. Torres pontudas para os sinos, portas largas e altas, terminando em semicírculos, vitrais, mandalas na frente e longas e altas janelas terminando em meia esfera. O gótico reforçado e institucionalizado. Londres é medieval.

Como são medievais alguns restaures, lojas, Pubs. Veja o exemplo deste restaurante que também é um Pub:

tudor-rose-pub-a-bussola-quebrada

Um Pub. Demorei a entender. PUB é o diminutivo de “Público”. Os bares na Inglaterra são “Casas Públicas”, ou “Public Houses”. O apelido curtinho pegou fácil.

O nome é The Tudor Rose. Homenagem à famosa linhagem real que já foi representada em série de TV, livros e filmes.

Londres Moderna

Mas essa Londres medieval também abriga algumas das mais modernas construções do mundo, como o Shard Building, próximo às margens do Rio Tâmisa. Uma enorme e pontuda peça de arquitetura bem próxima da roda gigante London Eye, da Ponte de Londres, da Torre de Londres, do Centro Financeiro de Londres e mais uma centena de atrações. Em tempo eu conto sobre todas.

Walkie Talkie-Gherkin Centro-de-Londres-a-bussola-quebrada

Centro de Londres. O Walkie Talkie à esquerda e o Gherkin Building à direita. Modernidade.

Ao mesmo tempo em que Londres é medieval em sua essência, com seus pequenos prédios de apartamentos e casas estilo sobradinho, suas construções sóbrias de tijolos vermelhos aparentes, a arquitetura vai bem além de todos os atuais conceitos. Um processo de renovação vem tomando conta de Londres. Bairros inteiros vêm sendo reconstruídos. Vi edifícios em que só a fachada foi preservada por questões históricas, mas o interior foi demolido para dar lugar a escritórios novos e bem localizados. Vilas dentro da cidade, cercadas por muros fazem parede com edifícios como o Shard, monolito pontudo em forma de pirâmide com seus 306 metros de altura. Fácil de ver de longe, contrasta e muito com os pequenos e antigos prédios comerciais e de apartamento londrinos.

o-velho-e-o-novo-no-centro-de-londres-a-bussola-quebrada

E ao lado do moderno centro financeiro de Londres, o que parece ser um castelo. Tradições presentes.

Aliás, outra coisa bem diferente de Londres. Os prédios são cumpridos e se estendem por dezenas de metros, mas são baixos. A lei obriga. Acima de 4 andares, só na região central. E mesmo lá, não são comuns os arranha-céus comuns tão aos Estados Unidos. Ingleses gostam de ver o céu.

prefeitura-londres-margens-tamisa-shard-building-a-bussola-quebrada

A Prefeitura de Londres, que pela primeira vez terá um prefeito de origem muçulmana e o edifício Shard, de 306 metros de altura.

Mas o meu edifício favorito ainda não é o Shard. Falando de uma construção moderna e que pode causar algum desconforto a quem observa a linha do horizonte entre o céu e os prédios de Londres, o Gherkin é o mais inusitado.

Arredondado, com design futurista, todo revestido de vidros e idealizado pelo arquiteto inglês Norman Foster, o Gherkin já foi comparado a um Pepino de Vidro ou Pepino Gigante. E para mim se parece com um enorme Ovo de Páscoa no meio de Londres.

Do outro lado do Tâmisa, o visitante de Londres verá o prédio da Prefeitura de Londres. Inclinado, torto, de formas arredondadas e coberto de vidro.

Londres-centro-More London Riverside-a-bussola-quebrada

Próximo à Prefeitura de Londres, o moderno More London Riverside

Um fato bem curioso sobre Londres é que a cidade, um ponto turístico e gerador de tendências para o mundo todo, acabou de eleger, dia 5 de maio, Sadiq Khan para prefeito. Acontece que enquanto a Europa se desespera com os imigrantes ilegais, Londres coloca em seu cargo mais importante um filho de imigrantes. Testemunhamos um momento histórico em nossa viagem. Um prefeito muçulmano em uma cidade tão icônica. E as pessoas aqui estavam eufóricas!

