Kaissara Nunca Mais

Uma reclamação contra a Viação Kaissara de ônibus interestadual inaugura agora a seção de ombudsman de A Bússola Quebrada. Conte com a gente para reclamar de maus serviços de empresas de viagens, hotelaria, turismo e serviços relacionados.

ombudsman

O Ombudsman deve ouvir o público e solucionar problemas do cliente.

ombudsman – ombyds’man/ – sueco – substantivo de dois gêneros – pessoa encarregada pelo Estado de defender os direitos dos cidadãos, recebendo e investigando queixas e denúncias de abuso de poder ou de mau serviço por parte de funcionários ou instituições públicas;

p.ext. em empresas públicas ou privadas, indivíduo encarregado do estabelecimento de um canal de comunicação entre consumidores, empregados e diretores;

p.ext. jor jornalista, contratado de fora ou pertencente ao quadro de funcionários da empresa, que, de maneira independente, critica o material publicado e responde às queixas dos leitores. Fonte: Google Buscas

The Tin Ombudsman.

Cara, Se eu tivesse coração, eu poderia me importar com seu estúpido probleminha.

Carta Aberta à Viação Kaissara:

Na segunda-feira, dia 02 de janeiro, eu e mais dezenas de passageiros embarcamos no ônibus de 23:40h saindo do Rio de Janeiro para São Paulo. O ônibus atrasou em 40 minutos. E nossa chegada se deu apenas às 6:30 da manhã da terça-feira. Com uma hora de atraso.

O dito atraso, no entanto, não seria problema algum, não fosse a péssima postura da companhia quanto aos serviços de bordo.

Cada um dos clientes que comprou passagem executiva, pagou em média R$ 100,00 (cem reais).

Eu comprei por internet, mas houve quem comprasse no guichê.

O problema real da viagem é que em nenhum momento foi oferecido um único copo de água aos passageiros da classe executiva.

Um senhor, com três filhos, pegou água para si e para a esposa na parte de baixo do ônibus. Os assentos na seção semi-leito custavam R$ 150,00 (cento e cinquenta reais).

Ônibus da Viação Kaissara

Ônibus da Viação Kaissara

Eu estava com muita sede. Este homem cedeu-me um copo de água. Coisa que a Viação Kaissara não foi capaz de fazer. E ainda que a empresa vendesse a água, estaria tudo bem. Mas a situação piora.

O motorista me informou que a ”água era embaixo”. Não entendi. Ele explicou:

“ – Água é só para o pessoal de baixo. ”

Ah, então tem água! Mas não era para ninguém da classe executiva.

Por ocasião da data, a virada do ano, o atendimento na Rodoviária Novo Rio estava difícil. Poucos funcionários para atender uma imensa demanda. Mas o homem que comprou bilhetes para toda sua família perguntou ao funcionário do guichê se haveria água no ônibus. O funcionário informou que sim.

E eu também fui informado por internet que haveria água para todos. E não apenas para o semi-leito.

A situação ficou ainda pior.

kaissara-site

Site da Viação Kaissara

Com 3 filhos pagantes com sede, o pai de família que pegou água disse que voltaria a pegar se precisasse.

A resposta da empresa veio na forma de uma funcionária que se colocou a explicar que a água era só para os outros e que não haveria água no ônibus para todos.

O pai protestou, ao que foi ameaçado pela funcionária de ser retirado do ônibus caso criasse mais confusão.

Que empresa é essa que ameaça um pai de família?

Que truculência é essa, Viação Kaissara?

Sem água, sem cobertor, sem qualquer serviço de bordo, com funcionários mal-treinados e negando água até a crianças? Ameaças para calar o cliente? A Viação Kaissara acha mesmo que vai escapar impune de tanto desprezo pelo cliente?

A desculpa é sempre a de diminuir os custos. Ser competitivo. Mas que diabos, venda a água em separado, mas não negue algo tão essencial e simples!

Ameaçar? Hostilizar pais de família e crianças?

O ônibus atrasou. Os guichês de informação e vendas disseram haver água e não havia, a funcionária não foi ajudar, foi piorar a situação. Desentendimento generalizado e insatisfação contra a Viação Kaissara.

As plataformas cheias são desculpa para o atraso. Eu mesmo não consegui comprar água pela dificuldade, as filas e a falta de informação da empresa, que com apenas um guichê, não se preocupou em informar ao cliente que uma fila era para comprar passagem e outra era para retirar passagens compradas pela internet. Com falta de informação, o cliente da Viação Kaissara estava desassistido. Abandonado à própria sorte numa rodoviária lotada e com várias lojas fechadas por falta de produtos, inclusive água!

ombudsman-may-2012

Reclamações sobre programas de milhagem. As regras parecem sempre estar contra o cliente.

E a Viação Kaissara hostiliza e ameaça um pai de família?

Pois bem, esta carta aberta está indo para o site da Viação Kaissara. E está indo para internet no site A Bússola Quebrada. E será de conhecimento público. E os maus serviços e selvageria da Viação Kaissara serão conhecidos por todos.

Por este péssimo exemplo e outros mais, a Viação Kaissara conseguiu inaugurar uma área de ombudsman no site A Bússola Quebrada e aceitamos de todos os leitores, viajantes, clientes de qualquer companhia, reclamações e denúncias sobre empresas ligadas a viagens, hotelaria, turismo e serviços relacionados a usarem este canal para suas reclamações.

Antes de finalizar, a Viação Kaissara pode se pronunciar em A Bússola Quebrada e dar sua versão dos fatos, mas não vamos aceitar o já citado “corte de gastos” e “preços competitivos”. O problema foi bem maior.

Ônibus interestadual da Viação Kaisara.

Ônibus interestadual da Viação Kaisara.

E encerrando, como editor de A Bússola Quebrada, professor universitário e viajante rotineiro, recomendo a todos os usuários de ônibus de viagens, intermunicipais ou interestaduais, que boicotem a Viação Kaissara.

Eu mesmo firmo hoje um compromisso: Kaissara Nunca Mais!

#kaissaranuncamais


Dicas de Viagem:

Se você não concorda com uma empresa, se teve algum problema com produtos e serviços, consulte seus direitos e procure os órgãos de defesa do consumidor:

PROCON

Reclame Aqui

Boca no Trombone

Fundação Proteste

E conte com A Bússola Quebrada para ser o seu Ombudsman!

.

Anúncios