Agenda Cultural 12-04-2018

O Fim de semana chegou voando! E aqui está a nossa Agenda Cultural pra você se programar. Tem show, tem comida, tem botequim, tem happy hour e tem eventos em várias capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte. Vem curtir!

.

São Paulo/SP

Orcs gigantes invadem o Shopping Metrô Itaquera

Esculturas dos temidos ogros da literatura e do cinema estão em exposição no centro de compras

Eles ganharam fama e assustaram o público nas páginas dos livros e nas telonas do cinema, mas no Shopping Metrô Itaquera os Orcs – Os Incríveis Ogros Gigantes prometem encantar os fãs do universo geek que passarem pelo centro de compras até o dia 25 de abril.

.

.

Popularizados nos romances de J.R.R. Tolkien, como O Hobbit e O Senhor dos Anéis, os orcs são conhecidos como criaturas usadas como soldados pelos vilões das obras. Diferentemente dos elfos que fazem coisas belas, os orcs servem por medo e são capazes de criar instrumentos para ferir e destruir.

Inédita em São Paulo, a exposição conta com 5 orcs feitos inteiramente em fibra de vidro e com acabamento imitando pele com massa plástica. A técnica extremamente realista é de impressionar. Os olhos foram confeccionados com resina de cristal e têm movimento controlado por timer e os cabelos foram feitos exclusivamente para cada escultura com fio importado. Com alturas que variam de 2 a 6,5 metros, os orcs emitem sons diferentes e têm chamado a atenção de adultos e crianças pela estrutura e figurino feitos em juta crua e tingida e acessórios rústicos, inclusive a orc fêmea que chama a atenção pelo figurino feito de couro e pelúcia. Os monstrengos de braços compridos, costas e pernas arqueadas estão abertos à visitação na Praça de Eventos Metrô, de segunda-feira a sábado, das 10 às 22 horas, e domingos e feriados, das 14 às 20 horas. A entrada é gratuita.

.

.

Além de curtir o aterrorizante universo dos orcs, a criançada poderá se divertir nas opções de lazer gratuitas montadas na Praça de Eventos Itaquera. O Espaço Orcs Kids na Praça de Eventos Itaquera conta com arco e flecha e boliche. Podem brincar crianças com até 12 anos. A atração é gratuita.

Exposição Orcs – Os Incríveis Ogros Gigantes

Data: Até 25 de abril
Horário: De segunda-feira a sábado, das 10 às 22 horas, e domingos e feriados, das 14 às 20 horas
Local: Praça de Eventos Metrô e Praça de Eventos Itaquera no Shopping Metrô Itaquera (Avenida José Pinheiro Borges, Itaquera)

Entrada gratuita

.

Bar Must recebe Ari Borger Trio

Mestre em piano blues se apresenta no bar do Tivoli Mofarrej São Paulo nos dias 29 de março e 26 de abril.

.

Ari Borger

Ari Borger

.

Reaberto com projeto arquitetônico assinado por Felipe Diniz, o bar Must – localizado no térreo do Tivoli Mofarrej São Paulo – aposta nas noites de jazz e traz Ari Borger Trio nos dias 29 de março e 26 de abril.

Pioneiro no piano blues brasileiro, Borger também é mestre em boogie woogie e hammond B3 com mais de 20 anos de carreira. O músico tem seis discos gravados que figuraram entre os top 10 de publicações americanas e britânicas, já abriu shows de B.B.King e tocou com Johnnie Johnson e Pinetop Perkins.

Além do forte apelo no jazz, o bar é focado em craft drinks criados pela já eleita Melhor bartender do Brasil pelo Cocktail Journey Diageo, Jessica Sanchez, e tem menu mediterrâneo. O Must teve sua decoração renovada com inspiração art déco anos 20/30 e acomoda 120 pessoas sentadas.

.

.

Serviço:
Ari Borger Trio no bar Must
Datas: 29 de março e 26 de abril a partir das 21h30
Valor entrada: R$ 60,00 por pessoa
Reservas:
Tel.: (11) 3146 5900
E-mail: Eventos1.htsp@tivolihotels.com
Endereço: Alameda Santos, 1437
São Paulo, Brasil

.

Espetáculo ‘11 Selvagens’ entra em cartaz no Teatro de Arena Eugênio Kusnet

Projeto, com direção de Pedro Granato, foi contemplado no Edital de Espetáculos de Artes Cênicas e Música 2018

O Teatro de Arena Eugênio Kusnet recebe, de 6 a 29 de abril, o espetáculo 11 Selvagens, em cartaz sextas, às 21h, sábados e domingos, às 19h. Com direção de Pedro Granato, o projeto foi contemplado no Edital de Espetáculos de Artes Cênicas e Música 2018. Os ingressos têm preços populares.

.

.

11 Selvagens é inspirado na polarização e no contexto político e social que tomaram as ruas do país nos últimos três anos. No palco, onze atores encenam situações em que as pessoas perderam o controle de seus impulsos: da violência à sensualidade, do absurdo ao trivial. As cenas se desenrolam a poucos metros do público, por vezes até na cadeira ao lado, promovendo uma identificação imediata.  Em algumas cenas, a plateia parece estar na mesma situação dos atores. Em outros momentos, a plateia é cúmplice, já que as cenas ocupam diferentes lados da arena, colocando atores e público lado a lado. O figurino e a iluminação são baseados em elementos minimalistas, enquanto a intervenção musical dá agilidade à narrativa e permite que a estética do espetáculo ultrapasse as relações de verossimilhança. Por meio de histórias com que a plateia se identifica e músicas contemporâneas, o espetáculo dialoga com as gerações atuais.

“O ponto de partida foi a tensão crescente no país em 2016, mas parece que o espetáculo foi criado hoje. As manifestações, a violência, a sensação de impotência que mexem com os extremos deixam a peça muito atual”, afirma Granato. “Chegamos ao Teatro de Arena, um local histórico, coroando uma trajetória de sucesso que começou em 2017, no Pequeno Ato, com apresentações sempre lotadas. Vamos acomodar um número maior de espectadores numa peça feita em arena. O jogo com o espaço cênico tem esse aspecto imersivo de colocar o espectador na situação que os atores estão trazendo. É a sensação de que tudo poderia acontecer com qualquer pessoa ali presente”, completa.

11 Selvagens estreou em 2017 no Teatro Pequeno Ato. Integrou as listas de melhores peças em cartaz, publicadas pela Revista Veja São Paulo e pelo Portal Anna Ramalho. Foi apontado como um dos melhores textos do ano pelo site Pecinha é a Vovózinha, do jornalista Dib Carneiro Neto. O diretor Pedro Granato foi indicado ao Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem 2017 pelo texto original.