Claro que desejamos boa sorte ao prefeito Sadiq Khan. Nós de A Bússola Quebrada somos favoráveis ao entendimento entre os povos.

Londres-centro-arte-a-bussola-quebrada

Arte para embelezar a cidade. Em Londres, tudo vira atração turística.

Todos estes lugares são muito bem atendidos por estações do Metrô e ônibus de dois andares, vermelhos ou envelopados em propagandas. Ou ainda por táxis pretos, com modelo padrão, bem inglês, ou pelos polêmicos Uber comuns e pretos ou por pelos Uber X, mais largos, para levar grandes grupos ou bagagem.

Os Táxis de Londres

O conhecido modelo Hackney Carriage é o modelo mais comum táxi de Londres. Aliás, em Londres eles são chamados não de táxis, mas de Black Cab. Ou somente Cab.

Hackney-Carriage-taxi-ingles-londres-a-bussola-quebrada

O tradicional Hackney Carriage, o táxi preto da Inglaterra.

Os modelos mudam, como os antigos LTI TX1 ou o mais recente, LTI TX4, ou até algum modelo diferente, como alguns Mercedes que vi pelas ruas de Londres. Nem todos têm o TAXI escrito nos luminosos do teto, mas um bom Black Cab tem o assento do banco traseiro, um assento invertido, virado para o banco traseiro, o que ajuda na hora da discussão, e a cabine do motorista. Digo cabine por ser mesmo uma parte fechada do carro, separada dos passageiros, inalcançável. Você fala com o motorista por uma fresta, a mesma por onde passa o dinheiro ou o cartão de crédito. Medidas de segurança. E não converse com o taxista. Nem é por causa do trânsito. Mas uma lei recente proibiu os taxistas de conversarem com os passageiros.

taxi-cor-de-rosa-londres-a-bussola-quebrada

Nem todos os ônibus são vermelhos, nem todos os Hackney Carriage são pretos. A propaganda pode trocar as cores de todos num envelopamento. Ao lado direito, uma catedral Metodista.

Finalmente, você achará brinquedos, chaveiros, utilidades, utensílios e inutilidades de todo tipo, inclusive panos e roupas com o formato ou o desenho dos ônibus vermelhos de dois andares de Londres, dos táxis Hackney CarriageLTI TX4 Black Cab.

Aqui é comum de se ver, banal. Mas não tente tirar os táxis de Londres nem os ônibus Double Deck vermelho dos londrinos. E fale bem do Metrô deles. Eles podem até reclamar de seu Underground, mas é algo motivo de orgulho, como os Pubs, os Black Cab, os Double Deck Bus, a Rainha e o chá da tarde – este último, um pouco em desuso.

mao-inglesa-londres-oxford-street-a-bussola-quebrada

O Double Deck Bus, vermelho como manda a tradição.

Dicas de Viagem:

Aqui você visita o site da Prefeitura de Londres – https://www.london.gov.uk/

E aqui você fica sabendo de arte, turismo e sugestões de locais para conhecer em Londres – https://www.london.gov.uk/what-we-do/arts-and-culture

Conheça melhor o The Shardhttp://www.the-shard.com/

Sabia que o The Shard tem um restaurante elegante e bem frequentado? Saiba aqui – http://www.the-shard.com/restaurants/

Aqui você saberá mais sobre o Gherkin. Informações como altura, localização e detalhes de sua construção – https://en.wikipedia.org/wiki/30_St_Mary_Axe

Quer saber sobre o Gherkin em português? Pois não – https://pt.wikipedia.org/wiki/30_St_Mary_Axe

Sabia que o Gherkin foi comprado por uma empresa brasileira? Olha só – http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/11/1545871-safra-adquire-edificio-gherkin-em-londres-por-r-3-bilhoes.shtml

Quer saber mais sobre os Hackney Carriage, os famosos Black Cab? – https://en.wikipedia.org/wiki/Hackney_carriage

Anúncios