6 dicas de como reservar (bem) um hotel pela internet

Escolher um hotel ou qualquer outro meio de hospedagem pela internet é um desafio que pode tomar muito tempo e, se não for bem feito, pode gerar dores de cabeça ao viajante, como chegar no estabelecimento e concluir que comprou “gato por lebre”. Algumas dicas podem ajudar você a otimizar seu tempo e chegar a uma definição do melhor canal de compra e meio de hospedagem:

.

Não caia em cilada.

Não caia em cilada.

.

Dica 1 – Conheça a localização do hotel

Com o destino da sua viagem já definido, escolha os hotéis que você tem interesse em conhecer e pesquise sobre a localização, vizinhança e arredores para confirmar a segurança. Tenha em mente que hotéis localizados próximos ao aeroporto (muitas vezes mais práticos e mais baratos), podem ser afastados da região central das cidades. Com isso, é importante verificar se o acesso ao transporte público é fácil e está próximo aos seus pontos de interesse.

Dica 2 – Pesquise comentários e avaliações de outros hóspedes

Existem inúmeros canais de compras ou páginas que permitem que hóspedes relatem suas experiências em determinado hotel por meio de comentários e avaliações. Sites como TripAdvisor, Trivago, Google Reviews, Booking, Expedia e Decolar são ótimos meios para saber um pouco mais sobre o destino. Para facilitar, ordene a leitura por avaliações mais recentes (que ajudarão você a saber se o hotel passa por reformas, possíveis problemas ou mudanças estruturais). Filtros de busca também ajudam a classificar os hotéis por categoria, preço e serviços oferecidos (internet gratuita, café da manhã incluso, área de lazer com piscina ou até se é pet friendly).

.

A gente já esteve em alguns hotéis bem bonitos!

.

Dica 3 – Confirme o tipo de acomodação

Individual ou compartilhado? Dependendo do meio de hospedagem ou tipo do canal de compra, é possível encontrar quartos compartilhados, que pode ser uma maneira de economizar. Albergues, pousadas ou até mesmo AirBnB são alguns dos meios que permitem esse tipo de reserva. Mas tenha em mente que, nesses casos, você poderá dividir o quarto com desconhecidos. Se quiser privacidade, tenha certeza que está contratando um apartamento privativo. O tipo de cama também deve ser observado, já que esse cuidado evita frustração. Confirme se o apartamento que você está reservando tem uma, duas ou mais camas. Isso é extremamente importante, pois o hotel irá honrar a categoria e tipo de cama contratada. Caso o hotel esteja lotado, não será possível fazer alterações.

Dica 4 – Confira a tarifa contratada

Na maioria das vezes, os canais on-line de reservas oferecem mais de um tipo de tarifa, que possuem diferentes regras de cancelamento. Observe antecipadamente se as tarifas são reembolsáveis, evitando, assim, dores de cabeça em caso de problemas com a viagem. Algumas tarifas dão a opção de efetuar o pagamento no momento do check-in do hotel, outras devem ser pagas no ato da reserva. Em alguns destinos, o café da manhã poderá estar incluso na tarifa, em outros casos não. Certifique-se de todos esses detalhes, leia o que está incluso e o que pode ser feito com o tipo de tarifa que você está contratando.

.

.

Dica 5 – Busque pelo menor preço

Pesquise em todos os canais possíveis: buscadores, agências de viagens ou até mesmo no próprio site do hotel. Observe se no valor final já está incluso o valor com taxas e impostos locais. Confirme se existem promoções ou códigos de descontos que podem ser aplicados no ato da reserva. Para facilitar, você pode se cadastrar em newsletters de hotéis para receber em primeira mão as promoções. E mais: alguns hotéis dispõem de programas de fidelidade ou parcerias de acúmulo de pontos e/ou milhas que, além de concederem pontos durante a hospedagem, entregam benefícios de acordo com o status (nível de associação) dos hóspedes. Grande parte desses programas são gratuitos e não tem prazo de validade. Mas vale se atentar às regras de pontuação. Alguns programas ou parcerias permitem acumular pontos de acordo com algum canal de reserva, sendo a lógica mais utilizada a de incentivar o membro a reservar diretamente com o próprio hotel.

Dica 6 – Viva a experiência

Já no hotel, viva a experiência do local e usufrua o máximo que puder da escolha que fez.

Depois da hospedagem, não deixe de registrar seu depoimento on-line. Procure ser específico e detalhar cada serviço utilizado. Isso irá ajudar futuros viajantes a decidirem onde ficarão hospedados, além de incentivar os hotéis a continuarem oferecendo bons serviços.

.

.

* Lucas Raganhan é Gerente Corporativo de Relacionamento com o Cliente na  Rede de Hotéis Deville

.

.

.

Anúncios