Teatro de Arena Eugênio Kusnet
(Rua Dr. Teodoro Baima, 94, Vila Buarque, São Paulo, SP)

Espetáculo: 11 Selvagens

De 6 a 29 de abril. Sextas, às 21h, sábados e domingos, às 19h.
Ingressos: R$ 40 (meia-entrada: R$ 20) – Cartões não são aceitos
A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.
Ingressos gratuitos disponíveis para pessoas de baixa renda no site: www.eufacocultura.com.br
Venda pela internet: http://www.sympla.com.br
Duração: 70 minutos. Classificação etária: 16 anos.

.

Trajetórias De Clementina E Carolina De Jesus São Destaque Em Sarau No Sesc Santo Amaro

Sesc Santo Amaro sedia o sarau “As biografias de Clementina e Carolina, duas vozes entrelaçadas na resistência”. O sarau traz para a roda a trajetória das duas mulheres negras que tiveram papel de destaque no universo da música e da literatura. Com apresentação da escritora Penélope Martins, a conversa tem como convidada a cantora Socorro Lira, também autora do documentário “Aqui tem Coco – Caiana dos Crioulos”.

As vidas permeadas pela dificuldade e pela posição marginalizada na sociedade encontraram espaço e brilho na arte. Vozes de resistência, Clementina e Carolina de Jesus tiveram um reconhecimento tardio de suas obras. No sarau, promovido pelo Sesc Santo Amaro, as páginas das biografias dessas mulheres são exploradas por intermédio dos ritmos do samba e do coco.

Clementina de Jesus foi sambista. Aos 63 anos, foi descoberta pelo compositor e produtor Herminio Bello, que a preparou para o show que a consagrou, o espetáculo “Rosa de Ouro”. Três anos depois, em 1966, Quelé – como era conhecida – gravou seu primeiro disco solo. Os cinco discos gravados durante a sua carreira resgataram cantos tradicionais de seus antepassados e ajudaram na popularização do samba e da cultura negra no Brasil. No continente africano, a cantora participou do I Festival Mundial de Artes Negras, em Dakar, e foi grande destaque do evento.

No lado da literatura, Carolina Maria de Jesus é conhecida por seu livro “Quarto de Despejo – Diário de uma Favelada”, em que ela narra o seu cotidiano na favela do Canindé, em São Paulo. Em volta de fome, alcoolismo e doenças, Carolina faz reflexões sobre a vida da mulher negra. Seu livro foi traduzido em mais de vinte línguas e chegou a países da Ásia, Europa e América Latina. Porém, anos se passaram e com a sua morte em 1977, a obra de Carolina caiu no esquecimento. Na contramão dessa situação, uma biografia com maior foco sobre a vida da autora antes do sucesso de “Despejo” foi lançada em 2018.

As vozes dessas duas personalidades marcantes se entrelaçam em suas histórias e resistências. E assim, abre espaço para que o sarau gratuito na praça debata o cenário musical brasileiro e a atuação protagonista das mulheres autoras.

SERVIÇO

“AS BIOGRAFIAS DE CLEMENTINA E CAROLINA, DUAS VOZES ENTRELAÇADAS NA RESISTÊNCIA”, COM SOCORRO LIRA E PENÉLOPE MARTINS.

Quando: 13/04, sexta-feira.
Horário: das 19h às 20h30
Local: Praça (térreo)
Classificação: Livre
Grátis

SESC SANTO AMARO

Horário de funcionamento: Terça a sexta, das 10h às 21h30. Sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30.
Endereço: Rua Amador Bueno, 505
Acessibilidade: universal.
Estacionamento da unidade: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional (Credencial Plena); R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional (outros).
Disponibilidade: 158 vagas para carros e 36 para motos. A unidade possui bicicletário gratuito.

.

Projeto aposta no teatro para conscientizar crianças sobre importância do trânsito seguro

Iniciativa tem apoio da EcoRodovias e levará arte para crianças de quatro estados: Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

.

.

Desde já pedestres e passageiros, mas em poucos anos também motoristas, crianças de 5 a 12 anos estão no foco de um projeto cultural que vai espalhar diversão, cultura e educação por quatro estados: Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O Teatro Móvel – De bem com a Via, que começa em abril e segue até novembro, vai possibilitar aos participantes aprender mais sobre segurança no trânsito enquanto acompanham a mágica do teatro.

A partir do dia 4 de abril, em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo, grupos de crianças vão assistir peças teatrais duas vezes por semana, sempre às quartas-feiras (uma pela manhã e outra à tarde) em uma estrutura especialmente adaptada para recebê-las.

A Cia Estripulias Imagináveis vai apresentar o espetáculo Estripulias no Trânsito. Usando elementos da arte do circo, os personagens Viaduto e Passarela divertem a plateia enquanto mostram a importância da educação ao volante. Depois das apresentações, a criançada poderá ir a uma mini pista e “viver” situações do cotidiano, dirigindo pequenos carros elétricos ou assumindo o papel de agentes de trânsito ou pedestres.

.

.

“Este projeto é de suma importância para o Grupo EcoRodovias, pois busca realizar atividades alinhadas com as proposições da Década de Ação pela Segurança do transito 2011 – 2020. Proporcionamos acesso à educação para o transito com especial atenção aos públicos mais vulneráveis – a saber, crianças, adolescentes e moradores de localidades socialmente vulneráveis e envolvemos escolas e comunidades localizadas no entorno das rodovias administradas”, destaca o assessor de sustentabilidade da EcoRodovias, Artaet Martins. Em nove anos o De Bem com a Via já alcançou 70 mil pessoas.

Além de São Bernardo do Campo, outras dez cidades vão participar do projeto: Cascavel e Foz do Iguaçu, no Paraná; Guarulhos, Cubatão, São Vicente e Itaquaquecetuba, também em São Paulo; Niterói e Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro, e Serra e Linhares, no Espírito Santo. A atração nessas localidades será a companhia Trip Teatro, com a peça “Viajando de Bem com a Via”.

“O teatro pode ser uma ferramenta importante para educar a criançada. Enquanto se divertem e vivem a mágica que é um espetáculo, elas ficam mais abertas a receber e compreender lições de cidadania importantes”, diz o produtor cultural Jefferson Bevilacqua, da Magma Cultura, responsável pelo projeto.

