A ver estrelas no Planetário do Carmo

Estrelas, constelações, o espaço infinito. Fomos ao Planetário do Carmo ver mais de perto o céu que ilumina nossas noites. Vem com a gente contar estrelas no recém-reaberto Planetário do Carmo.

planetario-constalacoes-a-bussola-quebrada

No total, são 88 as constelações vistas da Terra.

Os planetários de São Paulo reabriram em 2016 e estávamos devendo uma visita. E mesmo com o tempo chuvoso e o trânsito nas férias, fomos ao Parque do Carmo ver as estrelas no planetário.

A promessa foi do prefeito Haddad. E aconteceu mesmo. Em janeiro de 2016 o Planetário do Parque do Ibirapuera reabriu. Em julho, foi a vez do Planetário do Carmo, no Parque do Carmo, Zona Leste de São Paulo. E claro que a gente tinha que ir lá conferir.

aereo-google-planetario-carmo-a-bussola-quebrada

Vista aérea do Planetário do Carmo. Fonte: Google Maps.

Essa coisa de observar as estrelas é coisa de criança. Começamos a olhar o brilho daqueles pontinhos no céu azul escuro. Perdemos horas da noite fazendo isso. E gostamos tanto que continuamos a olhar as estrelas mesmo depois de adultos. E imaginamos o que tem lá, tão longe que não podemos tocar, mas tão perto dos olhos e de nossa imaginação. E os gregos pensavam o mesmo. E os índios pensaram a mesma coisa. E no interior do Brasil, o homem do campo observa estrelas e sabe como será a estação que virá. E no mar, o distante navegante buscando o lar, olha para as estrelas e sabe onde está e para onde deve ir.

Clique na imagem para ampliar:

O adulto que cresce e continua olhando as estrelas é um felizardo. Alguns de nós jamais voltam a levantar os olhos tão alto, e perdem tanto da vida por terem a visão tão curta, apontada para o chão.

No Planetário do Carmo, a máquina, azul e pequena, parece pouca coisa. Mas diminuta e silenciosa, com a ajuda de iluminação lateral, um conjunto de luzes e o som apropriado, faz a sala com cúpula aos poucos ir preenchendo a escuridão de cinema com as luzes e as cores do pôr-do-sol, os tons de laranja, rosa, vermelho, muitos tons de um calmante azul, até chegar ao roxo e voltar a escurecer para poder apontar as constelações que conhecemos, e algumas que não vemos em nossa latitude.

placa-planetario-carmo-a-bussola-quebrada

Você chegou ao Planetário do Carmo.

Cruzeiro do Sul, Canis Majoris, Canis Minoris, Taurus, Leo, Virgo, os signos do zodíaco grego e mais a Grande Concha da Via Láctea, que no interior do Brasil chamam de Constelação da Arapuca; Náiades; Plêiades, chamada de A Galinha e os Sete Pintinhos; o cinturão de Órion, chamado apenas de As Três Marias; nebulosas, cometas, corpos celestes pequenos, o Sol e os planetas.

Clique na imagem para ampliar:

E a sala do Planetário do Carmo que parecia grande para pouca fila, vai se enchendo até que todos os lugares estão preenchidos. E o rosto das crianças termina a sessão iluminado. Acho que vi uma mulher chorando lá no canto, mas parecia feliz.

Mais atrações do Planetário do Carmo

O espaço do Planetário do Carmo é preenchido não apenas pela abóboda da sala de projeções. O prédio ainda abriga fotos da construção, a estrutura do domo sendo aos poucos montada, o equipamento utilizado para projeções, uma biblioteca, para esperar a próxima sessão de projeções lendo um livro, ou fazer fotos ao lado de instrumentos de observação do céu e das estrelas.

Clique na imagem para ampliar:

Na sala do lado de fora do Planetário do Carmo você verá fósseis e pedras variadas, importantes para estudos científicos, datação de objetos encontrados, estudo de condições climáticas e muitas outras informações, que estão ali, só esperando uma pessoa esperta para ouvir os segredos guardados naquelas sólidas caixas-pretas da Terra.

Clique na imagem para ampliar:

E mais ainda: Telescópios, lunetas, uma esfera de mármore negra usado como um mapa em 3D, com os desenhos de todas as constelações que vemos da Terra, ampulhetas e relógios de sol, astrolábio e desenhos do sistema solar.

É hora de ver cada uma dessas coisas, com chuva ou sol.

planetario-carmo-a-bussola-quebrada

O prédio do Planetário do Carmo, com sua meia-lua para a projeção das estrelas e constelações.

O Planetário do Carmo tem estacionamento, visita guiada, professores explicando cada local e os momentos da projeção e as cadeiras da frente reclinam para o visitante observar melhor o céu. Vá visitar, e relembre como seu mundo era maior quando você era criança e olhava as estrelas. Boa viagem pelo espaço!

predio-planetario-carmo-a-bussola-quebrada

O Planetário do Carmo aguarda sua visita.


Dicas de Viagem:

Aproveito para indicar um grupo de observação das estrelas no Facebook – https://www.facebook.com/events/341298456255996/349868465398995/?notif_t=admin_plan_mall_activity&notif_id=1484846574885941 – Este grupo é oficial do Planetário do Carmo.

Quer mais informações sobre o Planetário do Carmo? Aqui tem – http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar/218-planetario-do-carmo e aqui também tem – http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/planetarios/agendamento/index.php?p=216353 – estas páginas fazem parte dos sites oficiais da Prefeitura de São Paulo.

E aqui você tem um mapa para chegar ao Planetário do Carmogoo.gl/fd2joX – Cortesia do Google Maps.

.

 

Anúncios