SÃO FRANCISCO NA ARTE DE MESTRES ITALIANOS

O Rio de Janeiro recebe obras inéditas de grandes artistas italianos. Obras de importantes coleções italianas, que tem entre 300 e 500 anos de idade, mostram as fases mais relevantes da vida de São Francisco. A mostra inclui um passeio virtual à Basílica Superior de Assis, na Itália.

 

 

Poucos santos católicos possuem tanta relevância nos dias de hoje como São Francisco de Assis (1182 – 1126).  Seu carisma, vida simples e frugal, amor à natureza continua inspirando o imaginário coletivo, mesmo séculos após sua morte. E que também inspirou o nome do atual papa, Francisco I.

Agora, pela primeira vez, uma importante exposição dedicada ao santo poderá ser vista, a partir de 6 de novembro, no Museu Nacional de Belas Artes/Ibram/MinC do Rio de Janeiro.

“São Francisco na Arte de Mestres Italianos” traz 20 obras da Itália e uma de Nova York para apresentar ao público brasileiro as alterações e permanências na representação do santo ao longo dos séculos. Trata-se de uma oportunidade única de ver pinturas extremamente valiosas, de autores reconhecidos em todo mundo, como Perugino, Guido Reni e Tiziano. 

 

 

Com curadoria do especialista em História da Arte, Giovanni Morello – que idealizou e curou diversas exposições de arte antiga na Itália, no Vaticano, além de outros países e integra a comissão permanente de tutela dos monumentos históricos e artísticos da Santa Sé – e do professor Stefano Papetti, diretor da Pinacoteca Civica di Ascoli Piceno, a mostra apresenta as fases mais relevantes da representação de São Francisco por meio de obras que se integraram à cultura local de toda uma época e que ainda encontram espaço na cultura ocidental por seus valores artístico, histórico e simbólico. 

A mostra é resultado da colaboração efetiva das instituições brasileiras e italianas para a promoção da arte e da cultura e o estreitamento das relações entre os dois países.

 

 

Atrações

Entre as obras, o público conhecerá os quadros “San Francesco riceve le stimmate” (1570), de Tiziano Vecellio, “San Francesco sorretto da un Angelo” (primeira metade do séc. XVII), de Orazio Gentileschi, “San Francesco d’Assisisi e quattro disciplinati” (1499), de Perugino, e “San Francesco confortato da un angelo musicante” (1607-1608), de Guido Reni, que também pintou a Bandeira de Procissão “Francesco riceve le stimmate (frente); San Francesco predica ai confratelli (verso)” (séc. XVII), e “San Francesco riceve le stimmate” (1633), de Guercino. A exposição traz acervos de 15 museus de 7 cidades italianas: Galleria Corsini, Palazzo Barberini, Musei Capitolini, Museo di Roma, Museo Francescano dell’Istituto Storico dei Cappuccini (Roma); Pinacoteca Civica, Sacrestia della chiesa di San Francesco, Convento Cappuccini (Ascoli Piceno); Museo Nazionale d’Abruzzo (L’Aquila), Galleria Nazionale dell’Umbria (Perugia); Istituto Campana per l’Istruzione permanente (Osimo); Museo Civico (Rieti), Pinacoteca Nazionale (Bolonha) e Duomo di Novara (Novara). A mostra conta ainda com uma importante obra de Ludovico Cardi (dito Il Cigoli), “St. Francis Contemplating a Skull”, propriedade do colecionador e ator americano Federico Castelluccio. O quadro virá de Nova York para integrar a exposição do Rio de Janeiro.

 

 

Proporcionando uma experiência imersiva e única, a mostra também inclui uma sala de Realidade Virtual que vai transportar o visitante para a Basílica Superior de Assis (1228), cidade natal do santo na região da Úmbria, no centro da Itália, com o uso de óculos de tecnologia 3D.  Será possível caminhar por uma das mais importantes e belas basílicas do país e conhecer obras-primas do pintor italiano Giotto (1267-1337), artista símbolo dos períodos medieval e pré-renascentista.

Para diretora do MNBA, Monica Xexéo, “a exposição vai possibilitar a fruição de obras de arte que nunca estiveram antes no Brasil, tesouros culturais da humanidade, e assim contribuir para a democratização e o acesso à cultura”.

