5 Técnicas para relaxar e curtir sua viagem de avião

Você costuma ficar tenso antes de viajar de avião? Fica com medo só de pensar na turbulência? Pensa em cancelar a viagem se a previsão é de chuva? Você não está sozinho! Estima-se que 1 em cada 5 pessoas tem medo de avião, independentemente de idade, sexo ou qualquer outro atributo.
.
.
 
Com a proximidade das festas de final de ano, muitas pessoas se preparam para viajar e, em muitos casos, a viagem será feita de avião. Por isso, com a ajuda da VOE Psicologia, primeira empresa brasileira especializada no tratamento do medo de voar, preparamos algumas dicas para você curtir seu voo e mandar o medo para bem longe. Confira.

1. Respire

Pode parecer um tanto óbvio, mas a mudança no padrão respiratório é um dos primeiros sinais de que a ansiedade e o medo estão se instalando. Quando ocorre um momento de pânico, a respiração se torna mais curta. Em vez de enchermos os pulmões de ar, passamos a respirar rápida e mais superficialmente. A hiperventilação, como o fenômeno é chamado, leva à redução dos níveis de dióxido de carbono no sangue, causando uma série de sintomas, entre eles dor do peito, boca seca, tontura e entorpecimento.
.
.
Por isso os ataques de pânico são acompanhados de todas essas sensações. No ar, os níveis de oxigênio já são menores, então a chance de você desmaiar é grande. Respire lenta e profundamente. Inspire profundamente pelo nariz contando até quatro. Expire pela boca, contando até seis. A ideia é esvaziar os pulmões de ar o máximo que puder. Repita quatro ou cinco vezes. Dê preferência à respiração diafragmática, aquela em que a barriga enche e esvazia, e não o peito.
. 

2. Pressione o ponto antitensão

A acupressão é uma técnica milenar e facílima de ser usada quando necessária. Ela usa os mesmos pontos-chaves que a acupuntura, mas, em vez de agulhas, usa-se os dedos. Um dos pontos mais conhecidos fica na região da membrana entre os dedos das mãos. O ponto capaz de aliviar a tensão fica entre o indicador e o polegar. É possível estimular os pontos das duas mãos simultaneamente, usando o polegar e o indicador da mão oposta. Aperte bem e segure por cerca de três minutos. Enquanto isso, foque na sua respiração também.
.

3. Relaxe a musculatura

Quando estamos tensos, a tendência é contrair a musculatura, o que, inclusive, dificulta a respiração. Respire fundo e solte os ombros, fazendo movimentos circulares. Agora faça o mesmo com a sua cabeça, fazendo movimentos circulares para os dois lados bem lentamente.
.

4. Discipline a mente

O mindfulness, ou atenção plena, ajuda a disciplinar a mente. Quando estamos aflitos ou com medo, nossa mente se enche de pensamentos inúteis, via de regra ruins, como por exemplo, o avião vai cair! Estudos já mostraram que a técnica ajuda a aliviar o estresse mental e a ansiedade. Se você nunca tentou praticar esse tipo de meditação, use um aplicativo para ajudá-lo. Já há vários excelentes, como o Headspace. Que tal tentar?
.
.

5. Visualização

Esta é outra técnica bastante útil para relaxar. Feche os olhos, coloque tampões nos ouvidos – aqueles que são distribuídos no voo – para reduzir o ruído, coloque um som calmo (muitas companhias aéreas passaram a incluir músicas new age e de relaxamento como parte de seu serviço de entretenimento) e imagine-se em um lugar bonito e calmo. Pode ser uma praia deserta. Imagine o barulho do mar, o ir e vir das ondas, procure visualizar o seu corpo exposto ao calor do sol. Respire lenta e profundamente.
 
Mas, se seu medo está impedindo você de entrar no avião, então é hora de procurar ajuda especializada. A VOE, por exemplo, oferece um curso intensivo de dois dias ou a terapia breve. Em 10 sessões você pode se livrar de uma vez por todas do medo de voar.
.
.
Agradecimentos: Agência Health
.
.
.
Anúncios