Final de semana em Penedo

O charme de inverno de uma colônia finlandesa no estado do Rio de Janeiro onde você encontra o Papai Noel o ano inteiro. Em meio à natureza da serra da Mantiqueira, Penedo é uma parte de Itatiaia para quem quer descansar, comer e beber muito bem. Vem com a gente!

Parece fofo porque é fofo. Penedo é uma graça e é ótimo para um final de semana.

Final de semana de dia dos pais e ainda aniversário da vovó, lógico que foi final de semana de viagem de família. E o destino escolhido foi Penedo.

Todo mundo reunido para tirar foto. PS: minha bochecha está estranha por causa da luz.

Penedo não é um município autônomo, mas um distrito de Itatiaia. E fica bem perto do Parque Nacional das Agulhas Negras. Penedo é um destino de alta temporada no inverno, porque fica em uma região mais fria do estado do Rio de Janeiro, e em dezembro, porque tem um turismo baseado em atrações natalinas, afinal, Papai Noel é finlandês.

A região foi a primeira – e até onde eu saiba, a única – colônia finlandesa do Brasil.  Eu nem ia contar essa história, mas ela é muito louca.

Monumento para comemorar os 50 anos da vinda da colônia finlandesa. Bem, isso foi há 38 anos atrás. Em 2029 Pendo faz 100 anos.

O Toivo, um finlandês que não devia bater muito bem das ideias, ouviu um chamado de Deus para sair da gelada Finlândia e migrar para uma terra quente no sul do mundo, onde deveria viver em abstinência de carne, álcool, chá, e café… e com o mínimo de roupa possível. Então ele pegou a mulher e mais três outros doidos e vieram para o Brasil em 1927. Foram trabalhar em uma fazenda de café no Vale do Paraíba. Daí ele ficou um tempinho e no ano seguinte voltou para a Finlândia e lançou um livro sobre a viagem profética. Nisso, ele conseguiu recrutar umas 100 pessoas dispostas a segui-lo para o Sul. Em 1929 foi fundada a Fazenda Penedo. Mas, 10 anos depois, a terra prometida caiu por terra e a colônia, que já não era gigante, foi minguando.

Então, diferente das cidades do Sul do Brasil, de colonização alemã, em Penedo você vão vai ver gente com cara de finlandês pelas ruas, já que hoje quase não tem mais descendentes dos cerca de 100 finlandeses que se estalaram em Penedo no início do século passado.

O Museu Finlandês da Dona Eva, com objetos que guardam a história do distrito. Eu não vi como é por dentro, mas parece grande visto de fora.

As tradições finlandesas são mais chamariz turístico e estão no nome de algumas lojas de doces.  O Clube Finlândia e o Museu Finlandês da Dona Eva são as duas principais instituições que tentam preservar a cultura finlandesa na região.

Parece que esse não é mais o lugar usado atualmente para as festas. Mas eu não reparei onde é o novo prédio.

Ainda assim, não achei a presença deles muito marcante na cidade. O Museu só funciona nos finais de semana e o clube tem algumas atividades bem pontuais. Fazendo pesquisa, fiquei interessada na festa típica que tem nos primeiros sábados do mês, e em sábados de feriadão.

Nós ficamos hospedados mais para perto dos principais pontos turísticos. Apesar de a nossa pousada ser no alto, então ir andando não era uma opção para meus velhinhos – certeza que eles não vão curtir serem chamados de velhinhos =)

A cidade em si não tem muitas atrações. Penedo é pequena e é uma cidade para relaxar.  Fica numa região da Serra da Mantiqueira, pertinho de Minas Gerais. Então você vai ter alguma coisa de ecoturismo, como trilhas e cachoeiras. A gente só visitou uma cachoeira que fica bem pertinho da cidade.

Pequena Finlândia e o Papai Noel

O lugar onde você pode encontrar o Papai Noel o ano inteiro!

Uma das grandes atrações de Penedo é a Pequena Finlândia. É tipo um shopping a céu aberto, com lojinhas que vendem todo o tipo de coisas: tem loja de chocolate, roupas, sapatos, móveis, decoração, lembrancinha.

E no fundo tem a casa do Papai Noel. Um chalé imitando uma casinha da Lapônia, cidade original do Papai Noel.  Tudo muito bonitinho e bem decorado para o Natal. E claro, tem Papai Noel para tirar foto o ano inteiro!

Lamento, essa foi a única foto boa que consegui com a câmera. Parece que não estamos nos dando muito bem, eu e ela.

 

Lembrei da minha infância mandando carta pro Papai Noel lá na Lapônia.

Ahh! Tem um laguinho lindo cheio de carpas. Pode apostar que sempre vai ter gente tirando foto na ponte.

As crianças realmente adoram. E tem como comprar comidinha para as carpas na lojinha do Papai Noel, que é onde também se compra a entrada para a casa.

Imagino que perto do Natal tenham bem mais atrações por ali. Ruas iluminadas e decoradas.

Vocês tinham que ver a alegria do menininho quando descobriu que a tartaruga era de verdade.

Mas já que não estava, fomos para a pousada descansar para aproveitar bem o dia seguinte… que vou contar no próximo post!

 


Dicas de Viagem

Site de turismo em Penedo: http://www.visitepenedo.com/

 

Anúncios