Castelo de Windsor – Monumento Medieval

Pegamos um ônibus turístico para ver o Castelo de Windsor, com suas famosas atrações. A Torre Redonda, o Portão Normando, a mota, a cidade de Windsor. Para quem ama histórias de princesas na torre, cavaleiros e batalhas épicas, a visita ao Castelo de Windsor é obrigatória. Embarque com a gente em nossa visita ao Castelo de Windsor.

Acordar cedo. Correr para a estação Vitória e chegar à oito da manhã. Os ingleses não gostam de atrasos. Chegando lá, o motorista era albanês e o guia era espanhol. Saímos quase no horário.

A primeira vista da cidade de Windsor. Lá ao fundo, o gigantesco Castelo de Windsor.

A primeira vista da cidade de Windsor. Lá ao fundo, o gigantesco Castelo de Windsor.

Ônibus lotado em direção ao Castelo de Windsor, residência da Rainha da Inglaterra.

Muito gentil, o guia apenas pediu para não usarmos o banheiro do ônibus. Fiquei sem entender. Mais tarde eu entenderia. Da pior maneira.

windsor-lojas-a-bussola-quebrada

Lojas na estação de trem de Windsor.

 

Ainda não saímos da estação de trem de Windsor.

Ainda não saímos da estação de trem de Windsor.

O ônibus seguiria por Windsor, Bath e Stonehenge. Deveríamos voltar a Londres próximo de seis da tarde. Muita euforia, muita ansiedade e muitas estradas lindas, sem buracos, bem sinalizadas e cheias de carros com aquelas pessoas dirigindo do lado errado do carro.

 

Uma antiga locomotiva recebe os visitantes. Dieu et Mon Droit. Francês. Deus e o meu direito. O rei/rainha tem o direito divino de governar.

Uma antiga locomotiva recebe os visitantes. Dieu et Mon Droit. Francês. Deus e o meu direito. O rei/rainha tem o direito divino de governar.

Uma coisa engraçada nas paisagens da Inglaterra é que em um dia de sol, os campos são verdes, com flores amarelas e o céu é bem azul e com algumas nuvens brancas. Nem no Brasil eu vejo as cores de nossa bandeira tão bem representadas.

Saímos da estação de trem e agora estamos nas ruas de Windsor.

Saímos da estação de trem e agora estamos nas ruas de Windsor.

Windsor

Você pode chegar ao Castelo de Windsor de várias maneiras. Nós pegamos um ônibus turístico que ia para vários lugares, mas há um trem que deixa os passageiros bem próximos do Castelo de Windsor.

windsor-lojas-guardas-a-bussola-quebrada

Lojas ricamente decoradas. E protegidas pela Guarda da Rainha.

A chegada para nós foi pelo estacionamento dos ônibus, bem ao lado da estação de trem. Que é a principal entrada da cidade para os turistas, e também é um centro de comércio cheio de lojas, restaurantes, pubs, lojas de doces e, claro, presentes temáticos. Ingleses sabem mesmo ganhar dinheiro.

Entrando no Castelo de Windsor

windsor-entrada-lojas-a-bussola-quebrada

Depois deste enorme corredor, a entrada para o Castelo de Windsor.

Segurança reforçada.

Detectores de metal, objetos de metal na bandeja, inclusive cintos, por causa da fivela. Parece até o aeroporto.

windsor-entrada-a-bussola-quebrada

Há várias entradas para o Castelo de Windsor. Esta é apenas uma. Mas olha que entrada!

Filas para entrar. Tudo muito organizado. Bem britânico. Pessoas de todas as nacionalidades e um gostoso frio inglês de fim de inverno. Algumas pessoas podem não achar o frio uma sensação gostosa.

castelo-windsor-entrada-lojas-a-bussola-quebrada

A muralha externa do Castelo de Windsor.

 

windsor-torre-muralha-a-bussola-quebrada

Apenas uma das várias torres da muralha do Castelo de Windsor.

O Castelo de Windsor não fica devendo nada aos castelos de contos de fadas, nem ao castelo do Harry Potter. É enorme! Tudo lá é superlativo. Inclusive os chapéus dos guardas da Rainha.

Torres altas e largas, muralhas a perderem-se no horizonte, a cidade abaixo das muralhas e uma vista azul e plana. Fico imaginando reis e rainhas apoiando as mãos nos pesados blocos das muralhas e contemplando seu belo reino.

windsor-muralha-a-bussola-quebrada

Precisa de fôlego para andar tanta muralha!

