Penedo e Visconde de Mauá

Continuamos nossa viagem à Penedo, a Finlândia brasileira na Serra da Mantiqueira. Pode escolher se quer um dia de compras, no meio do mato ou provando as delícias gastronômicas da região. Tem Penedo para todo mundo. Vem ver!

Hoje é dia de turistar em Penedo!

O Distrito de Penedo é pequeno. E não tem muitos pontos turísticos, mas mesmo assim não dá para aproveitar tudo o que tem lá em um dia só. Muitas lojas vendendo roupas e sapatos de qualidade com preço camarada; restaurantes de vários tipos; e trilhas com cachoeiras no final, para se refrescar.

Isso é só um resuminho. Vamos aos detalhes!

 

Compras

Para quem gosta de compras, a diversão está garantida. Muitos centros comerciais fofos com lojas que vendem todo tipo de coisa linda. E bem, fomos em uma época de promoções. Sapatos e roupas com aquela cara artesanal, mas muito bem acabados. E no final do inverno, casacos, jaquetas, botas e chapéus de alta qualidade e com precinho camarada.

Essa foto é mais ilustrativa porque eu não tirei fotos de muitas lojas, e as que eu tirei ficaram ruins.

Eu poderia listar todas as coisas que compramos por lá, mas acho que não vou me lembrar de tudo. De boina a bonsai – sério, aquelas plantas em miniatura. Quase rolou uma mesa, mas não tinha espaço no carro. Infelizmente, não encontrei um copinho para minha coleção.

Gastronomia

Se não tem muitas atrações turísticas, restaurantes não faltam! Penedo é um dos maiores polos gastronômicos no caminho entre Rio de Janeiro e São Paulo.

Você vai encontrar todo tipo de comida. Tem hamburgueria gourmet, tem restaurante japonês super temático, tem churrascaria, tem comida de boteco. E como é frio, tem rodízio de fondue.

A especialidade da região é a truta da Serra da Mantiqueira. Então você vai ter vários restaurantes que servem o peixe. E inclusive, em lojinhas, você pode até encontrar linguiça de truta.

Outro ponto alto da culinária local são os doces. Muitas sorveterias e muitas lojas de chocolates artesanais. A fábrica de chocolate, não por acaso, é um ponto de interesse de Penedo. E se vocês virem uma moça vendendo bala de coco, comprem. E se possível, tragam a de chocolate recheada de Nutella para mim.

E se você gosta de cerveja artesanal como nós, tem duas cervejarias além de diversos bares e cafés descolados onde você pode encontrar uma variedade de rótulos especiais e artesanais.

Não cheguei a entrar, mas me lembrou um restaurante que eu na Suíça. E pode esperar que vai ter post falando de cerveja!

Passeio turístico

Para conhecer melhor a cidade, a gente resolveu fazer o passeio de trenzinho. A gente tinha visto esses trenzinhos passando o dia inteiro, e como ficamos um pouco sem o que fazer no final da tarde, pareceu uma boa ideia. E foi!

Entrada da Pequena Finlândia. O trenzinho sai do outro lado da rua.

 

Casa do Chocolate. Nem vou tentar reproduzir o nome em Finlandês. Tem a fábrica, a loja e a sorveteria. E bem na entrada, tem uma casinha onde pede autorização para trilhas.

Bem na frente da Casa do Chocolate sai o trenzinho – que não é um trem – que faz um tour pela cidade, indo até a cachoeira, passando pelo mirante que tem a melhor vista para o Pico das Agulhas Negras. O clima não ajudou e o céu estava encoberto, não dava para ver pico nenhum.

Penedo visto do alto. Parece pequeno? É porque é.

O primeiro ponto de parada do trenzinho que não é bem um trem é logo a Pequena Finlândia, que fica bem em frente ao ponto do trenzinho. Depois é subida para ir ao mirante. Uma volta pelo alto, e na descida passamos pelo Museu Finlandês, que estava fechado, que fica do lado do Clube Finlandês, que também estava fechado. Mas eu espero que lá a gente encontre gente com a cara da Finlândia.

Sei que já usei quase todas esse fotos abaixo no post anterior, mas como a gente passou por ai com o trenzinho…

Depois, nova subida até chegar nas três cachoeiras. Durante essa subida passamos por diversos hotéis fazenda.

Belezas Naturais

Além do Parque Nacional das Agulhas Negras, que fica do ladinho, na região do distrito de Penedo, as opções de turismo ecológico são as cachoeiras, sendo 5 conjuntos de cachoeiras. Algumas podem ser acessadas de carro e outras apenas por trilhas.

Pra quem gosta de ver o mundo do alto, tem o Pico do Penedinho. A caminhada é de cerca de 30 minutos, mas, como é um pico, é íngreme.  Para subir é só pegar uma autorização gratuita na Casa do Chocolate.

Você também vai ver agências oferecendo passeios de quadriciclo para as cachoeiras e trilhas na região.

Rapidinha em Visconde de Mauá

Sobe a serra, estrada cheia de curvas, neblina. Ai quando você chegar no chalezinho é Visconde de Mauá!

Penedo também fica pertinho de Visconde de Mauá, distrito que faz parte de Resende. Visconde de Mauá é bem mais tranquilo, e seu turismo principal é o ar puro e as cachoeiras.

Antes de voltar para o Rio de Janeiro, passamos por lá – não é caminho, Visconde de Mauá faz fronteira com Minas Gerais, mas minha mãe quis dar uma passadinha.

Pensa num lugar calmo. Ideal para fugir do estresse das grandes cidades.

A primeiro – e última – vez que fui à Visconde de Mauá eu devia ter uns 5 anos, e tenho vagas lembranças de lojas que vendiam cristais e coisas com gnomos. Inclusive minha mãe tem um conjuntinho de gnomos comprados lá que até hoje decoram a sala.  Segundo minha mãe essas lojinhas ficavam na cidade do lado, já em Minas Gerais.

Não sei porque tem esse nome. Não me perguntei. Mas pode ir ai que vale a pena!

Bem, fomos na Aldeia dos Imigrantes, um lugarzinho com lojinhas super fofas com aquele climinha  hippie zen. Tomei um chocolate quente maravilhoso, que eu tentava achar fazia um tempo, e o maior pão de queijo que já vi na vida.

Um pequeno braunche antes de pegar a estrada e voltar para casa!

 


Dicas de Viagem:

Não tem muito erro para chega à Penedo. O Google indicou tudo direitinho e as placas também.

Na grande rotunda, seguindo em frente é o caminho para Visconde de Mauá, e indo para a esquerda é Penedo.

Demora cerca de uma hora de Penedo para Visconde de Mauá, é uma subida de serra, cheia de curvas, com uma mão indo e outra vindo. Mas a estrada é boa.

Sites de turismo de Penedo:

Site de turismo de Visconde de Mauá:

 

Anúncios