Dia Internacional do Café

Café Especial: Você sabia que existem diferentes métodos de preparo de café? O café pode ser preparado de diversas formas para chegar no aroma e sabor preferido do consumidor.

 

 

Cada um tem seu jeito de fazer, cada país terá sua maneira e estilo. O gosto pessoal muda ainda mais o preparo e o sabor. Sozinho, acompanhado, puro, com açúcar, com leite, forte ou mais ralinho, esta pode bem ser a mais popular de todas as bebidas. Presente desde a antiguidade e consumido no mundo todo, hoje é o Dia Internacional do Café. Saiba algumas curiosidades sobre este grão e vá a uma boa cafeteria para comemorar a data. Ou faça seu cafezinho gostoso em casa mesmo, do seu jeito, e dê os parabéns!

Lembrando que a gente já esteve no Instituto Biológico de São Paulo para saber mais sobre o café, sua origem, cuidados e como aproveitar melhor os benefícios deste grão.

 

 

O Octavio Café, além de ser a maior cafeteria da América Latina, é uma das únicas que detém 100% de controle do processo da semente à xícara e possui as certificações internacionais mais importantes: Rainforest Alliance e UTZ.  Todo café servido nas cafeterias vem das seis fazendas cafeeiras localizadas em Pedregulho, na região Alta Mogiana, local conhecido por sua tradição e pela qualidade dos grãos.  A rede, que trabalha apenas com café de categoria Especial – grãos acima de 80 pontos, oferece 12 tipos diferentes de métodos. Confira as dicas segundo o baristas, Bruno Chagas:

.

Por infusão

  • Prensa Francesa: Infusão de água e café, filtrado por um êmbolo de metal. Realça o corpo e mantém os óleos essenciais. Método que extrai o maior nível de cafeína.
  • Clever: Combina infusão com gravidade, reforçando principalmente o corpo da bebida. Criado em 2009, método oriundo da experiência taiwanês com chás.
  • Turco: Fervido três vezes durante o preparo, oferece uma bebida intensa em corpo e sabor. Muito usado na “cafeomancia” é o método mais antigo de todos.

 

Por gravidade

  • Cafeor: Filtrado, sem papel, produz uma bebida doce, aromática e rica em óleos. É um dos diferenciais no Octavio Café.
  • Kalita: Apresenta um suporte para filtro que possui uma base alargada e três furinhos. A bebida, com acidez acentuada tem extração uniforme devido ao filtro em formato de ondinhas.
  • Hario V60: Coador com relevos em espiral. Produz bebida limpa e suave, realçando as nuances do café. Criação japonesa, é a evolução donosso coador de papel.
  • Coador de pano: Filtra todos os sólidos. A bebida é afetada pelos sabores de outras extrações, que ficam no pano. É o mais comum entre os preparos no Brasil.
  • Chemex: Sistema com design diferenciado e filtro triplo de papel. Produz bebida limpa, que realça acidez e aroma. Desenvolvido pela Bauhaus em 1941.   

.

Por pressão

  • Syphon Coffee: Mescla infusão e transferência térmica. Produz bebida potente e encorpada. Criado em 1840 durante uma expedição marítima francesa, une arte e ciência.
  • Moka Italiana: A extração acontece através da pressão da água quando entra em ebulição, produz bebida densa e encorpada. Método caseiro mais consumido na Itália.
  • Aram: 100% brasileira, portátil, sem uso de energia elétrica ou cápsulas. Essa cafeteira une design e tecnologia para fazer um espresso incrível.  
  • Aeropress: Passa por infusão e pressão de ar em uma câmara cilíndrica. Resulta em bebida suave e aromática. Criado em 2005 por um inventor de brinquedos nos EUA.

 

 

Média de consumo de café nas regiões do mundo.

Média de consumo de café nas regiões do mundo.

 

CURIOSIDADES DO UNIVERSO CAFEEEIRO

  • O café é a segunda bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para a água;
  • Essa bebida é comemorada três vezes ao ano: 14 de abril é o Dia Mundial, 25 de maio é o Dia Nacional e dia 1º de outubro é o Dia Internacional;
  • Você sabia que a colheita do café pode ser feita de 3 formas? Há a seletiva, manual e a mecânica. E é possível preparar até 14 diferentes tipos de cafés – incluindo variedades naturais, descascadas, despolpadas, microlotes e blend;
  • Além de ser o maior exportador do grão no mundo, cerca de 25% do café consumido mundialmente é proveniente do Brasil;
  • O mercado de café está em expansão.  Cresceu 3% em 2017 e a projeção é que cresça a uma média de 3,5% nos próximos anos, segundo a pesquisa da Euromonitor (2017);
  • O Octavio Café possui os principais selos de qualidade que avaliam a produção sustentável e foco na responsabilidade social do grão: Rainforest Alliance e Utz Certified;
  • O Café para ter qualidade, não basta ser apenas de origem da planta arábica, é necessário ter uma nota mínima de 80 pontos por especialistas, onde é avaliado o sabor, o aroma e o corpo da bebida.

 

.

E se você olhar neste link, vai ver que o café tem outras datas comemorativas, como o Dia Mundial do Café.

SOBRE O OCTAVIO CAFÉ: Apaixonado por café. Este é o Octavio. Com o compromisso de compartilhar com os clientes o seu conhecimento em café especial, adquirido nos mais de 100 anos de tradição, Octavio proporciona uma experiência sensorial única e uma imersão no mundo do café. Moderno e sofisticado, possui amplo cardápio, vasta carta de bebidas e uma boutique com utensílios e cafés especiais da marca, 100% brasileira. A qualidade dos produtos vem da excelência das etapas da produção em suas seis fazendas, localizadas na região da Alta Mogiana, interior de São Paulo, que exportam para mais de 20 países. Em 2016, a marca passou por um processo de revitalização. Além da nova comunicação visual, o Octavio Café conta com cinco unidades:  a primeira localizada na Avenida Faria Lima, uma no Shopping Eldorado, em São Paulo, e duas no Aeroporto de Viracopos, em Campinas. Dando sequência ao processo de expansão, agora em 2018, o Octavio acaba de inaugurar sua quinta loja, no Shopping Cidade Jardim.