Baixa temporada em Fernando de Noronha

Sempre quis conhecer Fernando de Noronha mas achava muito caro? Aqui vai uma dica que serve para a maioria dos lugares. Vá para Fernando de Noronha na Baixa Temporada!

Chegando a Fernando de Noronha – Foto: Wikipedia.

Chegando a Fernando de Noronha – Foto: Wikipedia.

Um excelente jeito de economizar dinheiro em viagens é ir para os lugares mais legais fora da temporada. Algo como ir para um lugar frio no verão, ou para um lugar de praia quando ainda não é o verão cheio, mas um pouquinho antes, um pouquinho depois.

Um bom exemplo de viajar fora de temporada é a baixa estação em Fernando de Noronha. Durante os meses de março a maio, a ilha recebe menos visitantes, fica mais vazia, os preços caem um pouco e para quem quer economizar, ficam bem mais atraentes. Mais que isso, quem quer ir para ter sossego, vai preferir esta época ao invés da agitação do pico do verão, que acontece na ilha de outubro a fins de fevereiro.

O cartão postal mais famoso de Fernando de Noronha.

O cartão postal mais famoso de Fernando de Noronha.

Apenas para entender, a ilha de Fernando de Noronha, que pertence ao estado de Pernambuco, tem duas estações climáticas bem definidas:

– De fevereiro a julho, é a época das chuvas. E verificando a meteorologia, vimos que este ano será mais chuvoso em Fernando de Noronha;

– De agosto a janeiro, o clima é mais seco. E quem gosta de praia não quer saber de chuva. Some-se a isso as férias das escolas, faculdades e os recessos de final e ano e você pode imaginar como será difícil pegar um bom lugar ou um desconto na ilha.

Mapa de Fernando de Noronha feito pelo governo de Pernambuco.

Mapa de Fernando de Noronha feito pelo governo de Pernambuco.

Os meses de janeiro a março são os mais quentes. Mais um motivo para procurar o período entre março e maio. A ideia é economizar sem deixar de viajar para um lugar lindo.

Veja o vídeo promocional da administração da ilha de Fernando de Noronha com algumas informações sobre as vantagens de se viajar na baixa temporada.

Taxas e Preparação para a Viagem

Viajar para Fernando de Noronha inclui algumas burocracias e taxas que você terá de cuidar com antecedência. Logo, para este destino você terá de fazer um planejamento.

Em toda conta que você for fazer sobre sua viagem para Fernando de Noronha, você precisa considerar a TPA – Taxa de Preservação Ambiental. Trata-se de um conjunto de taxas pensadas para a manutenção da ilha, que é patrimônio natural.

O valor cobrado, ao menos o que está no site enquanto escrevemos este texto, é de R$ 68,74 por pessoa, para cada dia de permanência. Logo, se você ficar em casal por 5 dias, vai desembolsar o precinho de R$ 676,42 de TPA, considerando o desconto progressivo.

Vista do Forte da Vila dos Remédios. O local foi um presídio.

Vista do Forte da Vila dos Remédios. O local foi um presídio.

Nas nossas dicas de viagem você encontra uma tabela sobre os descontos progressivos na TPA para quem vai ficar mais de um dia.

A TPA diária pode ser paga via internet, ou no aeroporto, na hora do desembarque, mas você terá que ter toda a viagem planejada, definir onde vai ficar, por quantos dias permanecerá na ilha, para quantas pessoas.

Se for em família, terá que registrar cada um que for a Fernando de Noronha, inclusive crianças pequenas, porém, crianças até 4 anos não pagam a taxa diária. Mas você vai ter que registra-las.

Baía do Sancho.

Baía do Sancho.

E tem mais taxas. As trilhas para vários lugares são também taxadas em R$ 10,00 por pessoa, em média.

E tem as taxas do Parque Nacional Marinho, que você paga para poder visitar as praias mais famosas.

Só mais uma taxa: A viagem está legal e você quer ficar mais uns dias? Você precisará descobrir primeiro com a administração da ilha se sua estadia prolongada está dentro do limite de pessoas permitido na ilha. E caso receba a autorização para ficar, precisará pagar a TPA no dobro do valor normal.

Pôr do sol nas rochas Dois irmãos, na baía dos Porcos, visto do Mirante do Boldró.

Pôr do sol nas rochas Dois irmãos, na baía dos Porcos, visto do Mirante do Boldró.

A melhor situação em Fernando de Noronha é você não pensar em ter que pagar taxas à parte. Planeje antes os lugares que quer ir e pense em cada tarifa como custo da viagem. E se tiver que pagar alguma trilha, bem, quando você vai a alguns lugares, tem que pagar ingresso, não é? Não deixe que estes valores tirem o prazer da sua viagem! Programe-se e vá curtir!

.


Dicas de Viagem:

Para programar sua viagem a Fernando de Noronha, veja aqui algumas informações – http://www.noronha.pe.gov.br/

Preços com desconto você encontra aqui – http://www.ilhadenoronha.com.br/

Compare preços e promoções – http://www.ilhadenoronha.com.br/imagens/noronha-baixa-temporada-2017.jpg

E aqui um mapa de Fernando de Noronha para ajudar você a escolher uma pousada – goo.gl/XqyF4M

Veja o site promocional de Fernando de Noronhahttp://maisnoronha.com/

Calcule os valores da sua TPA – http://www.prontotecnologia.com.br/noronha2/turPreservacao.php

.

.

.

.

Anúncios