Apenas para dar uma ideia do tamanho das muralhas, entre o muro exterior e o muro interior, passa uma rua, larga, mais de 4 metros. Carroças poderiam passar por ali com mais armas, lanças, munição. A altura da muralha deve ter seus 20 metros, fora a extensão para todos os lados do Castelo de Windsor. E as torres são ainda mais altas e bem largas e redondas, proporcionando excelente visão para os defensores.

muralha-windsor-torre-a-bussola-quebrada

Aqui é a parte de dentro. E a altura ainda não é pequena.

Interior do Castelo de Windsor

windsor-muralha-estrada-a-bussola-quebrada

Uma avenida inteira passa por dentro das muralhas.

 

saint-georges-chapel-windsor-a-bussola-quebrada

A Capela de São Jorge – Saint George’s Chapel – descendo para a Ala Norte do Castelo de Windsor.

Como o Castelo de Windsor é bem grande, há espaço interno para cavalariços, estábulos, armas, lojas na entrada e lojas internas, alojamentos para empregados, alojamentos para soldados, dormitórios para pessoal de alta graduação, militar ou civil, a maior casa de bonecas que já vi na vida, que por pouco não é maior que a minha casa, museus internos, o famoso Salão dos Desenhos de Carmin, estátuas, quadros, tapeçaria, mobília conservada de centenas de anos e claro, armaduras, bustos, lanças e até uma enorme estátua de um cavalo na passagem de um nível para o outro.

castelo-windsor-beco-a-bussola-quebrada

Passagem para os dormitórios e do outro lado, os jardins de Windsor.

 

windsor-troca-da-guarda-a-bussola-quebrada

Vamos acompanhar a troca da Guarda da Rainha.

Só lamento não poder fotografar dentro do Castelo de Windsor. É proibido. Mas pudemos acompanhar, na Ala Inferior do Castelo de Windsor, no lado Norte, a troca da Guarda da Rainha, como vimos no Palácio de Buckingham, em Londres.

Assista a Troca da Guarda da Rainha no Castelo de Windsor.

Ainda no pátio do Castelo de Windsor, é possível ver a impecável jardinagem britânica. Flores, árvores, plantas de várias regiões. Quem viu o post sobre Kew Gardens vai lembrar do cuidado com os jardins. E até um morro artificial, chamado mota foi feito, para ajudar nos combates. Do alto deste morro, a visão era privilegiada e segura. E em cima do morro, ou mota, outra torre. Não seria por falta de visão que o general ia perder a guerra.

castelo-windsor-torre-redonda-a-bussola-quebrada

A Torre Redonda, no alto da mota. Vista permitida apenas aos reis e generais.

Rainha Elizabeth II

Dado curioso é que a Rainha Elizabeth II realmente mora no Castelo de Windsor. É a residência oficial da Rainha, com a criadagem, funcionários com várias atribuições, soldados e ocasionalmente alguns nobres, embaixadores e políticos, especialmente estrangeiros.

windsor-estacao-de-trem-festa-a-bussola-quebrada

Deixando o Castelo de Windsor, festividades aconteciam na estação de trem.

Fico imaginando como será morar em um lugar tão imenso, com salas enormes que parecem até corredores. Viajar é ver um pouquinho de um outro mundo. Neste caso, o Castelo de Windsor é um mundo mágico que, incrível, é mesmo real!

windsor-saida-a-bussola-quebrada

Logo que saímos do Castelo de Windsor, o frio continuava, mas a vista da cidade é linda.

Dicas de Viagem:

Leia detalhes sobre o Castelo de Windsor aqui – https://pt.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Windsor

Veja aqui mais informações de como visitar o Castelo de Windsor e como comprar ingressos – http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:http://mapadelondres.org/castelo-palacio-de-windsor-a-casa-da-rainha/&gws_rd=cr&ei=TGQFWMrxFIGvwgSvgIaoBg

Aqui você tem informações sobre turismo na Inglaterra, especialmente, em Windsorhttps://www.visitbritain.com/en/england/southeast/windsor

E aqui você pode visitar a cidade e o Castelo de Windsorhttp://www.windsor.gov.uk/

 

 

 

Anúncios