Serviço

Abril:

São Bernardo do Campo nos dias 04, 11, 18 e 25 na Minipista, KM 28 da Rodovia Imigrantes. Sessões as 09h e 13H30

Maio:

São Bernardo do Campo nos dias 02, 09, 16, 23 e 30 na Minipista, KM 28 da Rodovia Imigrantes. Sessões as 09h e 13H30

Cascavel (PR) – 07 a 11/05
Guarulhos (SP) – 14 a 18/05
Niterói (RJ) –  21 a 25/05
Serra (ES) – 28/05 a 01/06

Junho:

São Bernardo do Campo nos dias 06, 13, 20 e 27 na Minipista, KM 28 da Rodovia Imigrantes. Sessões as 09h e 13H30

Cubatão 04 a 08/06

Agosto:

São Bernardo do Campo nos dias 01, 08, 15, 22 e 29 na Minipista, KM 28 da Rodovia Imigrantes. Sessões as 09h e 13H30

Setembro:

São Bernardo do Campo nos dias 05, 12, 19 e 26 na Minipista, KM 28 da Rodovia Imigrantes. Sessões as 09h e 13H30

Foz do Iguaçu (PR) – 03/09 a 07/09
Itaquaquecetuba (SP) – 10 a 14/09
Rio de Janeiro (RJ) – 17 a 21/09
Linhares (SP) – 24 a 28/09

Outubro:

São Bernardo do Campo nos dias 03, 10, 17, 24 e 31 na Minipista, KM 28 da Rodovia Imigrantes. Sessões as 09h e 13H30

São Vicente (SP) – 01 a 05/10

.

Happy Hour do Shopping Aricanduva recebe o melhor do Samba, MPB, POP e Jazz

O Shopping Aricanduva, maior centro de lazer e entretenimento da América Latina, promove a seus frequentadores um repertório excepcional no que diz respeito à música nacional e internacional. Tratam-se das atrações do Happy Hour Aricanduva, que tem início em 12 de abril, com canções que marcaram época, nos estilos: Samba, MPB, POP e Jazz. As apresentações serão realizadas na Praça de Alimentação do Carmo e Alameda Vila Formosa, em horários alternativos.

De segunda a quarta-feira, das 17h às 20h, é possível acompanhar o melhor do da MPB, apenas em voz e violão. O espetáculo homenageia os sucessos dos principais ícones da música brasileira, como Cazuza, Djavan, Caetano Veloso, Zélia Duncan, Ana Carolina, Adriana Calcanhoto, Seu Jorge e Fagner. O ponto de encontro será na Alameda Vila Formosa.

No mesmo local, às quintas-feiras e aos sábados, das 17h às 20h, e aos domingos, das 15h às 18h, o Shopping Aricanduva recebe dois instrumentistas, que tocarão coletâneas clássicas do POP e do Jazz, nacional e internacional. O show contará com pianista que, a cada semana, estará acompanhado de contrabaixista, violinista ou saxofonista, formando a dupla de músicos.

Nas terças-feiras e quintas-feiras, das 19h às 21h, a Praça de Alimentação do Carmo será palco para a apresentação temática de roda de samba, em voz e violão. O músico exibirá repertório inspirado em Zeca Pagodinho, Diogo Nogueira, Martinho da Vila, Arlindo Cruz, Almir Guineto, Cartola, entre outras personalidades do universo do samba.

Programação completa do Happy Hour Aricanduva:

Músico Estilo Dara e Horário Local
Solo – MPB Voz e Violão De segunda-feira a quarta-feira, das 17h às 20h Alameda Vila Formosa
Dueto – POP e Jazz Piano / Sax, Contrabaixo ou Violino De quinta-feira ao sábado, das 17h às 20h Alameda Vila Formosa
Dueto – POP e Jazz Piano / Sax, Contrabaixo ou Violino Aos domingos, das 15h às 18h Alameda Vila Formosa
Roda de Samba Voz e Violão De terça-feira e quinta-feira, das 19h às 21h Praça de Alimentação do Carmo

.

Serviço:

Shopping Aricanduva
Endereço:
Avenida Aricanduva, 5555 Vila Matilde.
Horário de funcionamento: De segunda a sábado, das 10h às 22h. Aos domingos e feriados, o Shopping estará aberto ao público das 10h às 22h. A abertura das lojas será opcional, respeitando a legislação em vigor. As áreas de alimentação e lazer funcionarão das 12h às 22h (opção de abertura a partir das 10h).
Estacionamento Gratuito.

.

Maestros renomados chegam ao palco do Municipal em abril

Os maestros Enrique Arturo Diemecke e Gunter Neuhold se apresentam à frente da Orquestra Sinfônica Municipal.

.

Theatro Municipal de São Paulo. Foto: Florence Zayd

Theatro Municipal de São Paulo. Foto: Florence Zayd

.

A Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo (OSM) recebe dois maestros reconhecidos internacionalmente para os concertos em abril. O mexicano Enrique Arturo Diemecke faz sua primeira apresentação no Brasil como regente convidado OSM, na sexta-feira, 13, às 20h e sábado, 14, às 16h30.

Regente titular e diretor artístico do Teatro Colón de Buenos Aires, na Argentina, o maestro já esteve à frente da Orquestra Sinfônica Nacional de Washington, de San Francisco, da Filarmônica de Los Angeles, de Varsóvia e de Bogotá e da Orquestra Nacional Francesa e a de Paris, entre outras.

No programa, estão Concerto para piano nº 1 em Mi menor op. 11, de Frédéric Chopin, e Sinfonia nº 2 em Ré maior op. 73, de Johannes Brahms. O pianista Alvaro Siviero será solista neste concerto.

Maestros

Arturo Diemecke

Nascido no México, Enrique Arturo Diemecke estudou violino, trompa e regência na Universidade Católica de Washington, nos Estados Unidos. Além de ser o diretor artístico e musical do Teatro Colón e da Filarmônica de Buenos Aires, responde pela direção musical da Sinfônica de Long Beach, na Califórnia, e pela direção artística da Sinfônica de Flint, em Michigan. É convidado frequentemente para reger de orquestras de todo o mundo. Compositor e arranjador, compos Die-Sir-E, Chacón a Chávez e Camino y visión, entre outras.

Gunter Neuhold

Formado no conservatório de Graz, fez cursos avançados de música em Roma e Viena. Depois de ganhar diversos prêmios em festivais, ocupou o cargo de diretor musical do Teatro Regio di Parma. De lá, foi maestro e diretor musical da Real Filarmônica Flamenga, em Antuérpia, na Bélgica, em seguida, da Badisches Staatstheater Karlsruhe, do Theater der Freien Hansestadt Bremen, ambos na Alemanha e da Orquestra Sinfônica de Bilbao. Atualmente, segue uma agenda de convites para reger orquestras por todo o mundo.

