Big Ben – O relógio mais famoso do mundo!

Quem visita Londres não pode ficar sem visitar a famosa Torre de Londres, atualmente rebatizada para Torre Rainha Elizabeth II, nas Casas do Parlamento. É aqui que fica o sino mais famoso do mundo, o Big Ben. Venha ver a torre e ouvir o sino tocar doze meses no nosso post de hoje!

Por DS Pugh, CC BY-SA 2.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=7558957

Uma imagem do mundialmente conhecido Big Ben. Este jovem senhor está no alto da Torre do Relógio desde 1859.

Na semana passada falamos um pouco sobre a Abadia de Westminster, onde os reis são coroados e que o interior desta catedral inspirou o design do Salão Comunal dos filmes de Harry Potter.

Falamos também sobre a Parliament Square e em um vídeo,ouvimos o Big Ben tocar.

Já contamos que o nome Big Ben é uma homenagem ao engenheiro Benjamin Hall, primeiro barão de Llanover e responsável pela instalação do sino na Torre de Londres.

Há muitas histórias sobre o Big Ben e suas quatro faces. mas as histórias mais corretas contam que o Big Ben tocou pela primeira vez em 1859 e desde 1923 a rádio BBC transmite todas as badaladas do sino em seus noticiários.

Veja aqui um pouco do som que o Big Ben produz:

Para muitos, o Big Ben é o maior relógio do mundo. Mas na categoria “relógio de torre”, o Big Ben ocupa uma modesta terceira posição, perdendo inclusive em tamanho, como segundo maior de Londres, ficando atrás do relógio da Shell Mex House.

O que chama mesmo a atenção é estar em qualquer lugar ao redor das Casas do Parlamento e ver, ouvir e, dependendo da distância, sentir o som das badaladas do Big Ben.

Os caracteres do relógio estão em algarismos romanos e a arte que decora as faces do relógio é predominantemente gótica.

Por © User:Colin / Wikimedia Commons, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=35619683

Você consegue ler o que está escrito em latim,na base do relógio?

A escrita na face do relógio é latim. Está escrito um pedido a Deus: DOMINE SALVAM FAC REGINAM NOSTRAM VICTORIAM PRIMAM que significa, em uma tradução o mais aproximada possível do sentido original – Senhor, mantenha a salvo nossa Rainha Victoria Primeira.

O povo inglês sempre foi muito religioso. Tanto que além da Igreja Católica Anglicana, ainda existem os metodistas, os ortodoxos, uma grande comunidade judaica e atualmente, cada vez mais muçulmanos e hindus, e os protestantes cristãos vêm crescendo com a chegada de denominações mais comuns nas Américas. E todos têm liberdade para praticar suas religiões sem serem incomodados.

Para chegar ao Big Ben, o melhor é sempre usar o Metrô. Aliás, vai ser difícil encontrar um lugar em Londres que fique longe do underground. As estações são próximas, dá para ir andando. Uns minutos de caminhada e você está em qualquer lugar que precise, com pontualidade e segurança. 

E se você vai ao Big Ben, desça na estação Westminster. Você saíra ao lado da Ponte Westminster. Se quiser passear um pouco, você pode usar a Saint James Park. Cuidado com nomes parecidos. A estação Victoria é frequentemente associada do local, mas está há uns 4 quilômetros do Big Ben. Mas a Rua Victoria Street passa bem ao lado da Torre do Relógio!

Por Salgueiro de pt, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=3621557

Palácio e ponte de Westminster, Abadia de Westminster e Igreja de Saint Margareth’s Church.

Visitar o Big Ben, além de parada obrigatória para todo visitante de Londres é também um pequeno espetáculo para vários sentidos. Lembro-me bem de estar parado aos pés do gigante, o dia frio, o vento forte vindo do Rio Tâmisa, ouvindo o canto das gaivotas e os carros e ônibus passando. Saindo do underground, a estação Westminster, pude ver um pouco do que estava ainda por vir. Detalhes da cidade, a outra margem do rio, as Casas do Parlamento

Estava apenas apreciando a vista e olhando para os detalhes de arquitetura, a construção, as linhas retas e sóbrias do estilo inglês e a tendência para cores como vermelho, laranja, marrom e até preto. Vi os ônibus de dois andares, os double deck, passando um após o outro. E olhei para uma das faces do Big Ben. Acabei esquecendo que uma das funções do relógio era a de tocar, de hora em hora. E nem mesmo me lembrava de seu som. 

double-deck-bus-onibus-de-dois-andares-torre-do-relogio-a-bussola-quebrada

O som melodioso do Big Ben pode ser ouvido e sentido, se você estiver perto da Torre.

Foi com surpresa e alegria que pude ouvir as badaladas do relógio. Parei de conversar com meus amigos, parei com as fotos e olhei para a face do Big Ben. Na primeira ocasião que ouvi suas badaladas, ainda eram onze da manhã. O som preenchia todo o ambiente à minha volta. Era alto, mas não estridente. Forte, mas não incômodo. Tenho ouvidos sensíveis, sons muito agudos podem me incomodar. Mas o som do Big Ben é predominantemente grave. O que se seguiu foi uma experiência de absorção. Apenas a paisagem e o som do sino.

big-ben-torre-a-bussola-quebrada

As Casas do Parlamento e o Big Ben. Um dos sons mais bonitos que já ouvi.

Mais tarde eu ouviria o Big Ben novamente, e inclusive tenho um pequeno filme para que você possa ver e ouvir o Big Ben. Estávamos na Parliament Square.

big-ben-visto-da-Parliament-Square-a-bussola-quebrada

O Big Ben visto da Parliament Square. No total vimos três faces de quatro no mesmo dia.

Seguindo para o outro lado do Rio Tâmisa, pudemos ver a terceira face do relógio. Dias mais tarde, poderíamos ver a quarta face, numa visita à Torre de Londres.

ponte-big-ben-tamisa-tamis-bridge-a-bussola-quebrada

A ponte de Westminster, cruzando o rio Tâmisa.

O Big Ben também é ponto obrigatório nas festas. Quer ver a Copa do Mundo? Vá ao Big Ben.

O Réveillon também é comemorado ao lado da Torre Elizabeth. Veja este vídeo da virada do ano e contagem regressiva para 2016:

E se quiser acertar qualquer relógio com a hora exata, o Relógio da Torre do Big Ben é o mais exato do mundo.


Dicas de Viagem:

Quer saber mais sobre o Big Ben? https://pt.wikipedia.org/wiki/Big_Ben

 

 

Anúncios