 

Promovida e patrocinada pela Embaixada da Itália, pelo Consulado Geral da Itália no Rio de Janeiro e pelo Instituto Italiano de Cultura do Rio de Janeiro, a exposição será uma oportunidade ímpar do público ter acesso a obras inéditas no Brasil, provenientes de museus cívicos, provinciais e regionais da Itália. “É um imenso prazer oferecer ao público brasileiro essa exposição que traz para o Brasil parte considerável do tesouro da arte e da história italiana nas obras exemplares de autores como Tiziano, Perugino, Guido Reni, Guercino. Surpreende a extraordinária modernidade de Francisco, pela sua mensagem de vida e amor pela natureza em todas as suas formas”, diz o Embaixador da Itália em Brasília, Antonio Bernardini. “É motivo de grande orgulho para nós contribuir para essa iniciativa assim notável” – comenta o Cônsul Geral da Itália no Rio de Janeiro, Paolo Miraglia del Giudice – “A exposição representa um momento importante para divulgar o imenso patrimônio artístico e cultural preservado nos museus cívicos, provinciais e regionais, da Itália”.

 

 

A mostra traz ao Brasil uma parte da Itália, incentivando o público a se aprofundar e conhecer mais sobre o país e o rico patrimônio artístico e cultural que possui.

Depois de passar pela Casa Fiat (Belo Horizonte), onde foi inaugurada 8 de  agosto 2018, a exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” ficará em cartaz no MNBA até 29 de janeiro de 2019.

 

 

A exposição “São Francisco na Arte de Mestres Italianos” é produzida pela Base7 e contou com o aporte do Instituto Italiano de Cultura de Rio de Janeiro e iniciativa da diretora do MNBA, Monica Xexéo.

Serviço

Exposição “São Francisco na arte de mestres Italianos”, no MNBA.
Período: 6 de novembro de 2018 até 27 de janeiro de 2019

Visitação: de terça a sexta, das 10h às 18h; e aos sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h.
Ingressos: R$ 8,00 inteira, R$ 4,00 meia e ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. Grátis aos domingos. 
Museu Nacional de Belas Artes:  Avenida Rio Branco, 199 – Cinelândia

E já que o tema é arte sacra, tem mais esta exposição que vai ser legal você conhecer:

 

Exposição Fé que se Transforma em Arte reúne obras sacras no Central Plaza Shopping.

Aberta ao público, a atração concentra trabalhos de diversos artistas plásticos, com o objetivo de retratar o simbolismo do Natal.

 

 

O Central Plaza Shopping, maior centro de compras e entretenimento da região da Vila Prudente, apresenta mais uma opção cultural e de lazer para os visitantes. Até 6 de janeiro, acontece a exposição Fé que se Transforma em Arte, que promove vinte artistas plásticos diferentes, com o intuito de ressaltar a diversidade e a inspiração singular do momento natalino, a partir de técnicas variadas de arte, como óleo sobre tela e grafite sobre tela.

 

 

Com entrada gratuita, a atração ocorre nas lojas 153/155 e conta com parceria da ABRASCI (Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura). Integram a mostra os artistas: Alexandre Pacheco, Ana Júlia Afarelli, Ávila Galhardo, Bezerra da Cruz, Carlos Meinardi, Clair Leitão, Cora Zanotti, Denise Paiva, Edmundo Cavalcanti, Gil Motta, Indira Nicoletti, Katia Almeida, Katya Trenado, Keila Rosa, Leonora Pires, Lúcia Crestana, Nefertari D’Angelo, Nilva Abrão, Silvo Gomes dos Santos e Sueli Herrera.

Reconhecimento. Os artistas estarão reunidos no dia 30/11, das 19h30 às 21h, no Espaço Cultural do Central Plaza Shopping. Na ocasião, serão entregues certificados aos participantes com um brinde aos convidados, enquanto as obras expostas são observadas. A ação visa integrar expositores e promover o compartilhamento de ideias e opiniões artísticas.

 

 

O objetivo do Central Plaza Shopping, por meio da exposição, é apresentar diferentes talentos, sensibilidade e motivação no campo das artes. “Essa é a oportunidade ideal para quem deseja refletir e relembrar o simbolismo do Natal, que se mistura em uma exposição intrigante e completa”, destaca Carlos Simões, Superintendente do Central Plaza Shopping.

 

Serviço:
Central Plaza Shopping – Exposição Fé que se Transforma em Arte

Endereço: Av. Dr. Francisco Mesquita, 1000 – Vila Prudente (Lojas 153/155)
Data: Até 6 de janeiro.
Estacionamento gratuito por 2h.

 

Anúncios