Solistas

Alvaro Siviero

Primeiro brasileiro a participar do curso de imersão na obra de Beethoven na Casa Orfeo – Fondazione Wilhelm Kempff na Itália, realizou recital particular para o Papa Bento XVI durante a visita do Pontífice à Aparecida do Norte. Representou o Brasil no Encontro Mundial de Artistas em 2009, no Vaticano, e apresentou-se com a London Festival Orchestra, Virtuosi of Europe, Filarmônica de Praga e Sinfônica de Brasília, entre tantas outras orquestras. Recebeu a Comenda da Ordem do Mérito Cultural Carlos Gomes.

Raiff Dantas

Violoncelista paraibano, estudou com Nelson Campos no Brasil e com Enrico Contini na Itália. Atuou como solista à frente da Orquestra Cayuga Chamber de Nova York, Orquestra do Teatro Nacional de Brasília e Sinfônica de Minas Gerais, entre outras. É o primeiro solista de violoncelo do Theatro Municipal de São Paulo desde 2001. Gravou diversos álbuns, com destaque para Sonatas de Brahms e Franck com o pianista Álvaro Siviero, As Três Primeiras Suítes Para Violoncelo Solo De J.S.Bach e o CD solo Miniaturas Brasileiras.

Serviço:

Sexta-feira, 13/4, 20h. Sábado, 14/4, 16h30
Concerto para piano nº 1 em Mi menor op. 11 | FRÉDÉRIC CHOPIN
Sinfonia nº 2 em Ré maior op. 73 | JOHANNES BRAHMS

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Enrique Arturo Diemecke – regente
Alvaro Siviero – piano

Sexta-feira, 20, 20h. Sábado, 21, 16h30
Sinfonia nº 1 em Dó maior op. 21 | LUDWIG VAN BEETHOVEN
Prelúdio do ato III da ópera “Tiradentes” | ELEAZAR DE CARVALHO
Don Quixote – Variações Fantásticas sobre um Tema de Caráter Cavalheiresco, Op. 35 | RICHARD STRAUSS

Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo
Gunter Neuhold – regente
Raïff Dantas Barreto – violoncelo
Vendas na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site www.theatromunicipal.org.br

Horário da Bilheteria: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h e sábados e domingos, das 10h às 17h.

.

Aproveite a 22ª SP Restaurant Week com as crianças

São Paulo é a segunda cidade com maior número de restaurantes da América Latina e recebe mais uma edição da São Paulo Restaurant Week. E para reunir toda a família para apreciar a boa gastronomia, mas também deixar as crianças à vontade para se divertirem, alguns restaurantes oferecem atrações para os pequenos.

As novidades não param por aí. Neste ano, o maior evento gastronômico de São Paulo e um dos mais importantes da América Latina, traz como tema a gastronomia internacional. Está é a 22ª edição realizada em São Paulo e acontece até o dia 29 de abril. Confira a seleção de casas com entretenimento:

Veríssimo Bar – Aos domingos conta com a recreação da Liga da Aventura

Quintana Bar – Aos domingos conta com a recreação da Liga da Aventura

Bar Botica – Aos domingos conta com a recreação da Liga da Aventura

Fleming´s Prime Steakhouse & Wine Bar – Aos domingos conta com equipe de recreação

QCeviche! – Faria Lima – Lousa gigante para colorir

QCeviche! – Barra Funda – Lousa gigante para colorir

Bananeira – Com playground em madeira ecológica e área de recreação

.

.

America – Alphaville, Bourbon Shopping, Moema, Mooca Plaza Shopping, Morumbi Shopping, Nove de Julho, Park Shopping São Caetano, Pátio Higienópolis, Paulista, Shopping Anália Franco, Shopping Center Norte, Shopping Eldorado, Shopping Jardim Sul e Shopping Villa Lobos

Todas as casas citadas possuem a Fogofinolandia, espaço Kids em homenagem ao Fogofino – dragão mascote da rede America – onde a criançada encontra as seguintes atrações: mercadinho, vendinha, mini-cozinha, pet shop, navio pirata e fazendinha (os temas mudam de acordo com a loja). Além disso, há uma pequena biblioteca com livros adequados ao universo infantil, ipad com joguinhos e videogame para os maiores.

A 22ª edição da SP Restaurant Week manterá a opção de Menu Premium, com restaurantes de chefs renomados para quem quer vivenciar uma experiência gastronômica ainda mais sofisticada, mas também a preços democráticos. Os valores são fixos, para o Menu Tradicional, o almoço é R$ 46,90 e no jantar R$ 58,90. Já para o Menu Premium, que é necessário fazer reserva pelo site do evento, o almoço sai por R$ 68, e para o jantar R$ 89.

Além disso, os consumidores podem fazer o bem doando R$ 1 no valor final da conta e todo dinheiro arrecadado será doado para Fundação Cafu. Outra forma de ajudar é doando as notas fiscais sem CPF para a APAE SP – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, através do aplicativo da Nota Fiscal Paulista. Mais que um evento de gastronomia, a Restaurant Week já se consolidou como evento de transformação na área social.

Serviço:
O que: 22ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: De 30 de março a 29 de abril
Tema: Gastronomia Internacional

Valores:
Menu Week- R$ 46,90 o almoço e R$ 58,90 o jantar

Menu Premium – R$ 68,00 o almoço e R$ 89,00 o jantar – Somente com reserva
Site:
www.restaurantweek.com.br

.

São Caetano do Sul – Grande ABC – São Paulo

Projeto “Receitas da Casa” estimula a troca de receitas entre participantes

O Sesc São Caetano realiza dia 18 de Abril  a partir das 15h30 o projeto “Receitas da Casa”, que consiste no encontro com representantes da comedoria do Sesc, onde compartilham receitas enviadas pelo público, e seguem três eixos:  brasileiro, contemporâneo e saudável. Atividade gratuita e aberta ao público geral.

Neste encontro a receita escolhida foi a ”Torta de Espinafre”, que será preparada pelo representante da cafeteria e degustada pelos participantes, onde recebem a receita para preparar em casa.

Para participar do projeto o interessado deve encaminhar a sua receita para email@scaetano.sescsp.org.br

.

.

