Veja a vida girar na London Eye

A maior roda gigante do mundo foi durante muito tempo a London Eye. E o local não poderia ser melhor. Ao lado de Westminster, do Big Ben, das Casas do Parlamento e às margens do Rio Tâmisa. Vamos girar e ver Londres do alto nas voltas da London Eye!

margens-tamisa-thames-london-eye-a-bussola-quebrada

Estamos na saída da estação Westminster olhando para a London Eye.

Roda mundo, roda gigante, rodamoinho, roda Pião!

Gosta de Roda Gigante? Inaugurada em 9 de março de 2000, a London Eye foi até este 2006 a maior roda gigante do mundo. E nós estivemos lá para ver isso. Hoje tem uma ou duas maiorzinhas, como a de Las Vegas, que agora é a maior de todas. Ah, estes ianques!

lateral-london-eye-a-bussola-quebrada

Cabines que cabem quinze pessoas.

Mas o divertido é poder ver locais bem famosos de Londres com uma vista que há até bem pouco tempo era exclusiva para os passarinhos. Do alto. E bem alto! A London Eye tem 135 metros de altura. Basta olhar os prédios ao redor para ter uma ideia do tamanho da roda, realmente gigante.

Nossa chegada foi com chuva. Mas chuva faz parte de Londres como o sotaque. Nem tente separar os dois.

engrenagem-london-eye-a-bussola-quebrada

Os raios da Roda Gigante.

Saímos para a London Eye pela Westminster Station, de cara para o Big Ben, nas Casas do Parlamento. E atravessamos a Westminister Bridge. Uma caminhada que não dá nem para esquentar. Mas olhar para aquele rio, ver sua extensão, os prédios nas margens, as balsas levando passageiros por toda a Londres e ainda saber que o rio foi despoluído, isso faz mesmo um paulistano como eu ter esperança de que é possível fazer o mesmo com os rios Tietê e Pinheiros aqui em São Paulo.

casas-do-parlamento-london-eye-a-bussola-quebrada

Da cabine da London Eye o Parlamento Inglês ia ficando cada vez menor.

Para quem gosta de emoções fortes, uma roda gigante pode ser um pouco monótona, mas gostei mesmo de ver a estrutura enorme, a vista, e as pessoas, maravilhadas enxergando quilômetros e quilômetros de Londres, apesar da chuva.

cabines-london-eye-a-bussola-quebrada

Cabines grandes, como tudo na London Eye.

Ao lado, pude fotografar a janela de um dos prédios. Aliás, a Câmara Municipal de Londres está bem aqui, atrás da London Eye. Será que fotografei a janela de algum secretário de segurança? Olha eu tomando enquadro!

janelas-london-eye-a-bussola-quebrada

Sorria para o paparazzi!

Ao redor, há muito mais para ver.

Antes de chegar à London Eye, o visitante vai passar pela Shrek’s Adventure, uma atração para divertir a família toda com a temática da série de filmes do ogro favorito do cinema. E li essa semana que estão falando de fazer o quinto filme da série.

camara-municipal-de-londres-london-eye-a-bussola-quebrada

Compare o tamanho da London Eye com a Câmara Municipal de Londres.

Antes ainda, você verá o Sea Life London Aquarium, um aquário também gigante, do tamanho da realeza. E vai passar em frente a outra atração, desta vez, um pouco assustadora, a The London Dungeon, a masmorra.

rio-tamisa-thames-river-london-eye-a-bussola-quebrada

A vista da London Eye, mesmo com algumas gotinhas de chuva.

Acontece que o local é cheio de estátuas de cera e outros materiais, bem realistas, com contos assustadores da velha Londres. Fantasmas, assassinos, lendas urbanas. Bem, se você tiver nervos fortes, vá conhecer e me convide!

thames-river-rio-tamisa-london-eye-a-bussola-quebrada

Deste lado a vista é para o interior, rio acima.

Ao sair, reserve tempo para passear pela The Queen´s Walk às margens do Rio Tâmisa e visitar o Jubilee Gardens. O local é cheio de flores e barracas de comidas e plantas e você pode ver algumas das atrações do jardim na foto abaixo:

parque-diversoes-london-eye-a-bussola-quebrada

Atrações no Jubilee Gardens. Gostou de girar? Tem um carrossel logo ali.

Outro ponto legal é fazer um passeio de balsa pelo Rio Tâmisa. As estações de parada das balsas estão dos dois lados do Rio Tâmisa. E você pode embarcar bem abaixo da London Eye, no London Eye Pier, navegar pelas águas calmas do Rio Tâmisa e descer do outro lado, no Westminster Pier.

perspectiva-tamisa-thames-london-eye-a-bussola-quebrada

O London Eye e bem em frente, a parada das barcas no Pier.

Uma atração de que muita gente vai gostar está bem próxima da London Eye. Há dois ou três quarteirões você poderá visitar a Florence Nightingale Museum, que conta a vida de uma mulher extraordinária que dedicou a vida para tratar de doentes, principalmente feridos de guerra. Florence Nightingale ficou conhecida por seus conhecimentos médicos e interesse em estudar e conhecer para auxiliar mais e salvar vidas. Nas nossas Dicas de Viagem deixamos um link para a biografia dela. Leia e inspire-se!

tamisa-thames-london-eye-a-bussola-quebrada

Nesta imagem, o London Eye Pier, em frente à Roda Gigante e do lado esquerdo, o Westminster Pier.


Dicas de Viagem:

Para a London Eye, desça na estação Westminster e atravesse a ponte. Ou, desça na estação Waterloo e siga as placas para South Bank.

Nós achamos a estação Westminster mais próxima, mas você pode preferir ainda Embankment ou Charing Cross.

Aqui tem um mapa do Google – goo.gl/3DGjxw

Compre os ingressos com antecedência aqui – https://www.londoneye.com/

Saiba mais sobre o Shrek’s Adventure – https://www.shreksadventure.com/london/

Ficou com vontade de visitar o aquário de Londres? Pesquise aqui o Sea Life London Aquarium – https://www2.visitsealife.com/london/

Não tem medo de nada? Você vai adorar o The London Dungeon – https://www.thedungeons.com/london/en/

Leia mais sobre Florence Nightingale – https://pt.wikipedia.org/wiki/Florence_Nightingale

Anúncios