12ª Primavera de Museus

Projeto Colhendo Memórias traz programação especial para celebrar a 12ª Primavera de Museus. Realizado no Museu da Cana de Pontal (SP), projeto lançará vídeo no dia 14 e fará apresentação aberta ao público no dia 19.

.
.

A 12ª edição da Primavera dos Museus, evento organizado pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), acontece na próxima semana e o Projeto Colhendo Memórias, do Museu da Cana de Pontal (SP), montou uma programação especial para celebrar a ação, que neste ano tem como tema “Celebrando a Educação em Museus”.

Para iniciar as atividades, na sexta-feira, dia 14, às 19h, será lançado o vídeo “A Cultura nas Terras da Cana”, em um evento que reunirá os participantes do projeto e os moradores da antiga colônia do Engenho Central. O vídeo é um documentário sobre a cultura manifesta no entorno do Museu da Cana, protagonizada pelos trabalhadores rurais do setor sucroenergético. “Nas diversas rodas de conversas com os moradores da colônia, identificamos que falar das festas, folguedos e brincadeiras realizadas no local traz em si uma grande característica afetiva. Desta maneira, definimos como tema do vídeo preservar e difundir os saberes deste indivíduos, afim de legitimá-los como sujeitos históricos”, explica a produtora executiva do projeto, Maria do Carmo Silva Esteves.

.

.

As atividades em celebração à 12ª Primavera dos Museus continuam na quarta-feira, dia 19, às 13h30, quando será realizada uma apresentação aberta ao público com teatro, música, roda de cantoria e confecção de estandartes. Na ocasião, os participantes terão a oportunidade de vivenciar um dia do projeto assim como as crianças de escolas públicas de Pontal, que todas às quartas-feiras têm contato direto com a cultura caipira por meio da visita ao Museu da Cana, propiciada pelo Colhendo Memórias.

“O tema da Primavera de Museus deste ano tem tudo a ver com o trabalho desenvolvido pelo projeto, que busca unir cultura e educação em uma experiência que seja um esforço sinérgico para preservação do patrimônio imaterial manifestado no entorno do Museu”, afirma Maria do Carmo.

O Museu da Cana fica na Fazenda Engenho Central, Casa 1, Zona Rural de Pontal. Telefone: (16) 3497-5008.

.

.

Projeto Colhendo Memórias – Lançado no dia 22 de agosto, o projeto é realizado em parceria entre Comunica Relações Públicas e Museu da Cana, por meio do ProAC ICMS, patrocínio da Biosev, e apoio institucional da Prefeitura de Pontal e tem como objetivo preservar o patrimônio imaterial manifesto no Engenho Central e difundir a história do trabalhador rural evidenciando seu protagonismo na cadeia do setor sucroenergético. Todas as quartas-feiras, crianças do 4º ano do Ensino Fundamental de escolas públicas de Pontal participam de uma visita ao Museu da Cana, onde têm a oportunidade de um contato mais próximo com a cultura caipira por meio de teatro, música, roda de cantoria e confecção de estandartes. As visitas são precedidas de ações educativas em sala de aula, quando os alunos são apresentados à história do cultivo da cana-de-açúcar. Também são nas aulas que as crianças conhecem mais sobre as festas e celebrações, como a da Companhia dos Santos Reis, que se mantêm vivas até hoje no entorno do Engenho Central.

Primavera dos Museus – Com o tema “Celebrando a Educação em Museus”, a temporada de eventos propõe uma reflexão sobre uma das principais funções do museu: educar e contribuir no despertar de interesse para diferentes áreas do conhecimento, a vida em sociedade, a importância das memórias e o valor do patrimônio cultural musealizado. Neste ano, a Primavera dos Museus acontecerá de 17 a 23 de setembro e contará com a participação de 900 instituições, somando mais de 2787 eventos programados.

.

.

Centro Cultural Banco do Brasil comemora Primavera de Museus em setembro

Nos dias 22 e 23, crianças e adultos são convidados a pensar São Paulo como um espaço presente no imaginário público.

No mês de comemoração da Primavera de Museus, temporada cultural coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), o Programa CCBB Educativo – Arte e Educação do Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo celebra as práticas e os avanços da educação em museus com uma programação especial.