SERVIÇO:

Sesc São Caetano

Dias: 18 de Abril, às 15h30
Rua Piauí -554 Santa Paula – São Caetano do Sul
Duração: 40 minutos
Recomendação etária: Livre
Ingressos: Grátis.
Capacidade: 25 pessoas
Telefone para informações: (11) 4223-8800
Para informações sobre outras programações acesse o portal sescsp.org.br
Horário de atendimento/bilheteria do Sesc São Caetano – De segunda a sexta, 9:00 às 21:30, sábados e feriados, das 9:00 às 17:30

.

Belo Horizonte – Minas Gerais

Botecar movimenta BH proporcionando uma verdadeira viagem pelo paladar na Estrada Real

Nessa 5ª edição 38 botecos participam do evento entre os dias 11 a 30 de abril

Criativa e deliciosa, a gastronomia de Minas Gerais é mais do que diversificada. Sua característica em ingredientes, temperos e modo de preparo deriva de sua história, da época em que os tropeiros precisavam de alimentos de fácil transporte e, principalmente, de longa conservação como carne-seca, feijão, angu, farinha de mandioca, torresmo, café entre outros. E foi com uma intensa pesquisa nesses sabores que permeiam o caminho seguido por nossos colonizadores, a Estrada Real, que os 38 bares participantes desta 5ª edição do Botecar, vão oferecer iguarias, que utilizam insumos cem por cento de raiz. Tudo feito com muito carinho e dedicação pelos proprietários dos bares e seus familiares com a promessa de agradar todos os tipos de gostos e , claro, sempre regado a cerveja gelada.

.

.

“Espero para esta 5ª edição que continuemos a encantar o público com tira-gostos criativos e saborosos, frutos da transformação de ingredientes ligados a cultura mineira que é um pilar importante do nosso festival. Nossos bares têm cozinha de raiz, onde o próprio dono e seus familiares estão à frente do negócio, cuidando de cada detalhe desde a preparação do prato a higiene da casa. Tudo para garantir um excelente atendimento”, destaca o idealizador do Botecar, Antônio Lúcio Martins.

O número menor de botecos nessa edição, como enfatiza Martins, foi para atender tanto aos anseios do público quanto dos proprietários dos bares que terão uma concentração maior de clientes durante o festival. O estabelecimento que obtiver a maior nota total será eleito campeão desta 5ª edição. Os preços dos pratos, que podem servir de duas até quatro pessoas, variam entre R$ 26,90 a R$ 36,90.

Novos participantes

Classificados na 2ª edição do Botecar de Verão, cinco bares participam pela primeira vez do festival em 2018: Bar dos Meninos; Bar Du João, Boi Lourdes, Cantim e o Incrível bar e Restaurante. E antes mesmo de começar o festival, os comerciantes já sentem um aumento no movimento gerando grande expectativa para quando o festival iniciar oficialmente.

.

.

Sobre o Botecar

O Botecar foi criado em 2014 com o objetivo de retomar as raízes da cultura tradicional de botecos, gerando um movimento de valorização, desenvolvimento e aprimoramento do segmento em Belo Horizonte. É legitimado pelo fato de ter entre os participantes alguns dos bares mais tradicionais e apreciados da capital.

Na 1ª edição, em 2014, o clima foi de copa do mundo, os pratos tiveram como pano de fundo, a bola e seus astros. Já em 2015 foi valorizada a diversidade cultural mineira, onde cada bar homenageou uma cidade de Minas Gerais com a qual tivesse ligações afetivas ou culturais. Em 2016 o tema foi Mineiridade, passando pela famosa cozinha seca dos tropeiros à suculenta cozinha das fazendas. Em 2017, com Quintais de Minas a ideia foi buscar inspiração na horta, pomar, chiqueiro e galinheiro. E agora em 2018, o tema Estrada Real com toda sua peculiaridade gastronômica oriunda da cozinha dos tropeiros.

.

.

Um pouco da Estrada Real:

A Estrada Real é a maior rota turística do Brasil. São mais de 1.600 quilômetros de extensão, passando por Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. A sua história surge em meados do século 17, quando a Coroa Portuguesa decidiu oficializar os caminhos para o trânsito de ouro e diamantes de Minas Gerais até os portos do Rio de Janeiro. As trilhas que foram delegadas pela realeza ganharam o nome de Estrada Real.

Atualmente a rota é um projeto turístico de grande magnitude que resgata as tradições do percurso valorizando a identidade e as belezas da região. Não faltam delícias culinárias nas 199 cidades da Estrada Real. As comidas típicas de cada região conquistam os viajantes pela barriga, e cada lugar tem a sua especialidade. Aproveite o Botecar 2018 para experimentar cada uma dessas delícias “Reais” em pratos para lá de saborosos.

Confira os bares e seus pratos:

1- A Granel Bar e Restaurante
Endereço: Rua Coração Eucarístico de Jesus, 265, Coração Eucarístico
Prato: Matula do Estradeiro
Manta de linguiça recheada com fubá suado e vinagrete de jiló

2-Adega e Churrasco
Endereço: Rua Maura, 120, Ipiranga
Prato: Fortaleza
Costela de tambaqui com mil folhas de batata e molho de tamarindo com gengibre

3- Agosto Butiquim
Endereço: Rua Esmeralda, 298, Prado
Prato: Vareio de Viajante
Torresmo de joelho defumado e tapioquinha de queijo e ora-pro-nóbis acompanhados de molho de limão-capeta.

4-Amarelim da Prudente
Endereço: Avenida Prudente de Morais, 920, Cidade Jardim
Prato: Carne de Bruaca com Madioca Quase Perfeita
Carne serenada, creme de queijo do Serro, mandioca cozida com cúrmuma, cebola , alho e folhas de louro.

5-Armazém Medeiros
Endereço: Rua Rio de Janeiro, 2221, Lourdes
Prato: Tem Barão e Tem Baroa
Filé mignon empanado, molho ao sugo, purê de batata Baroa, gratinados com muçarela e queijo Canastra.

6-Bar Amarelim do Prado
Endereço: Avenida Francisco Sá, 658, Prado 
Prato: Galinhada Real
Galinhada suculenta e coberta de queijo, prato servido de Diamantina e Paraty.

7-Bar da Cida
Endereço: Rua Numa Nogueira, 287, Floramar
Prato: Ah Mureira
Carne de sereno ao molho com batata rústica.

8-Bar da Lora
Endereço: Mercado Central, loja 115, Centro
Prato: Mix da Lora
Mandioca na manteiga de garrafa, linguiça especial, carne de panela, torresmo crocante e molha da casa.

9-Bar do Júnior
Endereço: Mercado do Cruzeiro, lojas 07/08, Cruzeiro
Prato: Maçã na Serra da Canastra
Maçã de peito cozida, passada na maneira de garrafa, gratinada com lascas de queijo da Canastra, acompanhada de pãozinho francês, molho agridoce da casa, cheiro-verde e tomatinho cereja.

