Agenda Cultural Extra – Sonora Brasil

Projeto Sonora Brasil reúne Grupos de música de tradição do Norte, Nordeste e Sudeste para apresentam sua arte ligada aos cantos de trabalho no Espaço Cultural Escola Sesc, essa semana no Rio de Janeiro.

site_sonora-brasil_2016_capa_

Em sua 18ª edição, o Sonora Brasil chega ao Espaço Cultural Escola Sesc com o tema “Sonoros Ofícios – Cantos de Trabalho”, apresentando ao público o canto como expressão musical relacionada às atividades laborais, fato social presente na cultura brasileira, tanto no ambiente rural quanto no urbano – concentrados, principalmente – na região Nordeste.

Serão quatro atrações musicais, vindas de estados do Norte, Nordeste e do Sudeste, que integram a programação do Sonora Brasil em solo carioca: Destaladeiras de Fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (Alagoas), Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (Bahia), Ilumiara (Minas Gerais) e Quebradeiras de Coco Babaçu (Maranhão).

cantadeiras-do-sisal

Cantadeiras do Sisal

Dia 19: Destaladeiras de fumo de Arapiraca e Mestre Nelson Rosa (AL)

Sinopse: Grupo formado por cinco mulheres da região de Sítio Fernandes, município de Arapiraca, na zona rural do agreste alagoano, e Nelson Rosa, mestre de coco de roda reconhecido como patrimônio vivo do estado de Alagoas.

Dia 20: Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA)

Sinopse: As cantadeiras do sisal são mulheres que trabalharam por muito tempo nas várias etapas de produção da fibra, e que hoje são artesãs, ofício que aprenderam a partir de projetos desenvolvidos na região com o objetivo de criar alternativas de trabalho para as mulheres que desenvolviam atividades pesadas e mal remuneradas no ciclo de produção do sisal.

Dia 21: Quebradeiras de Coco Babaçu (Nordeste)

Sinopse: O grupo é formado por mulheres que trabalham na quebra do coco babaçu desde a infância e hoje também exercem papel de liderança na defesa e valorização do trabalho das quebradeiras.

Dia 22: Ilumiara (MG)

Sinopse: Grupo formado por cinco músicos da cidade de Belo Horizonte que também atuam como pesquisadores. Além das músicas apresentadas, o grupo traz em seu espetáculo a contextualização histórico-social dos cantos de trabalho no Brasil.

quebradeiras-de-coco-babacu3

Quebradeiras de coco babaçu

Quando: De 19 a 22 de setembro.
Horário: Espetáculos às 19h30.
Onde: Espaço Cultural Escola SESC.
Endereço: Av. Ayrton Senna, 5677 – Jacarepaguá.
Quanto: Entrada grátis, mediante retirada de senha.
Mais informações: http://www.sesc.com.br/portal/site/sonorabrasil/2016/#firstPage

Anúncios