Brinquedos Curiosos de Parquinhos Infantis do Japão

Parquinhos para crianças, os famosos playgrounds, são lugares divertidos, com escorregador, balanço, caixa de areia e brinquedos coloridos. Mas o fotógrafo japonês Kito Fujio começou a olhar este lugares de um jeito diferente. Veja os brinquedos de parques infantis do Japão que podem ser estranhos e assustadores até para adultos.

 

Um inocente parquinho no Brasil.

Um inocente parquinho no Brasil.

 

Playgrounds ou parquinhos são lugares bem comuns, sempre com os mesmo brinquedos e convidativos para o exercício. Balanço, escorregador, gaiola, gangorra. Os clássicos de sempre e que fazem muito sucesso entre as crianças pequenas. Atualmente, os parque lineares vêm recebendo aparelhos de exercício para adultos e idosos. Barras laterais, andadores, discos, e mais alguns utensílios que deveriam ser para a prática de exercícios sérios, mas que as crianças entenderam como uma grande brincadeira.

Porém, do outro lado do mundo, as diferenças culturais parecem falar mais alto até no momento da brincadeira.

 

Um robô com garras e grades? Parece um brinquedo que vai incomodar muitas mães.

Um robô com garras e grades? Parece um brinquedo que vai incomodar muitas mães.

 

Prova disso é o trabalho do fotógrafo japonês Kito Fujio, que viajou por seu país buscando parquinhos cheios de brinquedos estranhos ou inusitados e, somando a imagem a uma dose de criatividade e técnicas de iluminação, o fotógrafo da Terra do Sol Nascente criou uma coleção de escorregadores e brinquedos de palyground diferentes, inovadores ou muito cruéis com os pequenos. Numa noite escura, você teria coragem de entrar em alguns destes brinquedos?

 

Fico em dúvida se a ideia é divertida ou se me lembra aqueles filmes de desastres aéreos dos anos 1970.

Fico em dúvida se a ideia é divertida ou se me lembra aqueles filmes de desastres aéreos dos anos 1970.

 

Usando corretamente a luz artificial, às vezes dentro do brinquedo, às vezes fora, e isolando cada peça dos demais brinquedos de um playground, o fotógrafo Kito Fujio criou cenas que podem deixar crianças pequenas com medo de ir a parquinhos. E acho que vão perturbar o sono de muita gente.

 

Um telefone gigante combina bem com um pesadelo.

Um telefone gigante combina bem com um pesadelo.

 

E o assunto deve mesmo ter rendido muitas fotos, porque Kito Fujio já publicou cinco livros apenas com esta maneira diferente de ver os inocentes brinquedos se transformarem em coisas que podem ter saído de um pesadelo ou de um quadro surrealista.

 

Você tem medo da Baleia Azul?

Você tem medo da Baleia Azul?

 

Quem identificar o que este brinquedo pode ser, dê sugestões.

Quem identificar o que este brinquedo pode ser, dê sugestões.

 

O elefante cor de rosa! Amigo de todos os bêbados!

O elefante cor de rosa! Amigo de todos os bêbados!

 

Galinha pintadinha?

Galinha pintadinha?

 

Todo mundo adora pandas. Mas este aqui não está me inspirando muita confiança.

Todo mundo adora pandas. Mas este aqui não está me inspirando muita confiança.

 

Isso é um dinossauro acorrentado?

Isso é um dinossauro acorrentado?

 

E mais ainda, o fotógrafo diz que a maioria das imagens foi realizada sem que ele precisasse ir muito longe, em sua cidade-natal Sapporo, que é a quinta maior cidade do Japão.

 

Este é de longe o meu favorito. Que tal brincar na cabeça de um demônio, só para variar?

Este é de longe o meu favorito. Que tal brincar na cabeça de um demônio, só para variar?

 

Gostos pessoais e diferenças culturais são coisas difíceis de entender e perigosas de discutir. Melhor aceitar, que dói menos.

.


Dicas de Viagem:

Você pode ver mais do trabalho do fotógrafo Kito Fujio em seu site – http://fujio-panda.com/

.

.

.

 

 

Anúncios