10-Bar do Kaká
Endereço: Avenida Américo Vespúcio, 562, Aparecida
Prato: Banquete Real
Costela de boi gaúcha com batata, fubá, suado com farofa de torresmo, couve frita ao alho e geleia de laranja picante.

11-Bar do Kim
Endereço: Praça Apa, 110, Jardim América 
Prato: Batata real À Moda do Kim
Bolinho de batata (de Ouro Branco) recheado com bacon e queijo acompanhado de contrafilé e abacaxi.

12-Bar do Véio
Endereço: Rua Itaguaí, 406, Caiçara
Prato: Joelho Real
Joelho de porco defumado cozido ao molho ferrugem acompanhado de batatas temperadas com ervas especiais.

13-Bar Estabelecimento
Endereço: Rua Monte Alegre, 160, Serra
Prato: Pelotras Locras
Bolas de carne moída à moda do chef “afogadas” e rico cozido.

14-Bar Temático
Endereço: Rua Perite, 187, Santa Tereza
Prato: Lampião Retornando da Estrada Real
Carne de sol em cubos, bolinho de feijão, polenta a palito, bolinho de macaxeira a recheado com carne de sol/catupiry e geleia de pimenta.

15-Barbazul
Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 216, Funcionários
Prato: Costela na Estrada
Costelinha de porco crocante acompanhada de mandioca na manteiga de garrafa e geleia de pimenta.

16-Bar do Zezé
Endereço: Rua Pinheiros Chagas, 406, Barreiro de Baixo
Prato: Costela Atropelada na Estrada Real
Costela bovina ao molho especial com canjiquinha em pedaços e acompanhada de couve e ovo.

17-Bar dos Meninos
Endereço: Rua Lindolfo Deodoro, 503, Salgado Filho
Prato: Estrada de Minas
Torresmo de barriga assado na brasa com carne de sol acompanhado de mandioca cozida, queijo do serro e molho de alho com limão siciliano.

18-Bar Du João
Endereço: Rua Júlio Diniz, 77, Santa Branca
Prato: Pot-Pourri Real
Copa-lombo ao molho de laranja acompanhado de tartar de banana e farinha de pequi.

19-Barção Moreira
Endereço: Rua Mombaça, 493, São Gabriel
Prato: Filé & Julieta
Filé mignon selado na manteiga com rodelas de cebola e pimentão acompanhado de batatas recheadas com queijo, goiabada picante e pimenta-biquinho.

20-Bartiquim-Bar do Bolinha
Endereço: Rua Perite, 159, Santa Tereza
Prato: Caminhos do Ouro
Lagartinho de panela com tempero especial da casa, polenta de milho verde torresmo de barriga crocante e uma mistura de mostarda com couve.

21-Bazin Bar
Endereço: Rua Ministro Orozimbo Nonato, 1053, Dona Clara
Prato: Realeza
Cambito de porquinho, canjica de milho branco cremosa sobre regu de linguiça caseira com maria-gondó e farofa cítrica com triturado de torresmo.

22- Boi Lourdes
Endereço: Rua Curitiba, 2069, Lourdes 
Prato: Trem do Boi
Barquete com creme de carne-seca e pequi acompanhada de carne-seca e queijo do Serro empanado.

23-Boteco da Carne
Endereço: Rua Alvarenga Peixoto, 551, Lourdes 
Prato: Salto real
Costelinha apertada, chutney de banana-da-terra, farofa de alho e ora-pro-nóbis.

24-Butecão do Leão
Endereço: Rua David Alves do Vale, 25, Dona Clara 
Prato: Rosti da Estrada Real
Batata-inglesa ralada e enformada recheada com ragu de rabada e queijo de Minas, acompanhada de torresmo de toucinho defumado.

25-Buteco do Maranhão
Endereço: Rua Bias Fortes, 541, Lourdes
Prato: Costela Real
Costelinha braseada com ora-pro-nóbis

26- Butiquim Seu Jorge
Endereço: Avenida Fleming, 175, Ouro Preto 
Prato: Vau-Açu
Tortilhas com recheios de carne, pesto de hortelã e vinagre acompanhadas de espetinhos de queijo coalho e geleia de goiabada com pimenta.

27-Cantim
Endereço: Rua Pium-í, 680, Anchieta 
Prato: Frango com Eira e Beira
Linguiça de frango recheada com quiabo de Resende Costa.

28-Cantina da Ana
Endereço: Rua Silviano Brandão, 2109, Horto
Prato: Bolinho Donana
Bolinho de carne moída com molho especial da Ana, finalizado com muçarela, acompanhado de torradinhas crocantes.

29-Casa Velha Bar e Restaurante
Endereço: Rua Além Paraíba, 400, Lagoinha
Prato: Na Trilha do Sabor do Casa Velha
Picanha suína defumada, molho de laranja, farofa de pão e batata rústica.

30- Cervejaria Seu Romão 
Endereço: Rua São Romão, 192, Santo Antônio
Prato: O Queixinho é do Vovô
Filé mignon ao molho de pesto na cachaça acompanhado de muçarela de búfala e pãezinhos.

31-Curin Bar
Endereço: Rua Érico Veríssimo (Rua Astecas), 2.722, Santa Mônica
Prato: Gastrocnêmio Azevedo
Carne segurada e assada de gastrocnêmio bovino e bacon, recheada com queijo tipo canastra e artesanal dos Campos das Vertentes. Espaguete vegetariano com abobrinha d´água e cenoura vermelha. Tomate zangado recheado com farofa Estrada Real. Servido separadamente molho de goiaba picante e molho cerveja agridoce.

32-Família Paulista
Endereço: Avenida Alberto Cintra, 56, União 
Prato: Melzinho na Chupeta
Chupetinha de frango deitada na polenta frita acompanhada de molho de mostarda e mel Santa Bárbara.

33-Geraldim da Cida
Endereço: Rua Contria, 1.459, Grajaú
Prato: Quintal da vovó
Carne de lata, polenta de farinha de milho com queijo e jiló rolê

34-Incrível Bar e Restaurante
Endereço: Rua Ilacir Pereira Lima, 191, Silveira
Prato: Filezinho Real
Filé mignon suíno ao molho de laranja, chips de banana-da-terra e farofa de bacon.

35- Oratório Bar
Endereço: Avenida Brasil, 161, Santa Efigênia 
Prato: Santo do Pau Oco
Ossobuco de boi cozido e desengordurado, temperado com sal grosso e ervas da terra, em cama de angu mole, acompanhado de ora-pro-nóbis refogado na manteiga de leite.

