Universidade com Grafite e intercâmbio. Hoje é dia de aprender.

Confira as melhores maneiras de aproveitar intercâmbio de estudo e trabalho. Especialista da CI dá dicas importantes para quem quer encarar essa vivência no exterior. E se o tema é estudos, veja o novo painel de grafite que a Universidade São Judas colocou em sua fachada.

.

.

Mudar para outro país para trabalhar e estudar é uma escolha popular em muitas partes do mundo. De acordo com a companhia Finaccord, se estima um número de 66.2 milhões de pessoas trabalhando longe de seus destinos de origem em 2017, e isso deve aumentar nos próximos anos. O interesse dos brasileiros por trabalho no exterior também cresceu. Na CI Intercâmbio e Viagem o programa trabalhar e estudar teve um crescimento de 150%.

Como é um programa que oferece a possibilidade de ao mesmo tempo em que aprende-se uma nova língua contar com um dinheirinho extra entrando na conta, acaba sendo uma opção mais acessível. Além disso, favorece a troca de experiências culturais e, em certos casos, é possível melhorar o networking em uma carreira específica ou até mesmo repensar a escolhida.

.

.

Por isso, a especialista da CI, Jéssica Carvalho, listou QUATRO dicas para aproveitar ao máximo a experiência de trabalhar e estudar fora do país:

PESQUISAR OS DESTINOS

Antes de tudo, é indispensável saber em quais países é possível tirar o visto que permite trabalhar com o de estudar e, desses, qual se encaixa melhor em seus objetivos, valores e até mesmo quais os programas oferecidos. “Nos Estados Unidos, por exemplo, mulheres entre 18 e 26 anos podem trabalhar como Au Pair, ganhando, além de uma ajuda de custo mensal, casa, alimentação e uma bolsa de estudos no valor de USD 500. Já na Austrália e Nova Zelândia o intercambista deve seguir o ensino progressivo, podendo iniciar em um curso de inglês e depois especializar-se em um profissionalizante. Isso dá a oportunidade de permanecer no destino, criando vínculos empregatícios e investindo em seu currículo”, comenta.

.

.

ABRIR-SE ÀS OPORTUNIDADES

Ao encarar a experiência de trabalhar em outro país, é importante estar disposto a aceitar os diversos trabalhos que possam aparecer, o objetivo principal do programa continua sendo o estudo. “A experiência é válida justamente pelo contato com outras pessoas e com o idioma em situações do dia a dia, por isso aproveite para colocar em prática tudo que aprendeu na sala de aula”, completa Jéssica.

.

.

NETWORKING

De acordo com a EY, uma das maiores empresas de serviços profissionais do mundo, 41% dos profissionais gostariam de aumentar sua rede de contatos, mas acham que não tem tempo suficiente para fazer isso. No intercâmbio o estudante encontrará o momento ideal para expandir seus contatos.

Esse contato com os colegas nativos ou estrangeiros, além de ser uma chance de aperfeiçoar o idioma, é uma grande oportunidade de criar um networking, ou seja, uma rede de contatos profissionais para futuros projetos, no próprio país ou até mesmo no Brasil. “Alguns de nossos clientes encontram oportunidades de trabalho em áreas muito próximas àquelas que eles atuam aqui no Brasil. Manter contato com profissionais de outros países, enriquece sua lista de contatos e seu repertório também”, explica.

.

.

APRENDA COM UMA NOVA CULTURA

Estudar um idioma em outro país já é uma ótima conquista para o currículo, mas fazer parte do dia a dia de uma empresa no exterior pode dar uma verdadeira alavancada para quem busca o sucesso profissional e crescimento pessoal. “Essa é a oportunidade de começar a pensar fora da caixa, de expandir sua perspectiva global. Experimente novos costumes e aprenda com as diferenças culturais, estudar no exterior vai te dar uma nova visão, não apenas em disciplinas acadêmicas e profissionais, mas também no modo de vida”, comenta Jéssica Carvalho, especialista da CI.

Voltada para o público que busca aliar trabalho e estudo no exterior, melhorando, assim, o seu currículo, a CI realizará a Feira Trabalhar e Estudar no dia 18 de agosto, em São Paulo. Com palestras e parceiros para atender os interessados, esse será um bom momento para tirar dúvidas e descobrir qual o melhor destino para o seu perfil.

.

.

