Os mistérios de Stonehenge

Sítio arqueológico e misterioso, as enormes rochas de Stonehenge confundem pessoas ao redor do mundo. Local de culto ou observatório? Feito por mãos humanas ou por alienígenas? Místico ou apenas obra de engenharia? Saiba mais sobre Stonehenge com a gente!

stonehenge-campo-inglaterra-a-bussola-quebrada

Os campos da Inglaterra, ao redor de Stonehenge. Céu azul, grama verde, poucas nuvens. O lugar é vasto e muito bonito.

Eu disse no post sobre o Planejamento para a viagem à Inglaterra que a próxima foto que os leitores de A Bússola Quebrada veriam aqui de Stonehenge seria minha. E eu sempre cumpro minhas promessas!

stonehenge-circulo-pedra-a-bussola-quebrada

Stonehenge, numa tarde de início de primavera.

Deixamos para trás a cidade de Bath e fomos ao que provavelmente é o mais famoso sítio arqueológico da Inglaterra. Ficamos frente a frente com as monumentais rochas de Stonehenge, o círculo de pedras gigantes, trazidas por mãos humanas de uma distância de 19 quilômetros, de uma pedreira que fica ao norte. Falando assim, não parece muito, mas e se eu disser que as pedras pesam mais ou menos 25 toneladas cada? Como seria para você mover um caminhão com 20 carros em cima, empurrando a massa sobre troncos, por uma distância que, a pé, um homem da época levaria pelo menos cinco horas para percorrer? E mais que isso, fazer este mesmo percurso 35 vezes!

stonehenge-alto-a-bussola-quebrada

O Famoso círculo de pedras pré-histórico, visto do alto.

Assim é com Stonehenge – Um círculo perfeito, com a entrada alinhada com o pôr-do-sol do último dia de inverno e com as fases da lua.

No começo deste texto, perguntei se Stonehenge era um santuário ou um observatório de astronomia. Ao que aprece, o local era os dois. Começou a ser construído em mais ou menos 3100 a.C., ou seja, mais de cinco mil anos atrás. Serviu para a observação e contagem exata do tempo entre estações do ano, solstícios, datas solares e lunares. E também serviu como local sagrado para os celtas antigos, que viviam em cabanas, adoravam fenômenos naturais, observavam os eventos astronômicos e usavam muita matemática para previsões do clima e contagem de datas.

stonehenge-cabanas-ocas-a-bussola-quebrada

As cabanas em que moravam os nativos da região numa época anterior à escrita.

Ao mesmo tempo, este tipo de atividade era sagrado para este povo. Tanto que o local foi usado séculos mais tarde por druidas e ao redor de Stonehenge, foram encontradas 56 sepulturas, em forma de pequenos buracos, com restos humanos cremados. Aparentemente, Stonehenge pode ter sido um local de repouso para líderes tribais.

stonehenge-ocas-cabanas-a-bussola-quebrada

Stonehenge começou a ser construída na era do bronze.

Nada do que se vê por lá indica a presença de seres de outros mundos, sejam alienígenas ou espíritos.

Ao redor de Stonhenge hoje há o parque, com loja, como sempre, restaurante, reconstrução das moradias da época da construção do local, e uma estrada pequena e reta que leva primeiro à Amersbury, no condado de Wiltshire, a sudoeste de Londres.

stonehenge-loja-a-bussola-quebrada

O centro de turismo de Stonehenge. Daqui ainda não dá pra ver o famoso círculo de pedras.

 

stonehenge-pedra-rocha-a-bussola-quebrada

Uma das pedras de Stonehenge, sobre o possível transporte usado na época. Claro que é uma peça de fibra de vidro imitando a peça real, mas já é possível ter uma noção do tamanho.

Mas eu disse que para chegar a Stonehenge, fomos para a Victoria Station em Londres, pegamos um ônibus, que foi para o Castelo de Windsor, seguiu para a cidade das termas romana de Bath e finalizou nos levando a Stonehenge.

stonehenge-circulo-pedra-corvo-a-bussola-quebrada

A pedra principal, com um corvo em cima.

Acontece que o ônibus estava com o banheiro quebrado. O que forçou as pessoas de bom senso a usarem banheiros nos locais de parada. Mas alguns velhinhos insistiram em usar o banheiro do ônibus, e após um dia inteiro de viagem, com os velhinhos sem poder ficar 10 minutos sem ir ao banheiro, o odor acre, azedo e amarelo de urina empesteou todo o ônibus. No sol quente que fazia, o xixi cozinhou aberto, fedendo para todos sentirem. Do meu lado, havia um idoso indiano, que achei, poderia ser responsável pelo odor. E como as janelas eram fechadas por causa do ar condicionado, eu não podia abrir nenhuma janela para entrar um ventinho que fosse.

stonehenge-caminho-a-bussola-quebrada

Da recepção até o círculo, são algumas centenas de metros.

A viagem de volta durou o suficiente para castigar o olfato e os nervos de todos os passageiros. A mágoa já estava se tornando motivo de guerra. Ao chegar ao ponto de desembarque em Londres, pulei por cima do velhinho indiano que parecia ser o culpado por meu sofrimento, mas que no momento seguinte, pareceu inocente, porque percebi que o ônibus inteiro fedia mijo!

stonehenge-pedra-ponteira-a-bussola-quebrada

A pedra que serve como ponteira. Ao pôr-do-sol do último dia de inverno, a sombra projetada por esta pedra entra no círculo no local exato para marcar co começo da primavera.

 

stonehenge-circulo-pedra-pessoas-a-bussola-quebrada

O mesmo círculo marca várias datas, solstícios, estações do ano e festividades.

Compreendi que o problema era no banheiro do ônibus. Quebrado, mal consertado ou safado de fedorento. Dei lugar para que o velhinho indiano passasse por mim, para descer primeiro. Bons modos.

Porém, ao sair do ônibus, pisando ainda no primeiro degrau da escada e sentindo ar fresco, respirei profundamente. O odor de urina curtida veio todo no meu nariz. O velho estava bem à minha frente, fedia sim! E muito! Acho que ele devia ter bexiga solta, urinou no banheiro do ônibus e em si mesmo. E tudo ao redor dele fedia horrores.

stonehenge-entrada-a-bussola-quebrada

Aqui você tem informações, loja, restaurante e pode comprar presentes temáticos.

 

stonehenge-mapa-a-bussola-quebrada

Uma mesa de explicações, cartazes e bancadas completam as informações para o turista.

A viagem foi linda. Bath é encantadora, o Castelo de Windsor é gigantesco e magnífico, Stonehenge faz pensar e aquieta os nervos com sua idade e tamanho, mas a companhia de ônibus que nos levou a estes lugares, eu espero que quebre, desapareça, afunde em xixi!!

stonehenge-lateral-a-bussola-quebrada

O ponteiro de Stonehenge e o círculo astronômico. Ciência cultuada como religião.

 


Dicas de Viagem:

Verifique se o ônibus que você vai pegar está com tudo funcionando perfeitamente. Não quero nem lembrar o nome da companhia, mas o motorista do ônibus era albanês e o guia era chileno.

Saiba mais sobre Stonehenge aqui – https://pt.wikipedia.org/wiki/Stonehenge

Aqui você saberá sobre o local, as atrações, como visitar e algumas curiosidades – http://www.english-heritage.org.uk/visit/places/stonehenge/

E aqui tem um texto bem legal que li sobre Stonehenge há algum tempo, sobre como os mistérios do sítio arqueológico foram desvendados por acidente – http://exame.abril.com.br/ciencia/arqueologos-desvendam-misterio-sobre-stonehenge/?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

 

.

Anúncios