10 dicas para viajar de carro no CARNAVAL

Se seu carro é o seu melhor amigo, aqui vão 10 dicas de como cuidar bem dele para ele cuidar bem de você e das outras pessoas que você ama. Veja 10 dicas de especialistas e vá curtir seu Carnaval de carro viajando tranquilo.

emergencia-seguranca-a-bussola-quebrada    

O primeiro feriadão nacional de 2017 está chegando e muitos brasileiros já se preparam para pôr os pés na estrada e curtir os dias de folia junto a amigos e família. Mas, para que o período não seja marcado por inconvenientes, a Total Lubrificantes do Brasil – quarta maior companhia de petróleo e gás do mundo – dá dicas do que fazer para garantir a revisão adequada do veículo.

De acordo com o Coordenador TécnicoFábio Silva, o check-list vai além dos componentes básicos que o motorista normalmente presta mais atenção. “Alguns itens devem ser vistos pelo mecânico de confiança, como o freio e a suspensão, por exemplo. No entanto, é possível evitar problemas ao visitar um ROC (Posto de Troca Rápida de Óleo) da Total. Além de oferecer a verificação gratuita de até 15 partes de segurança, nossa rede de atendimento realiza manutenções preventivas vitais para condutores e passageiros, em qualquer época do ano”, explica.

viajar-de-carro-a-bussola-quebrada

Confira, abaixo, os 10 cuidados listados pelo Coordenador Técnico da Total ao pegar a estrada neste Carnaval:

1 – Óleo e filtro de óleo: devem ser trocados de tempos em tempos, conforme recomendação do fabricante do veículo, ou quando já passou do prazo de validade dos produtos. Porém, é importante estar atento para que as substituições sigam as mesmas especificações da montadora.

2 – Combustível: essenciais para o funcionamento do carro, precisam ser avaliados para o motor ter um bom desempenho. Em caso de muita sujeira, pode ocorrer entupimentos.

3 – Freios: é necessário verificar desgastes de discos e pastilhas de freio, possíveis vazamentos e o nível do fluido de freio, que deve ser trocado, em média, a cada 24 meses ou revisado a cada 10 mil quilômetros, sempre, por profissionais gabaritados.

filtro-de-oleo-a-bussola-quebrada

4 – Arrefecimento: normal ou de longa duração (fluido orgânico – OAT), é necessário seguir a recomendação do fabricante e manter a água do radiador no mesmo nível estipulado. Assim, a temperatura do motor se mantém em condições corretas para evitar o aquecimento.

5 – Pneus: É recomendável calibrar os pneus a cada 15 dias e antes de viajar é necessário calibrá-los, bem como o estepe, e avaliar se há diferenças de pressão no veículo carregado e vazio, desde que não estejam gastos.  A avaliação do desgaste é feita de forma simples pelo TWI (Tire Wear Indicator – Indicador de Desgaste do Pneu), que são saliências que ficam entre as ranhuras do pneu.

Além disso, o alinhamento e balanceamento devem ser realizados de acordo com o manual do carro ou quando você sentir que o volante está “puxando” ou “trepidando”. Para verificar o estado geral dos pneus da frente, esterce o volante para um dos lados primeiro. Desta forma você terá a visão total da banda de rodagem;

pneus-a-bussola-quebrada

6 – Suspensão e bateria: devem ser revistas a cada 10 mil quilômetros, incluindo a geometria e o balanceamento. Além disso, é fundamental avaliar o desgaste de amortecedores, molas, buchas e batentes, inclusive a bateria.

7 – Palhetas do para-brisa: cheque se estão com ruído ou trepidação. Neste caso, é recomendável trocá-las. Caso você pegue chuva na estrada, a visibilidade vai depender do bom desempenho das palhetas. Já as palhetas não podem estar tortas, nem com a borracha ressecada.

8 – Painel e Lâmpadas: representam as condições do veículo, por isso, em caso de dúvida sobre o significado das luzes, consulte o manual do carro. Nunca viaje com alguma lâmpada queimada, pois é perigoso e ainda pode render multas ao motorista.

luzes-painel-a-bussola-quebrada

9 – Itens de Emergência: antes de pegar a estrada, verifique se todos os componentes básicos de segurança estão no lugar. Entre eles, não podem faltar o triângulo, a chave de roda, o macaco, o estepe e o extintor, que precisa estar dentro do prazo de validade.

10 – Óleo do motor: cheque o nível do óleo e confira a hora de fazer a troca pela quilometragem do veículo. Use sempre a especificação recomendada pelo fabricante.

Agradecimentos:

TOTAL – www.totalbr.com.br

Dezoito Comunicação – Assessoria de Imprensa http://www.dezoitocom.com.br/

Arval Brasil – www.arvalbrasil.com.br

Approach Comunicação – Assessoria de Imprensa (11) 3846-5787

.

..

Anúncios