Uma experiência internacional pode significar uma alavancada rápida na carreira. “Em um mercado de trabalho competitivo, as habilidades adquiridas com o trabalho no exterior são um diferencial que farão do intercambista não só o candidato ideal para a vaga, mas a escolha preferida das empresas”, completa.

SERVIÇO

DIA: 18 de agosto de 2018
LOCAL: NOVOTEL SÃO PAULO CONVENTIONS – Rua Martins Fontes, 71 – Centro (a 450m do metrô Anhangabaú)
HORÁRIO: das 12h às 19h

São Judas inaugura painel de grafite em nova unidade para celebrar diversidade  

Com 30 metros de altura, a obra criada pelo artista Adriano Franchini celebra a diversidade característica do bairro do Jabaquara

A Universidade São Judas inaugura no dia 30 de julho o painel Diver-cidade, criado pelo artista visual matogrossense Adriano Franchini. Grafitado no lado externo do prédio da unidade da São Judas no Jabaquara, o painel homenageia esse bairro da zona sul de São Paulo conhecido por abrigar comunidades de origens diversas, como japonesa, africana e latino-americana. Esta é a primeira de uma série de ações comunitárias da São Judas na nova unidade, que a partir do ano que vem também irá oferecer ao público atendimento gratuito em áreas como psicologia e assessoria jurídica.  

.

.

O painel levou cerca de 40 dias para ser realizado, contou com a participação de 20 profissionais e o uso de 120 latas de spray. Com 30 metros de altura e nove de largura, a obra traz os rostos de 9 pessoas de etnias e culturas diferentes convivendo em harmonia, numa mensagem que se estende à técnica utilizada na pintura. “Uma característica comum dos grafites é ter contornos bem definidos, de forma que o desenho marque seu espaço e não reaja com outros grafites. Como os desenhos representam a diversidade e integração entre a comunidade, optei por tirar os contornos deste painel, permitindo que os rostos interajam sem barreiras”, explica o autor.

.

.

Com cores fortes e traços expressivos, a obra já começou a mexer com a rotina de quem passa pelo local. Muitos moradores e visitantes que passam pelo local têm parado para admirar e tirar fotos em frente ao painel. “A diversidade é um tema fundamental na educação e nada melhor do que dialogar sobre isso por meio da arte, da cultura, presenteando não somente o aluno da São Judas, mas também os moradores do bairro”, afirma Milena Rodrigues Soares, diretora da Unidade Jabaquara e professora do curso de Medicina Veterinária. Além do Jabaquara, as novas unidades da São Judas na Paulista e no Santo Amaro também vão receber painéis criados por Adriano. A previsão é que as obras sejam inauguradas até outubro.     

.

.

Sobre Adriano Franchini

O artista visual Adriano Franchini nasceu em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e há 10 anos vive e trabalha em São Paulo. Formado em Arquitetura e Urbanismo, trabalha com diversas mídias, como desenho, pintura, escultura, fotografia e animações. Suas principais exposições foram: “Coletivo LAVA!” – Residência Fonte (durante os eventos “Gallery Night“ e “Circuito de Ateliês Abertos“ o ciais da SP-Arte), São Paulo – SP, 2018; “Chiado”, Qualcasa – Projeto Mesmo Lugar, São Paulo – SP, 2017; “Coletivo Paralelo”, Arte Formatto, São Paulo – SP, 2017; “Do lado de fora da rua”, Le Basquiat, São Paulo – SP, 2015; “Ocupação Visível”, Casa Amarela, São Paulo – SP.

.

Sobre a São Judas

Fundada em 1971, a Universidade São Judas é reconhecida pelo MEC como uma das três melhores universidades privadas do estado de São Paulo, com nota 4 de 5 no IGC (Índice Geral de Cursos). Com 47 anos de história, a instituição conta com quase 33 mil alunos, cerca de 700 professores e seis unidades com mais de 150 laboratórios, clínicas e centros usados por alunos e comunidade. A São Judas oferece 60 cursos, incluindo graduação, especialização, MBA, mestrado e doutorado. Parte da Ânima Educação, um dos principais grupos privados de educação do país, a universidade combina tradição e inovação, com o uso de novas metodologias educacionais, laboratórios de aprendizagem integrada e programas de desenvolvimento de competências socioemocionais.  

.


Dicas de Vagem:

Quer saber mais sobre Adriano Franchini? Olha aqui o instagram – https://www.instagram.com/adrianomfranchini/

 

.

.

Anúncios