36- Petisqueira do Teté
Endereço: Rua Lourival Gonçalves Oliveira, 96, Palmeiras 
Prato: Casal XX
Feijão-Tropeiro com costelinha marinada no suco de laranja e vinho branco.

37-Santo Boteco
Endereço: Rua Viçosa, 448, São Pedro
Prato: Bochecha Real
Bochecha de porco ao molho de laranja acompanhada de batas baby douradas.

38- Silvio´s Bar
Endereço: Rua Begônia, 199, Esplanada 
Prato: Espadas do Rei
Costelinha crocante com quiabo empanado ao molho gorgonzola.

.

Rio de Janeiro/RJ

FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica traz a exposição “DISRUPTIVA” ao Rio de Janeiro

Mostra recebeu mais de 300 mil visitantes em Brasília e Belo Horizonte, e agora chega ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) da capital fluminense

DISRUPTIVA se destaca pela ruptura no modo tradicional de apreciação das obras, possibilitando comportamentos inéditos ao público – os visitantes podem tocar, balançar, deitar e interagir com as obras.

.

.

A exposição é gratuita e reúne instalações interativas, games e animações internacionais, tudo com classificação indicativa livre;

De 13 de abril a 04 de junho de 2018

Você poderá ter a sensação de estar no núcleo de um furacão, ser embalado a vácuo ou até balançar em um mundo de realidade mista – real e virtual.  Estas são apenas algumas das experiências que o público do Rio de Janeiro vai vivenciar na exposição DISRUPTIVA, iniciativa do FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – que acontece gratuitamente no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), de 13 de abril a 04 de junho de 2018.

Com curadoria de Paula Perissinotto e Ricardo Barreto a exposição reúne mais de 120 obras, de instalações totalmente imersivas a videogames e animações. A curadoria de animações é de Raquel Fukuda. O patrocínio é do Banco do Brasil.

“Essa parceria possibilita que o público do CCBB Rio interaja de uma nova forma com a arte. Estamos na era digital, e poder usar os artefatos que a tecnologia oferece para imergir, literalmente, nas obras de arte, é algo curioso e inovador”, comenta Marcelo Fernandes, Gerente Geral do CCBB.”

As obras transportam o público para um mundo inédito de novas percepções: Nemo Observatorium, de Lawrence Malstaf (Bélgica), convida o visitante para experimentar a sensação de estar no centro de um furacão. Em um grande cilindro transparente, o participante toma assento em uma cadeira e comanda, por meio de um botão, o sistema do furacão simulado. É uma experiência única para quem está dentro do cilindro, e um espetáculo para quem assiste de fora. Physical Mind, de Teun Vonk (Holanda), convida o visitante a deitar-se entre dois objetos infláveis, que os erguem do chão e os pressionam suavemente, sugerindo a vivência do estado de stress e de alívio.

SERVIÇO

FILE – FESTIVAL INTERNACIONAL DE LINGUAGEM ELETRÔNICA
DISRUPTIVA – A arte eletrônica na época disruptiva
Abertura: 13 de abril de 2018

Período da exposição: de 13 de abril a 04 de junho de 2018
Entrada gratuita

CCBB Rio de Janeiro
Rua Primeiro de Março, 66 Centro
Quarta-feira a segunda-feira, das 9h às 21h
Informações: www.bb.com.br/cultura
CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA
Livre

.

O Cluster abre a temporada de 2018 no Rio de Janeiro

Considerado um dos grandes fomentadores dos novos talentos da economia criativa, O Cluster repete a dobradinha do fim de semana na Casa França Brasil

O Cluster inicia o calendário 2018 no fim de semana dos dias 14 e 15 de abril, na Casa França Brasil. A plataforma criativa mais carioca da cidade optou pela dobradinha do fim de semana para repetir o sucesso da sua última edição, que aconteceu em novembro de 2017.

Além dos expositores de moda, gastronomia, design e artes, O Cluster vem investindo numa programação cultural e artística de qualidade privilegiando novos integrantes da cena artística que precisam de espaços para desenvolver e divulgar os seus trabalhos. O projeto visa oferecer ao público diversas opções de lazer, compras e entretenimento, atendendo todas as idades e gostos.

.

.

Na edição de abril, será exibida a Mostra Cine O Cluster, no sábado, dia 14, a partir das 15h, na qual serão projetados os curtas de animação selecionados pela equipe de curadoria. 

Já no domingo, dia 15, a partir das 15h, O Cluster abre as portas da casa para as bandas concorrentes da 2ª edição do Prêmio Espíritu Libre Novos Sons. O concurso promove shows de 20 minutos de 5 bandas pré-selecionadas e o júri popular escolhe 2 finalistas, que disputam o prêmio no valor de R$1.200,00 para começar um financiamento coletivo com a Embolacha – com as duas outras finalistas do evento que ocorre em junho. Além dos shows, o evento de sábado também conta com a participação dos DJ’s da Psidra Crew (Dj’s Ícaro, Amaral e Tee Cardaci).  As bandas selecionadas foram: a banda de rock moderno, Barba Ruiva; Carmen, com um som Indie rock e alternativo; Dr. Vodu, que sobe aos palco levando Rock clássico, Blues e Pop Rock, Guaporés e o dueto Alex Meirelles & Chico Costa.   

Para encerrar o fim de semana, o  Psydra Crew (Icaro Dos SantosEl Amaral e Tee Cardaci) comandará as carrapetas no sábado e os DJ’s  Nado Leal e Andrei Yurievitch serão os responsáveis pela programação musical no domingo, além dos expositores de moda, gastronomia, design, cerâmica e infantil.

.

.

“Para a Embolacha é um grande prazer participar novamente desse concurso do Cluster, e fazer a ideia da banda vencedora acontecer, juntando o prêmio à participação dos fãs e expandindo as possibilidades. Vida longa ao Prêmio!”, celebra Melvin, sócio do Embolacha.

“Depois de 5 anos de evento estamos investindo cada vez mais na nossa programação. entender quais são os novos movimentos criativos que estão acontecendo na cidade e integrar ao evento é uma das coisas mais importante para nós. Nesse vamos ter a segunda edição do Prêmio Espíritu Libre Novos Sons em todas as edições, pois o sucesso ano passado foi tanto que resolvemos ampliar e, junto com ele, teremos também uma mostra de filmes de animação devido à receptividade que tivemos na nossa mostra no ano passado. Ou seja, estamos investindo em coisas que foram sucesso, porém trazendo muitas novidades como sempre fazemos”, ressalta Carolina Herszenhut, idealizadora e curadora d’ O Cluster.

