A Praia Deserta de Barra do Una

Uma praia deserta. Um lugar onde o tempo não passa. Barra do Una é uma localidade perdida no litoral de São Paulo, com eletricidade, cerveja, pesca e areias que dançam ao vento. Venha com a gente para a praia deserta de Barra do Una.          

caboclo-barra-do-una-a-bussola-quebrada

A esposa, as crianças, o varal e o barco. A casinha arrumada do caboclo pescador de Barra do Una.

Há lugares no mundo que fogem à realidade. Barra do Una é uma dessas localidades. Uma praia deserta perdida no litoral de São Paulo em uma das últimas cidades do estado. Já quase no Paraná.

Há muita coisa que encanta o viajante nessa vila de pescadores, onde a comida é gostosa, sempre tem pescado e o preço é honesto. Quem chega, acha que não há muito para ver. Mas basta ver os sorrisos, constantemente nos rostos dos moradores para entender o que há de melhor em Barra do Una.

camping-barra-do-una-a-bussola-quebrada

Barra do Una fica dentro do Parque Estadual da Jureia, mas não vimos guarda na estrada.

Chegar a Barra do Una, porém, não é fácil. O percurso, em boas condições, leva uma hora, com carro apropriado, porque carro 1.0 ou muito baixo terá problemas de passar pelos atoleiros, poças e pedregulhos no caminho. A vila de Barra do Una fica dentro de uma reserva estadual, alcançada apenas via estrada de terra, acidentada, margeada de uma larga canaleta de cada lado para escoar a água das chuvas e das marés, que fazem o rio Una do Prelado subir além do normal e tornar a estrada ainda mais difícil.

avenida-barra-do-una-a-bussola-quebrada

Avenida beira-mar de Barra do Una.

Durante todo o percurso por chão batido, vimos casas abandonadas. Umas, apenas pequenas casinhas, de gente bem humilde que não conseguiu sobreviver na região, sem estrada, sem comércio ou postos de saúde. Outras, devem ter sido uma aposta de alguém que achou que a região ia se desenvolver e construiu um casarão. E largou para trás.

Várias construções parecem boas para uma foto, mas esta igrejinha abandonada na beira da estrada, claro, chamou bem mais a atenção.

igreja-abandonada-barra-do-una-a-bussola-quebrada

A igrejinha abandonada na estrada do Guaraú, caminho para Barra do Uma.

Ao chegar na vila de Barra do Una, a sensação que se tem é um pouco estranha. Algo de decepção paira no ambiente, mas continuamos para ver o que mais havia.

Soube que na vila tem sim posto de saúde, umas casinhas servem de pousada para turistas, tem escola, casas de moradores que viraram restaurante, e, apesar da cerveja não estar muito gelada, o filé pescado estava delicioso.

escola-barra-do-una-a-bussola-quebrada

E tem escola em Barra do Uma.

quiosque-barra-do-una-a-bussola-quebrada

O comércio é que é um pouco fraco.

A Praia Deserta de Barra do Una

Uma praia deserta é o sonho de quase todo mundo que ama praia. Um lugar sem ninguém, para sentar na areia e olhar para o tempo, tomar sol pelado, pular na água sem medo, sentir o vento mexendo com os cabelos e cantando nos nossos ouvidos.

deserto-barra-do-una-a-bussola-quebrada

O deserto azul e cinza de Barra do Una, que me lembrou os quadros de Yves Tanguy.

Para um sujeito criativo, hiperativo e que viu muito desenho animado quando criança, como eu, a praia deserta de Barra do Una, tinha de tudo. A imaginação voou solta. Em tempo fechado, dia nublado, tinha horizonte infinito, navio fantasma, areias vivas serpenteado ao vento, como uma névoa misteriosa que nos move para outros mundos.

pensador-barra-do-una-a-bussola-quebrada

Um amigo que para, a pensar, apreciar a paisagem, ou apenas mudar para um universo paralelo.

E quando o sol saiu, foi possível ver as rochas de um lado da praia, claro que fui lá escalar, com cactos e mexilhões, espinhos e pedras pontudas. E do outro lado, a foz do rio Una do Prelado. Com a entrada para o mangue e uma casinha de caboclo, com barco, meio na água, meio na praia.

passagem-secreta-barra-do-una-a-bussola-quebrada

Uma passagem secreta para a praia de Barra do Una.

E se o dia começou nublado, até chuvoso, ameaçando nosso passeio, a hora que o sol saiu, foi possível ver o mar de cristal, refletindo a luz em um tom de azul e âmbar, parecendo mesmo ser feito de vidro. A praia deserta e limpa. O sol e as nuvens dando moldura a um magnífico quadro natural. E as pessoas vivendo lá, sorridentes, tranquilas, de bem com a vida. O pescador acorda e vai para o mar jogar sua rede. E a vida segue em sol, em chuva, em mar, em vento e areia. E canta uma poesia que só ouve que vai até Barra do Una e é capaz de parar com calma e escutar.

serra-barra-do-una-a-bussola-quebrada

A serra distante em Barra do Una.

vista-barra-do-una-a-bussola-quebrada

E a vista da serra e da praia da Barra do Una em um lugar onde o Google não chega.


Dicas de Viagem:

O caminho é pela estrada do Guaraúna, no bairro do Guaraú, depois é seguir pela rua do Ozório.

 Veja aqui um mapa do Google para Barra do Una, em Peruíbe – goo.gl/SmWrzg

.

 

Anúncios