Os dois dragões

Dois lobos ou dois dragões. Dois lados de mim mesmo. Um bom, outro mal. Os dois estão em guerra. A cada dia um fica mais forte. Quem vence a guerra em mim entre o bem e o mal? Leia este mito cherokee  e veja como a história termina. Temos muita coisa legal para te mostrar!

Um poster para colocar suas moedas de um lado e de outro.

Um poster para colocar suas moedas de um lado e de outro.

Dentro de mim há dois lobos. Um é raivoso, feroz, solitário. Ataca seus semelhantes e não se entende com a própria alcateia. Seus sentimentos são rancor, arrogância, auto-piedade, mentira, inveja e culpa. Este é lobo é cruel e mau.

Há também dentro de mim outro lobo, que age com a mesma vitalidade que o outro lobo, mas é amistoso e protege os seus, perdoa quem o ofende e os mais jovens o veem como exemplo. Entre seus sentimentos estão a gratidão, esperança, verdade, compaixão, fé.

Terminou o trabalho do dia, sente-se confortavelmente e medite.

Terminou o trabalho do dia, sente-se confortavelmente e medite.

Meus dois lobos estão sempre comigo, mas travam batalha eterna. Sei que um dia um deles vencerá a luta e o outro irá perecer.

Qual dos lobos será o vencedor?

Este antigo mito atribuído aos índios cherokees, no Norte das Américas reflete nossa luta diária entre o certo e o errado, a ética ou a trapaça, o ódio ou o amor, a virtude ou a corrupção. O bem ou o mal.

Na história indígena, o lobo a vencer a peleja ficará mais forte a cada dia, pois sobreviverá aquele que for alimentado.

Clique nas Imagens para Ampliar:

Todos nós sabemos o que é certo e o que é errado. Nascemos com o bem e o mal dentro de nós. Temos o poder e o potencial para nos tornarmos o bem que queremos ver no mundo ou o mal que não queremos para nós mesmos.

É fácil saber o que é bom e o que é ruim. Uma boa ação fará você se sentir feliz e fará seu semelhante feliz. Se for bom para os dois, é justo. É o bem.

Se for bom para você, mas ruim para outro qualquer, se fizer bem apenas a você, então é mau.

Se causar dor, sofrimento ou tristeza a você, a outro, a muitos ou a todos, este será o mal.

Clique nas Imagens para Ampliar:

Hoje vemos dragões por todos os lugares que vamos. E filmes, na arte, na TV, nas roupas e nas histórias de todo o tipo. Vamos fingir que os lobos de nosso mito são dragões.

Mais que lobos, dragões são seres poderosos, orgulhosos, capazes de voar.

Os chineses associam o dragão à sabedoria, bondade, misericórdia e paixões sublimes. Era comum que o dragão fosse um mensageiro de nobres deuses ou estivesse envolvido em alguma missão ao lado dos homens, para trazer paz ao encerrar uma guerra, ou em algum trabalho de um herói, para fazer um bem maior ao povo.

Vigie seus passos.

Vigie seus passos. Olha que chinelos estilosos!

Por outro lado, o dragão europeu é sempre descrito nos contos como avarento, cruel, perigoso, uma fera sem inteligência sempre pronta a destruir e devorar. O dragão europeu é um cataclismo, uma força da natureza. Frequentemente está associado a uma mulher, uma virgem, mas a prende, não a ama.

Comparando as diferentes culturas, temos mitos que se completam.

Você tem dois dragões dentro de você. Qual dos dois você alimenta?

Fizemos uma coleção em nossa lojinha com dragões de pedra. Você pode escolher qual dos dois será o seu dragão. Qual será o mau dragão e qual deles será o bom dragão.

Já pensou seu celular com este case? Nós já pensamos!

Já pensou seu celular com este case? Nós já pensamos!

Vamos fazer uma brincadeira. Cada vez que você tiver feito algo que julgou bom e correto, dê a um dos dragões uma moeda de um centavo. Do mesmo modo, cada vez que você tiver feito algo que sabe que foi ruim, cada vez que você errar ou fizer mal a alguém, coloque apenas uma moeda de um centavo para cada ação errada no montinho do dragão mal.

Ao final de um período, que pode bem ser um de um mês, veja qual dos dragões foi melhor alimentado durante aquele tempo.

Anote aqui seus segredos, erros e acertos.

Anote aqui seus segredos, erros e acertos.

Se o seu dragão bom estiver com muitas moedas, então você aprendeu com a sabedoria do dragão certo e está no caminho do bem.

Porém, se ao final deste período você observar que o dragão mal tem muito mais moedas que o outro, há um longo caminho a percorrer.

E para sermos justos, se no fim do mês você perceber que as quantidades de moedas continuam as mesmas, fique feliz. Você é uma pessoa boa, só precisa se esforçar um pouco mais.

Escolha o dragão que você vai alimentar. E seja feliz!

Flâmulas para lembrar de vigiar seus dragões.

Flâmulas para lembrar de vigiar seus dragões.

.


Dicas de Viagem:

Aqui você encontra os produtos que você gostou – https://www.colab55.com/@abussolaquebrada/mugs/dragoes

E aqui você encontra mais coisas legais – https://www.colab55.com/via/abussolaquebrada

.

.

.

.

Anúncios