Expositores: 

Moda e Design: 
Fécula • Holly • Anouk bags • quaint • Benedito • Hype Brasil •Cromo.somos • Mura Vintage Store • Eloísa Fróes • Entre Nós • Daniela Esrubilsky • Criando Com As Mãos • Gaia Ateliê da Natureza • Casa Rose •Mulheres do Sul Global • Talismaan Jóias • Zé Dassilva • Maklan 

.

.

Ilustrações e publicações: 
Lu Fortes • Caroline Sawyer Design • Juliana Minelli • Ilustração • mafuá •Fotolab Linaibah • Matheus Hofsttater • Julia Luz Saldanha • La Negra de Goya • Helena Schmidt • Bendita Gambiarra • Ori Fine Art • Luisaqrz •Nouvelle Fanzine • Hildebranda • Casa 27 • Revista Beleléu • Coticoá • Lari Arantes 

Gastronomia: 
Suco Que Beleza • Mawon • Chef Xande • Tutto Nhoque • VerDelícia • Chá Dao • Gelados da Tribo • Sítio Lumi • Crêpe Bon Profit • Risolto 

.

.

Infantil:

Escafandro de Pano * Magoo Brinquedos

Mais sobre O Cluster

O escritório do O Cluster conta com 12 funcionários, em sua maioria mulheres. A equipe atua nas áreas de Comunicação, Marketing, Cenografia e Produção.  Num dia de evento, trabalha com 70 funcionários, só na cidade do Rio de Janeiro.

Ao longo dos cinco anos, O Cluster passou por diversos endereços da zona sul à zona norte da cidade do Rio de Janeiro, como a Casa da Glória, a reabertura da Casa da Marquesa de Santos- futuro museu da moda brasileira, em São Cristóvão, bairro reconhecido como o corredor dos produtores da moda carioca. Atualmente, O Cluster realiza as edições na Casa França Brasil, no centro do Rio, além de promover curadorias de vários eventos, como a ocupação criativa INTEGRA que aconteceu de agosto a novembro de 2017, na Barra da Tijuca.  Em Belo Horizonte, O Cluster acontece desde o ano passado na Casa Bernardi e, em Recife, o evento ocorre no Espinheiro.

.

.

Além de todos os colaboradores, marcas, Chef’s, DJ’s e equipe, O Cluster faz parcerias com a Boca do Trombone, a Secretaria de Estado de Cultura.

E para fechar: separe seu lixo. O Cluster faz compostagem e reciclagem de garrafas em parceria com a cooperativa de Gramacho.

​Serviço: O Cluster

Casa França Brasil: Rua Visconde de Itaboraí, 78 – Centro, Rio de Janeiro.
Dias 14 e 15 de abril, sábado e domingo, das 13h às 21h
Classificação livre.
Entrada gratuita.
Informações: www.ocluster.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/events/231524914084112/

.

.

Cinemão promove intervenção de cinema em bairros populares do Rio de Janeiro

Mostra Cinemão Z.O. encerra temporada nesse fim de semana em Urucânia e Paciência

Pensando numa maneira de ocupar bairros populares com cinema, o Cinemão resolveu realizar pela primeira vez, duas mostras simultâneas que acontecerão nos meses de março e abril na cidade – Mostra Cinemão Z.O e Mostra Cinemão Infantil.

Mostra Cinemão Z.O. acontece até o fim de abril exclusivamente na Zona Oeste do Rio de Janeiro. E pela primeira vez o Cinemão promove uma “Curadoria Interativa”, onde os moradores escolherão os filmes que desejam assistir dentro da cartela de filmes que serão disponibilizados. Os moradores da Zona Oeste terão a oportunidade de assistir no fim de semana filmes premiados de animação, documentário e ficção, que serão exibidos em praça pública num super telão inflável. A cartela de filmes conta com 80 títulos de longa metragem ( disponibilizados pela Ancine) e, inclusive, com o longa metragem que acaba de entrar em cartaz nos cinemas – “Híbridos: Os Espíritos do Brasil”, de Vicent Moon e Priscila, curtas infantis, como  “Meu amigo Nietzsche”,  “O balãozinho Azul”, de Faustón Silva, entre outros fazem parte da cartela.

.

.

Para o mês de abril, a mostra acontece no dia 14, em  Urucânia e termina no dia 15, em Paciência.

“Os bairros populares precisam de intervenção de saúde, educação , saneamento, transporte, segurança e também de cultura. Ocupar espaços públicos e populares com o cinema é, em si, um grandioso ato da indústria audiovisual. O cinema vai encontrar com uma parcela da população que mais sofre nesta cidade”, afirma Cid César Augusto, produtor e exibidor (Cinemão).

A Mostra Cinemão Z.O. tem patrocínio da RioFilme e Secretaria Municipal de Cultura.

Sobre o Cinemão

O Cinemão é uma rede exibidora popular. É uma sala de cinema móvel. Trata-se de uma carro aparelhado para exibição de filmes, equipado com projetor de alta performance, super telão inflável, sistema de som, cadeiras e pipoqueira.

Este projeto está em atividade desde 2010 e protagoniza o maior número de intervenções cinematográficas em espaços públicos no Rio de Janeiro.

O objetivo principal é democratizar e promover o cinema brasileiro de forma prática, gratuita e eficiente. O projeto exibe uma produção nacional (curtas e longas de todos os gêneros) de forma democrática e acessível, atendendo a toda e qualquer população. Também faz parte deste projeto a realização de oficinas de audiovisual para crianças e adolescentes.

A partir de acordos com distribuidores nacionais, o Cinemão funciona como uma importante janela para democratização do cinema brasileiro.

Também realiza oficinas de audiovisual e usa tecnologia própria por meio do Aplicativo “Cinemão” para o estímulo de construção de narrativas populares.

Com o intuito de difundir ainda mais as realizações propostas e atuar no processo de formação de plateias para o cinema nacional, tanto a exibição dos filmes e as oficinas possuem entrada franca em todas as suas atividades.

A  Mostra Cinemão Infantil  tem patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e LIQ, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS. Apoio da Epson. Apoio Institucional da Unic-Rio e RioFilme.

ServiçosMostra Cinemão Z.O.
Campo da Rua Quinze. Urucânia.
Dia 14/4, sábado, às 19h

Praça do Ponto Chic. Paciência.
Dia 15/4, domingo, às 19h

Entrada gratuita.
Classificação livre.

.

.

.

Anúncios