São Roque e as Vinícolas depois do Almoço

Vinho faz bem ao coração. Especialmente dos solteiros. E nesta viagem pelas vinícolas de São Roque, foi fácil ver o quanto faz bem ao coração sair um pouco em uma viagem em um grupo. Novas amizades são formadas, as pessoas se descobrem e a vida segue mais alegre. E isso é bem mais que o efeito do vinho.

.

Foto de depois do almoço. Ninguém de cara triste.

Foto de depois do almoço. Ninguém de cara triste.

.

Nossa rota de viagens continua pela cidade de São Roque e o que a gente fez foi dar a paradinha para almoçar. Afinal, depois de tanto vinho, a gente precisa colocar alguma coisa no estômago ou a viagem vira um soninho na terceira parada e a motorista is rodar sozinha com o povo todo roncando. E isso seria um crime, ainda mais com o sol começando a sair com vontade depois de uma manhã inteira escondido. E você sabe, domingo sem sol é igual domingo sem futebol. Precisa ter!

.

.

A foto de grupo é uma parada no meio da estrada, quase na saída da cidade, já indo para a região periférica. O nome periferia lembra o lado ruim das cidades grandes, mas em cidades menores e charmosinhas como São Roque, a periferia é a parte da cidade que não tem quase carro, nada de businas, nenhum bobalhão tocando som alto de dentro de um carro rebaixado. Ao invés disso, tem fazendas, pássaros cantando, árvores, ar puro, e no caso de São Roque, tem vinícolas até uma destilaria e cervejaria, como é o caso da Destilaria Stoliskoff.

.

.

Destilaria Stoliskoff

.

.

Quem gosta de um golinho de vinho sabe que é bom não misturar. Mas claro que de vez em quando a gente quebra essa regra e mistura o vinho com a vodka, com o uísque, com soda, com gelo, com batidas e caipirinhas e entorna.

.

.

Foi mais ou menos isso na Destilaria Stoliskoff de São Roque. Além da vodka, que o nome já lembra, tem também uma série de bebidas diferentes e alguns acompanhamentos. Mas como bom bebedor de cerveja que sou, notei o bar na entrada e fui experimentar a cervejinha da casa. Uma pilsen elegante, bem pronunciada, mais forte que as cervejas de marcas grandes e com mais sabor. Super cai bem depois do almoço. E como o sol foi se mostrando cada vez mais, uma cerveja gelada fazia todo o sentido!

.

.

Foi uma diversão ver a quantidade de rótulos diferentes de bebidas, cores, garrafas de tamanhos e formatos variados do show room, ver o povo comprando petiscos e doces e ainda visitar o bar da destilaria para ver os enormes tanques de cervejas e destilados. A fábrica é pequena, mas o ambiente é muito agradável. Ficamos um bom tempo por lá conversando e descobrindo novidades sobre os colegas de viagem.

.

.

E como haviam crianças no passeio, gente de todas as idades, casais e solteiros, logo as crianças, que não queriam saber de bebidas, saíram para brincar. E os adultos, começaram as rodinhas de conversa. Novas amizades começam aí. E vi até uma garota que já estava engatando uma conversa mais animada e pronta para ver as maravilhas que o vinho faz ao coração dos solteiros. Às vezes a sorte precisa de um empurrãozinho. Quem sabe se você sair de casa, melhora suas chances de conhecer alguém legal?

.

.

Foi na Destilaria Stoliskoff que o Batman apareceu no fundo do ônibus de viagem. Parecia combinado, mas não foi, tinha uma mulher gato também. Claro que os dois se estranharam. E deu briga. Que virou fotos e mais fotos, e torcida animada. E tudo era festa. Será que uma foto dessas vira meme?

Volta todo mundo para o ônibus. Ninguém fica para trás. Ainda tem muitos lugares para conhecer.

.

.

Próxima parada, Vinhos XV de Novembro

.

.

O caminho por São Roque é o Roteiro do Vinho. E claro que a gente tem que voltar a falar de vinhos, experimentar vinhos, visitar vinícolas e ver coisas envolvendo uvas, vinhos, parreiras e todos os temas relacionados. E nossa próxima parada foi a vinícola Vinhos XV de Novembro. E chega a Hirlei com a turma da Mix Aventuras em 3 ônibus lotados de gente feliz. Vamos lá ver a vinícola.

.

.

Claro que cada vinícola tem que ter um jeitinho especial. Cada uma precisa de umas cores, uns sabores, um jeito diferente de fazer o vinho, com algum segredo caseiro. Na Vinhos XV de Novembro, o forte, além dos vinhos são os licores. 

.

.

A decoração também é um ponto importante de cada vinícola. E esta tinha muitos barris à mostra. E algumas boas peças de decoração, como esta miniatura de canhão antigo. Que parece mesmo que funciona e talvez seja melhor manter distância, ou ao menos não fica na frente dele. Vai que está carregado.

.

.

E claro, o povo se encantou com o meio barril do lado de fora da vinícola. 

Este barril cortado ao meio foi a festa de muito fã do Chaves. E teve um monte de gente se escondendo dentro do barril. Ou entrando só pra fazer uma boa foto. E as fotos ficaram boas. Tudo bem querer fazer pose. Mas este barril era pra amassar uvas para fazer o vinho. Pisando e pisando por horas toneladas de uvas para fazer os vinhos de antigamente. Claro que hoje só quem faz isso é quem produz por festa, por passatempo, ou para fazer estoque pessoal de vinho. As empresas, grandes ou pequenas, fazem vinho usando tecnologia de ponta, como vimos em outras visitas, como nas vinícolas do Sul do Brasil.

.

.

Como é o sol que marca o dia, dá pra dizer que, se o sol acabou de aparecer no céu, o dia ainda está apenas começando. E a gente ainda vai ter mais vinícolas para conhecer, mas isso fica para o próximo post. Hoje a gente vai subir no ônibus e pegar a estrada para a próxima parada. Vem com a gente que ainda tem mais viagem pela frente!

.

Parece que o pessoal está gostando do passeio.

Parece que o pessoal está gostando do passeio.

.


Dicas de Viagem:

Nossa primeira parada depois do almoço foi a Destilaria Stoliskoff. Veja o site aqui – www.stoliskoff.com.br/

O dia frio aos poucos deu lugar ao sol, que foi aparecendo preguiçoso já depois do meio-dia. Nessa hora, já estávamos na Vinhos XV de Novembro – www.vinhosxvdenovembro.com.br/

A Hirlei fugiu um pouco do Roteiro do Vinho ao seguir caminho por São Roque. Quem se perdeu, é só se encontrar por aqui – http://www.roteirodovinho.com.br/

E claro, só procurar a Hirlei Gonçalves e a Mix Aventuras para fazer a mesma viagem – https://www.facebook.com/mixaventuras/

.

.

.

Anúncios