Em 17 de setembro, a professora do Departamento de Museologia da Universidade Federal de Goiás e coordenadora pedagógica do Programa CCBB Educativo, Gleyce Kelly Heitor, a diretora do Comitê de Educação e Ação Cultural do Conselho Internacional de Museus CECA-BR, Luciana Conrado, e a professora de arte na Prefeitura de São Paulo, Paula Maués, participam da mesa redonda A PNEM e as perspectivas para a educação em museus. As educadoras irão propor reflexões acerca das perspectivas da Política Nacional de Educação Museal, bem como os desafios e contextos atuais para sua implementação.

.

.

Já nos dias 22 e 23, crianças e adultos são convidados a pensar São Paulo como um espaço presente no imaginário público, e realizar intervenções nos principais edifícios da cidade na atividade Lugar de Criação: São Paulo das Cores.

Para completar a programação especial, os educadores do CCBB se juntam ao público para dialogar e trocar percepções acerca da exposição 100 Anos de Athos Bulcão nos dias 17 e 19 de setembro, às 11h e às 17h. Nos dias 22 e 23, a visita conta com tradução em libras.

 

Confira abaixo a programação completa da Primavera de Museus no CCBB SP:

 

17 DE SETEMBRO | sábado e domingo | 10h às 12h e 14h às 16h

Mesa Redonda: a PNEM e as perspectivas para a educação em museus

A Primavera dos Museus, que em essa edição está focada nas práticas de educação em museus, o Programa CCBB Educativo – Arte & Educação, organiza uma mesa que reúne convidados ligados à educação em museus e centros culturais para refletir sobre as perspectivas da Política Nacional de Educação Museal, bem como nos desafios e contextos atuais e para sua implementação. As convidadas são Gleyce Kelly Araújo, Luciana Conrado e Paula Maués.

  • Gleyce Kelly Heitor é Prof. do Departamento de Museologia da UFG e Coordenadora Pedagógica do Programa CCBB Educativo. 

 

  • Luciana Conrado é Diretora da Percebe e coordenadora da seção brasileira do Comitê de Educação e Ação Cultural do Conselho Internacional de Museus CECA-BR.

 

  • Paula Maués é Professora de Arte na Prefeitura de São Paulo e representante da Rede de Educadores de Museus de São Paulo na assembléia final da PNEM no FNM 2017.

.

.

22 E 23 DE SETEMBRO | sábado e domingo | 10h às 12h e 14h às 16h

Lugar de Criação: São Paulo das Cores

Crianças e adultos são convidados a pensar São Paulo como um espaço presente no imaginário do público, e realizar intervenções nos principais edifícios da cidade – vistos como cartões-postais onde cada participante poderá deixar suas referências gráficas no cenário urbano, pensando o simbólico e o afeto.

 .

17 E 19 DE SETEMBRO | 11H E 17H | SEGUNDA E QUARTA

Visitas Mediadas

Os educadores do CCBB se juntam ao público para dialogar e trocar percepções acerca da exposição 100 Anos de Athos Bulcão. Para participar, é necessário efetuar o cadastro 30 minutos antes de cada visita, no térreo. A capacidade é para até 20 pessoas, cada visita tem duração aproximada de uma hora.

.

22 E 23 DE SETEMBRO | SÁBADO E DOMINGO | 17H | TRADUÇÃO EM LIBRAS

Visitas Mediadas em Libras

Seguindo os mesmos princípios da visita mediada, a visita em Libras acolhe pessoas surdas e/ou com deficiência auditiva, numa experiência compartilhada com os educadores, nas exposições em cartaz. Para participar, é necessário efetuar o cadastro 30 minutos antes de cada visita, no térreo. A capacidade é para até 20 pessoas, cada visita tem duração aproximada de uma hora.

.

.

Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro. São Paulo-SP

(Acesso ao calçadão pela estação São Bento do Metrô)
(11) 3113-3651/3652 | Quarta a segunda, das 9h às 21h
Assessoria CCBB SP: leoguarniero@bb.com.br

.

ccbbsp@bb.com.br  |  www.bb.com.br/cultura  |  www.twitter.com/ccbb_sp  |

www.facebook.com/ccbbsp | www.instagram.com/ccbbsp

 

 

 

Anúncios